Desvendando os recursos do CorelDRAW | Parte 1 | Configurações iníciais

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 1 1 Flares ×

Ola meus amigos leitores do Cardquali, depois de muito trabalho nas ultimas semanas, finalmente começo a escrever diretamente para o site. Pra quem não me conhece, sou Liute Cristian, designer gráfico autodidata, sobrevivo me esquivando pelos altos e baixos da profissão, tentando ganhar o meu lugar ao sol. Se você quiser saber mais sobre mim, basta clicar aqui, o Paulo já fez uma descrição minha, que aliás, ate eu acabei vendo que não me conheço direito (haha).

Agora chega de papo furado e vamos ao que interessa!

Vou criar uma série de postagens que vai abordar TUDO, é, TUDO o que eu conheço sobre um programa que eu sei que vocês adoram. O CorelDRAW! (deixa de cara feia!).

Nesta série de postagens vou guiar vocês pelos caminhos obscuros dos menus e configurações do programa, passando um pente fino em todas as opções, menus, ferramentas e configurações que o programa oferece. O Paulo já tinha começado um curso de CorelDRAW em vídeo, o que é muito bom, mas confesso a vocês que ainda não me sinto muito confortável em gravar vídeos, prefiro deixá-los para os pequenos detalhes, que não podem ser explicados no texto.

Nos artigos vou abordar não apenas processos robóticos (sem graça) do que as ferramentas fazem, prometo incorporar a estes um verdadeiro processo prático, mostrando como uso as opções, em exemplos práticos, e de que maneira você também pode obter 100% dos recursos do programa, em uma velocidade 200x mais rápida. Assim você vai entender cada procedimento de maneira mais fácil, e com certeza vai conseguir executar seus trabalhos com maior perfeição e agilidade. Mas prometam-me que não vão mais recorrer aos seus sobrinhos na hora de fazer um design, se não consegue fazer, mande pra mim que eu faço a um precinho camarada (hehe).

Mas não para por ai, além do CorelDRAW, vamos seguir a mesma linha de raciocínio para os demais programas que utilizo em meu dia-a-dia, são eles: Photoshop, Illustrator (Iniciante ainda), Indesign, recursos avançados do Office, além de recursos auxiliares do Windows no processo de criação.

Então vamos começar?

No post de hoje vamos aprender a configurar as opções iniciais do programa, apenas neste artigo vamos usar a versão X5 (a falta de coragem não me deixou intalar a nova ainda), em seguida, vou mostrar tudo o que tem de novidade e configueações da nova versão, CorelDRAW X6, que também se aplicam a X5. Portanto, vou pular o lero-lero de apresentar o programa pra vocês, se quiserem conhecer suas definições e etc, acesse a Wikipédia e deem uma olhadinha (eles são muito espertos).

Ao iniciarmos o CorelDRAW, é exibida a tela inicial, que na minha opinião, é apenas para me fazer clicar no botão fechar, e perder 2 segundos preciosos no meu processo de criação.

Ao iniciarmos o CorelDRAW, é exibida a tela inicial, que na minha opinião, é apenas para me fazer clicar no botão fechar, e perder 2 segundos preciosos no meu processo de criação.

Tudo o que você pode encontrar na tela de boas vindas está diretamente incorporado nos menus padrão do programa, e no máximo, o que você pode usar nela, é a pequena lista com os arquivos editados recentemente, e o botão “Novo documento”, só!

Eu nunca uso esta tela, 1º porque trabalho com dezenas de arquivos por dia e não uso a lista de arquivos recentes haja vista que sempre abro os arquivos fazendo uma pesquisa e acionando-os pelo próprio Explorer do Windows. 2º, sempre que inicio o programa a partir da barra de tarefas ou menu iniciar, a ideia é “Criar um novo documento em branco”, então pra que exibir a tela de boas vindas se o CorelDRAW pode fazer melhor, e criar um documento novo mais rapidamente para mim?

Então, a menos que você utilize esta tela com MUITA frequência, deixe-a ativada, caso contrario, continue comigo e execute os procedimentos a seguir:

Na parte inferior esquerda da tela de boas vindas você tem duas caixas de seleção habilitadas, conforme mostra a imagem a seguir.

Na parte inferior esquerda da tela de boas vindas você tem duas caixas de seleção habilitadas, conforme mostra a imagem a seguir.

Desabilite-as para que o CorelDRAW entenda que ele não precisa exibi-la toda vez que você abre o programa. Após isso, feche a janela no pequeno X no canto superior direito e vamos para o segundo passo.

Desabilite-as, para que o CorelDRAW entenda que ele não precisa exibi-la toda vez que você abre o programa. Após isso, feche a janela no pequeno X no canto superior direito e vamos para o segundo passo.

Ma imagem acima você observa que a janela já foi encerrada, assim temos apenas alguns poucos menus ativos na barra superior, 3 ou 4 botões ativos na barra de ferramentas padrão, e a paleta de cores na lateral direita.

Clique agora no botão “Criar novo documento”, na barra de ferramentas padrão.

Clique agora no botão “Criar novo documento”, na barra de ferramentas padrão.

Então você verá a tela de configurações para novo documento, como mostra a imagem a seguir.

Então você verá a tela de configurações para novo documento, como mostra a imagem a seguir.

Nesta janela temos uma serie de opções que são até interessantes, para quem executa trabalhos para WEB e de impressão, alternando entre estes diversas vezes ao dia. Nela, de cima para baixo, você pode escolher um nome para o arquivo antes mesmo de começá-lo, o local onde salvar, o tamanho do papel (padrão ou personalizado nas caixa de medida abaixo), a orientação, o modo de cores, a resolução entre outras opções que estão escondidas no menu “Configurações de cores”

Nesta janela temos uma serie de opções que são até interessantes, para quem executa trabalhos para WEB e de impressão, alternando entre estes diversas vezes ao dia. Nela, de cima para baixo, você pode escolher um nome para o arquivo antes mesmo de começá-lo, o local onde salvar, o tamanho do papel (padrão ou personalizado nas caixa de medida abaixo), a orientação, o modo de cores, a resolução entre outras opções que estão escondidas no menu “Configurações de cores”

Ao clicar para expandir as configurações de cores, você pode visualizar os perfis de cores que serão incorporados ao seu novo documento, RGB, CMYK e escala de cinza, como também a finalidade da renderização, estas opções de cores quase nunca são alteradas por quem quer que utilize o programa, pois na grande maioria das vezes, o usuário de CorelDRAW iniciante ou intermediário não é atento a importância destas opções, ou apenas as desconhece.

O CorelDRAW pode interpretar diferentes perfis de cores, e isto é muito importante para que estas sejam representadas na tela e na impressão com mais fidelidade. Para que o controle de cores seja realmente profissional, você precisaria investir em equipamentos (monitores, placas, etc), na configuração e calibração destes equipamentos e do programa em si, além de controlar a iluminação do seu ambiente de trabalho.

Estas opções de cores podem variar de acordo com cada dispositivo de saída, portanto, seria inútil definir manualmente estas opções no momento da criação de um arquivo, para a maioria dos usuários. Então precisamos deixar estas opções em um padrão, e veremos qual a melhor configuração mais lá na frente desta série de postagens.

Então mais uma vez temos uma tela que, para mim, é inútil, e nos faz perder mais tempo ainda clicando o botão OK. Ai você se pergunta, pera ai, o Liute ta me fazendo retirar todos os recursos legais que o CorelDRAW tem logo de cara?

Não! Estou retirando da sua frente o que você não precisa, e agilizando o seu trabalho!

1º. Esta tela permite escolher o nome e onde salvar, coisas que normalmente você só faz depois que já tem alguma coisa na página, e sabe realmente o que precisa fazer. O salvamento pode ser executado mais rapidamente depois, no próprio comando do programa.

2º. Ao definir um tamanho de papel, padrão ou personalizado, este tamanho fica memorizado, todas as vezes que você precisar de um tamanho diferente terá que alterá-lo nestas configurações. Porque fazer isto se é tão mais rápido alterar o tamanho do papel diretamente na barra de propriedades do documento depois de iniciado?

Escolher um tamanho de papel não é a prioridade, a prioridade é você ter onde começar a trabalhar! A grande maioria faz desenhos no tamanho A4, poucas pessoas (como eu) têm o costume de definir o tamanho de sua área de desenho exatamente do tamanho do material que será impresso, então a partir de agora você vai começar a fazer isto! Verá as vantagens mais a frente quando formos imprimir, diagramar e exportar nosso material.

Então, marque a caixinha que aparece na base da janela para que ela não seja mais exibida. Veja na imagem abaixo.

Então, marque a caixinha que aparece na base da janela para que ela não seja mais exibida. Veja na imagem abaixo.

Pronto, já conseguimos garantir os segundos iniciais que eram perdidos ao iniciar o programa, agora vamos a mais um procedimento simples, mas que já vai te deixar pronto pra trabalhar com o CorelDRAW assim que iniciá-lo.

Provavelmente depois de clicar no OK na janela anterior o CorelDRAW vai iniciar uma nova pagina em branco, mas isto não acontecerá quando você fechar e abrir o programa novamente, então, vamos configurar o CorelDRAW para nos dar uma nova página sempre que o iniciarmos. Desta forma vamos conhecer a primeira das opções de configuração do programa que iremos explorar ao longo destas postagens.

O CorelDRAW permite uma série de personalizações que até hoje você pode desconhecer, e ao trabalhar para melhorar estas opções, seu fluxo de trabalho ficará muito mais rápido. Você pode demorar um pouco para se acostumar com o que veremos adiante, mas acredite, você terá muito mais tempo livre para criar do que para zanzar de um lado para o outro clicando em coisas inúteis.

Então esqueça o novo documento que está a sua frente e acesse o menu Ferramentas> Opções.

Então esqueça o novo documento que está a sua frente e acesse o menu Ferramentas> Opções.

O programa deve exibir agora a tela onde você pode configurar quase que por completo o CorelDRAW. Então o que vamos fazer agora é apenas melhorar o seu inicio, fazendo com que o mesmo nos mostre uma pagina novinha toda vez que o iniciarmos.

O programa deve exibir agora a tela onde você pode configurar quase que por completo o CorelDRAW. Então o que vamos fazer agora é apenas melhorar o seu inicio, fazendo com que o mesmo nos mostre uma pagina novinha toda vez que o iniciarmos.

Se esta for a primeira vez que você vê esta janela, provavelmente ela se abrirá exatamente onde precisamos, caso contrário, acesse no painel da direito e expanda o item Área de trabalho (clicando no pequeno sinal de mais).

Se esta for a primeira vez que você vê esta janela, provavelmente ela se abrirá exatamente onde precisamos, caso contrário, acesse no painel da direito e expanda o item Área de trabalho (clicando no pequeno sinal de mais).

E então clique sobre a opção Geral.

E então clique sobre a opção Geral.

Assim, ao lado esquerdo agora é possível ver as configurações referentes ao inicio e a interface do usuário.

Assim, ao lado esquerdo agora é possível ver as configurações referentes ao inicio e a interface do usuário.

Como desabilitamos todas as opções iniciais do programa, na caixa “Ao iniciar o CorelDRAW X5:” a opção exibida deve ser “Nada”.

Clique nesta opção e defina “Iniciar um novo documento” como na imagem abaixo.

Clique nesta opção e defina “Iniciar um novo documento” como na imagem abaixo.

Feito isto, apenas clique no OK para confirmar e encerrar a janela de configurações.

Faça um teste, encerre o CorelDRAW e abra-o de novo. Voi-lá, você terá um novo documento fresquinho (hui!) para iniciar seu trabalho.

Assim você já está começando a economizar tempo, e tornando seu processo criativo muito mais fácil e pratico.

Tá bom, e agora? Eu queria trocar o tamanho do papel, o que eu faço?

Muito simples, quando você começa o programa, a ferramenta padrão ativa e a “Seleção”, sendo assim, as configurações de página são exibidas diretamente na barra de propriedades acima do programa.

Muito simples, quando você começa o programa, a ferramenta padrão ativa e a “Seleção”, sendo assim, as configurações de página são exibidas diretamente na barra de propriedades acima do programa.

Ali você pode realizar as configurações de página, caso seja necessário.

Feito! Com estas configurações seu programa irá arrancar como um gato correndo de um cachorro!

Depois destas opções, veremos como iniciar nosso desenho, configurando a área de trabalho para um fluxo 100% mais proveitoso. Mas isto é conteúdo para a nossa próxima postagem da série! (Te peguei! Há!!!)

Espero que tenham gostado, qualquer dúvida, deixe seu comentário, estes são muito importantes para melhorar nosso conteúdo.

A segunda parte da nossa série de postagens já está disponível. Visite: Desvendando os recursos do CorelDRAW | Parte 2 | Preparando a área de trabalho

Aproveite para seguir o Cardquali no twitter, facebook ou google+, assim você fica por dentro das novidades, e acompanha os melhores links do blog. Você também pode assinar nosso feed de notícias e receber todas as atualizações de maneira exclusiva.

Ia esquecendo, visitem meu site: Clube do Design, aqui você acompanha muitas dicas e tutorias para praticar.

Você pode gostar também de:

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 1 1 Flares ×

9 comentários

  1. Tatiane

    Oii Liute, parabéns pela iniciativa, faço faculdade de arquitetura e preciso muito desse programa! Estou ansiosa pelos próximos posts!

  2. Amaral

    Liute,

    Parabens pelas sua aulas, vou seguir ao pé da letra, pois são bastante didáticas.
    Tenho uma pergunta: Meu Corel X6, quando assinalo “Não mostrar esta caixa de diálogo novamente” citada em sua aula 2, o programa dá um erro dizendo que o houve um erro e o programa vai ser encerrado, repeti várias vezes e dá o mesmo erro.
    O que será?
    Obs.: prg não original

    • Amaral, infelizmente com métodos alternativos de ativação acabam-se substituindo arquivos importantes para o correto funcionamento do programa. Não há nenhuma garantia quanto a isso, pois você além de correr o risco de sofrer uma infecção por algum vírus também deixar de receber atualizações importantes de segurança do programa.

      O que você pode tentar fazer para resolver é executar uma limpeza de disco, removendo arquivos temporários inúteis do computador, e se tiver um programa de limpeza de registro use-o para tentar remover entradas inválidas do registro do windows. Se nada disso resolver, infelizmente sugiro que compre um programa original.

      Um abraço!

  3. Pingback: Curso Prático de CorelDraw #35 – Linha de Base, Colunas e Outras Opções de Texto

  4. Eduardo Telles

    Boa noite Liute Cristian! Primeiramente parabéns pelo tutorial. Estou com um problema um pouco sério em relação ao Corel Draw, já procurei várias maneiras de resolver isto e não encontro nada na internet. Estou postando o mesmo problema em diversos fóruns para encontrar uma possível solução…então vamos lá, quando clico para iniciar um novo documento a parte onde se faz as configurações de tamanho, largura, pixels etc, esta parte não esta aparecendo. Preciso de ajuda urgente, pois tenho que terminar um trabalho de edição e criação de imagem. Aguardo possíveis soluções. Obrigado.

    • Eduardo,
      Faça o seguinte: Clique no botão para abrir o corel com a tecla F8 apertada. Ao abrir se quer voltar a configuração padrão do corel aperte que SIM.
      Ao entrar no corel vai aparecer como a primeira vez que entrou e deve resolver o seu problema. Depois entre numa página em branco e mexa nas configuração de sua preferencia para texto, cor, etc… e depois vá em FERRAMENTAS > SALVAR CONFIGURAÇÕES COMO PADRÃO e o corel vai ficar do jeitinho que você gosta.
      Testa aí e me fala o resultado.
      O que deve ter acontecido é que ao abrir essa caixa você (ou alguém) deve ter clicado em NÃO MOSTRAR NOVAMENTE ESSA CAIXA e com isso ela abre direto as páginas.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,

    • Lia,
      Aqui é o Paulo Falando… O Liute está se dedicando ao site dele agora.
      Minha dica é fazer o curso aqui.
      Depois entrar no site do Liute e aproveitar as coisas que ele trás por lá… http://www.clubedodesign.com
      Depois entra nesse curso aqui http://www.criativosfera.com.br e aprenda um pouco mais de design em si… o valor é bem baixinho.
      E depois basta ir se desenvolvendo… tem um canal do facebook do clube do design que é bom para ver trabalhos de outros profissionais e pedir para analisarem seus trabalhos.
      Estaremos aqui para ajudar no que precisar.
      Abraços,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *