Termos Gráficos I – 4×0 , 4×1 e 4×4 – Que bicho é esse?

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- LinkedIn 1 1 Flares ×

Exemplo de anuncio de produto 4x0

Exemplo de anuncio de produto 4x0

Todo profissional, em alguma etapa da vida é obrigado a lidar com gráficas. Quando chega esta hora se vê de frente com termos esquisitos e muitas vezes confusos. Neste primeiro artigo vamos entender o que significam os termos 4×0 , 4×1, 4×4 e demais variações como 1×0, 2×1, etc.

Pra não ficar curioso, estes são termos descritivos da quantidade de cores a serem aplicados nos impressos.

Existem dois sistemas principais de cores. São eles: RGB e CMYK. Nos trabalhos gráficos usamos como padrão as cores CMYK.

O sistema RGB é o usado nos monitores. Ele é formado pela emissão de luz.

O sistema CMYK é o usado nos impressos. Ele é formado pela absorção da luz nas tintas.

Mas isso é tema para um novo post… Hoje quero apenas que você tome conhecimento dos termos 4×0 , 4×1 e 4×4.

Quase todas as cores que existem podem ser impressas usando as cores basicas do padrão CMYK, que são: Cian (C), Magenta (M), Amarelo (Y) e Preto (K). Não entendeu as letras? Vá pro inglês: Cian, Magent, Yellow e blacK.

Esquema maquina offset 4x0 - impressão CMYK (ciano, magenta, amarelo e preto)

Esquema maquina offset 4x0 - impressão CMYK (ciano, magenta, amarelo e preto)

Aquela foto que você quer imprimir pode ser impressa por variações destas quatro cores.

Já pensou o gráfico te informar que vai imprimir seus panfletos usando ciano, magenta, amarelo e preto.
Imagine um orçamento com 300 itens de uma fábrica.

Ficaria assim:

Item 1 – 5000 panfletos – papel couchê 120 g – impresso em cores ciano, magenta, amarelo e preto na frente e ciano, magenta, amarelo e preto no verso
item 2 – 1000 cartões – papel couchê 240 g – impresso em cores ciano, magenta, amarelo e preto na frente e cor preta no verso.
item 3 – 200 pastas – papel couchê 240 g – impresso em cores ciano, magenta, amarelo e preto na frente, verso sem impressão.
item 4 – 200 fichas – papel offset 240 g – impresso na cor azul royal na frente e verso sem impressão.
item 5…. até item 300.

Não ficaria melhor assim:

Item 1 – 5000 panfletos – papel couchê 120 g –4X4
item 2 – 1000 cartões – papel couchê 240 g – 4X1
item 3 – 200 pastas – papel couchê 240 g –4X0
item 4 – 200 fichas – papel offset 240 g – 1X0 (azul royal)
item 5…. até item 300.

Com isso convencionou-se usar números. Colorido usa-se 4 (das 4 cores básicas), uma cor usa-se o 1 e sem cor usa-se o 0. pode-se ter outras combinações com 2, 3 , 5 , 6 cores etc. mas as três são as mais comuns.
Na maioria das vezes o 1 está associado a cor preta, que é a mais comum.

Assim, quando vir um orçamento gráfico, entenda:

4×0 – É colorido frente e verso sem impressão.
4×1 – É colorido frente e verso em tons de cinza.
4×4 – É colorido frente e verso.

Se vier outro formato, normalmente é especificada a cor, assim, por exemplo:

2×1 – frente vermelho regal e azul royal / verso verde bandeira. Neste caso estão usando cores especiais.

Algumas cores não podem ser impressas perfeitamente.Daí para impressos de altissima qualidade como livros de pinturas famosas usa-se outros padrões com 6 cores (CMYK + laranja e verde), ou em impressos que requerem muito brilho, se aplica cores especiais como dourado e prata.

Num próximo artigo falarei de outro misterioso segredo.

Tem alguma dúvida? Pergunte: Faço questão de priorizar a sua duvida aqui!

 

Você pode gostar também de:

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- LinkedIn 1 1 Flares ×

14 comentários

  1. Paulo, muito esclarecedor as suas postagens.. parabéns.
    Estou com uma dificuldade tremenda no acabamento gráfico.
    Preciso saber como calcular custos de ACABAMENTO gráfico.
    Você poderia me dar um caminho, ou algum site que tenho apostilas ou tutorias, já tentei na Abigraf, nos sindicatos e nada.
    Abraços
    Álvaro Widesigner

    • Paulo Valle
      Author

      Álvaro,
      Não entendi direito a sua pergunta.
      Você não sabe como calcular o custo do acabamento?
      Se você faz este acabamento, deve pegar o custo por hora do funcionário(s) responsável(is) pelo acabamento e multiplicar pelo tempo de acabamento, incluindo o lucro da gráfica.
      Normalmente este custo é incorporado junto da impressão, pois normalmente é bem menor do que o tempo de impressão.
      As vezes acaba sendo maior, mas como é um profissional menos caro para a empresa, acaba barateando o processo.
      Máquinas também podem baratear o custo, pois reduzem muito o tempo do processo.
      Por exemplo: Você paga R$ 1000 por um funcionário (com impostos). Dobrando o custo dele temos uma base de R$ 2000. Dividindo por 20 dias no mês (para simplificar as contas e incluir eventuais faltas e ociosidade) temos R$ 100 por dia. Digamos que ele leva 1 dia para dobrar 10.000 folders na mão… o custo para este serviço deve ser de R$ 100 ou melhor R$ 10 o milheiro.
      Tendo uma dobradeira automática, leva-se 1 hora do funcionário, ou seja, uns R$ 15 pelos 10 milheiros ou R$ 1,5 por milheiro… pode-se cobrar um pouco mais para recuperar o investimento no equipamento, mas mesmo assim fica muito mais barato que na mão de obra do funcionário… depois de pagar o equipamento, pode-se até não cobrar pela dobra e deixar como um “plus” para dar diferencial no seu serviço… a soma destes plus no custo podem ser incorporadas no custeio global da gráfica (adicionados a impressão acabam se tornando centavos).
      Deu para dar uma luz… me dando mais dados posso especificar mais para o seu caso… mas preciso conhecer um pouco os seus custos.
      Abraços,

  2. Pingback: Entendendo de gramatura e tipos de papel

  3. Pingback: Guia do vendedor gráfico!

  4. Pingback: Dicas gráficas do Cardquali | Gráfica BH na WEB: cartão de visita, panfleto, banner, adesivo em Belo Horizonte.

  5. Pingback: AGC Gráfica » Entendendo de gramatura e tipos de papel.

  6. Daniel

    Boa noite Paulo! estava pesquisando em seu site e fiquei em duvida sobre 04-Apr, 04-Jan na escolha de alguns produtos??
    se puder me ajudar ,obrigado

    • Paulo Valle
      Author

      Daniel,
      Esse foi um erro ao importar os produtos para a loja a partir do excel… o excel converteu para data e eu não cheguei a perceber… vou consertar assim que tiver tempo. 4/jan é 4×1 e 4/abr é 4×4 cores.

    • Paulo Valle
      Author

      oi,
      A diferença é a tecnologia.
      A offset usa chapas em geral metalicas em que se grava a imagem, e num processo bem rápido impermeabilizam ela com água, transferem tinta, jogam para um banqueta e aplicam por pressão no papel. Elas imprimem cerca de 150 folhas coloridas por minuto sendo as folhas de até 66×96 cm dependendo da maquina (tem menores e maiores).
      A impressão digital abrange todas as maquinas que imprimem direto do computador. Ela serve desde a sua pequena maquina jato de tinta que tem em casa até grandes maquinas de produção. A tecnologia pode ser tanto jato de tinta, quanto laser ou variações como a offset digital (uma mistura de impressão laser e offset). O mercado em geral chama de impressão digital a partir das laser de produção (maquinas que custam uns 40 mil ou mais que atingem qualidade próxima a offset).
      Comunicação visual não é um processo e sim um ramo do design… quando você ve isso nos distribuidores gráficos na verdade se referem a maquinas de impressão digital de tamanho grande… são feitas quase sempre com plotters, que nada mais são do que impressoras jato de tinta de tamanho grande com 2, 3 ou até 15 m de largura. Ela usa uma tinta chamada eco-solvente ou solvente, que não sai com agua e pode ser aplicada em lonas, vinil e em outros materiais.
      Então, as gráficas oferecem os tres serviços. Offset quando é feito em offset, ou seja, altas tiragens em papel ou cartão. A digital quando imprimem papel ou cartão em tiragens menores, desde unitaria até poucas centenas (mais que isso é melhor ir para offset). E comunicação visual para banners, adesivos vinil e similares de tamanho grande.
      Quanto a tiragem… offset a partir de 1000 unidades. digital de 1 a cerca de 100 unidades. as tiragens entre 200 e 900 tem que estudar se é melhor atender com offset ou digital… se for imagem unica a offset leva vantagem. Se forem imagens diferentes opta-se pela digital. Comunicação Visual é sempre unitaria.
      Abraços,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *