Superação! A grande força do empreendedor!

8 Flares Twitter 0 Facebook 6 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 8 Flares ×

Por estes dias aconteceu alguns fatos num novo negócio que estou investindo, que me forçou a sair da zona de conforto, e a investir em áreas as quais aparentemente eu não tinha nenhum conhecimento. Passado o susto me dei conta que isto ocorre muitas vezes com praticamente todo candidato a empreendedor, inclusive os gráficos. O nome disso é superação!

O que é superação?

Se procurarmos no google algo sobre superação, a primeira coisa que aparece é este vídeo que com certeza é o maior exemplo de superação que poderíamos ter. Veja o vídeo.

Superação é quando passamos por momentos difíceis na vida, golpes, traições,mortes, e etc, mais conseguimos levantar a cabeça e seguir em frente (retirado do yahoo respostas).

Quantas vezes em nossa vida acontecem problemas ao nosso negócio, que pensamos seriamente em fechar as portas e abandonar tudo. Eu já passei por isso inúmeras vezes e com certeza você também.

Mas ao contrário de abandonar tudo, quando nos superamos, respiramos fundo, levantamos a cabeça, percebemos outras trilhas para seguir, que no fim acabam chegando aos nossos objetivos.

problemas e superação

Por que entrei nesse assunto?

Pensei em falar hoje sobre isto, porque num empreendimento novo que estou atuando, esbarrei com uma dificuldade que poderia acabar totalmente com o produto que estou trabalhando, por depender de outras pessoas.

Dada a dificuldade de conseguir que a produção fosse entregue, decidi investir em autoconhecimento e partir para eu mesmo fazer a produção!

Não que eu pretenda continuar indefinidamente trabalhar produzindo sozinho, mas sim, ter o conhecimento para produzir quando necessário, independente de sócios, empregados e quem quer que seja.

Com isso me superei numa limitação minha, garantindo assim o futuro de meu negócio, independente do rumo que eu queira dar.

Hoje posso falar que estou no comando, pois conhecimento é tudo num negócio.

E no meu negócio? Isto acontece?

Acho que são bem poucos os que nunca tiveram um problema que exigisse superação.

Uma situação bem corriqueira no meio gráfico, principalmente dos pequenos empresários em inicio de carreira, é dependerem de um único fornecedor.

Tudo vai bem enquanto vão fazendo serviços de pequeno porte e quase nunca acontecem problemas.

Mas daí vem aquele serviço grande, que ficamos até com medo de pegar. Pegamos, muitas vezes até “garantido” por este fornecedor… e o serviço dá problema… e o fornecedor “rói a corda” se negando a assumir prejuízos.

Para o pequeno empresário isto significa muitas vezes a falência!

Isto já aconteceu com você?

O momento da superação!

O fornecedor te deixou na mão e você tem que garantir a entrega para o cliente!

Você pode optar pelo caminho mais fácil… jogar para o ar e dar o calote no cliente e com isso se sujar no mercado e nunca mais voltar a trabalhar no meio gráfico (e as vezes outros meios)… isto é o que muitos fazem.

Mas você pode também apertar o cinto, vender bens, repetir o serviço em outro fornecedor, muitas vezes pagando até mais do que recebeu do cliente. Respirar fundo e entregar o serviço, atendendo o cliente com o mínimo de “rusgas” (do atraso não tem como fugir). E se manter no mercado, mesmo seriamente abalado.

Daí vai começar a analisar outros fornecedores, não levando apenas o fator custo em consideração, acrescentando também prazo, confiabilidade, segurança, qualidade e  outros tantos itens nesta equação.

Vai aprender com o erro. Vai procurar ajuda no Sebrae, em sites como o nosso, outros empresários com experiência.

Vai fazer o seu plano de negócios, que sempre foi deixado de lado.

Ou seja, vai superar o problema e seguir em frente.

Isto é superação!

superacao

O detalhe importante!

Aqui vem um detalhe importante!

Aqueles que conseguem se superar são os verdadeiros empreendedores!

Os que abandonam o caminho, pelo menos neste momento, não podem se definir empreendedores!

Você acha que eu não posso afirmar isto?

Bem, a 5 anos atrás eu vinha num caminho em que todos gostavam do meu atendimento. Eu trabalhava com margens apertadas e volta e meia era acometido de problemas como o citado acima. Um dia bati numa BMW quando fazia entregas e decidi fechar o meu negócio.

Eu não fui empreendedor neste momento! Eu desisti! Apesar de todos gostarem de meus serviços!

Na verdade eu não estava preparado para ser empreendedor! Só queria o título de empresário!

Me faltava um bom plano de negócios! Eu errava em logística! Eu inconscientemente escondia meus custos reais assumindo como custos pessoais e não da empresa.

O certo era trabalhar com uma margem mais folgada, investir em alguns produtos próprios e alavancar meu negócio. Atacar os problemas na raiz.

Será que você não vem fazendo o mesmo?

Mas saiba que tem jeito!

Empreendedorismo e superação se aprende!

Você pode até achar que empreendedorismo e superação nasce com as pessoas. Mas não é bem assim!

É claro que existem pessoas que demonstram estes traços desde novos!

Mas acontece que estas duas características são desenvolvidas pelos indivíduos através do tempo.

Um filho de empresário tem uma forte tendência a se tornar empresário, não por estar ligado geneticamente e sim por estar vendo e aprendendo como se comporta um empreendedor!

Um filho de empreendedor vê o pai nos contínuos sobe e desce da vida. Vê os exemplos de superação e aprende.

Um indivíduo que quer muito montar seu negócio, faz cursos, procura outros empresários, procura estar num meio que facilite a aprendizagem. Com isso aprende a se tornar um empreendedor e com certeza começa a se superar.

Conselho!

Fica aqui o meu conselho: Analise a sua vida e todos os momentos em que teve grandes problemas e o seu comportamento na época. Agora com a cabeça “fria” tente ver as melhores soluções para estes problemas e principalmente, descubra o que o impediu de se superar na época!

Você sempre se superou? Parabéns! Mas cuidado, faça a análise também!

Do mesmo jeito que superação se aprende, também se desaprende através do medo e de uma suposta estabilidade.

É sempre bom ficar de olho em seu próprio comportamento perante os problemas.

Final

A postagem de hoje mais parece ser do lado do empreendedorismo.

Mas acho que é bom abordar o assunto aqui em nosso blog, pois muitos de nossos leitores estão exatamente neste momento, de começar algo novo e se deparando com diversas dificuldades.

Espero que tenham gostado do post.

Se tiver gostado, dê a sua opinião e deixe este texto ainda mais rico.

Se não gostou, pode reclamar… fale também sobre o que gostaria que escrevêssemos!

Este site é um espaço de interação entre todos os leitores e autores.

Participe!

Se não quiser perder nenhuma postagem, basta se cadastrar neste link que fica te seguindo na lateral do blog.

Um abraço a todos!

Curso de Photoshop

Você pode gostar também de:

8 Flares Twitter 0 Facebook 6 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 8 Flares ×

2 comentários

  1. Noemia Bomfim

    Oi, Paulo Valle
    Gostei muito deste post, foi um tapa pra’ mim, tipo acorda menina, mas tudo que vc postou é verdade e acontece. A partir de hoje vou seguir suas “Dicas” e fazer uma reflexão e analise do meu comportamento no mercado.
    Um grande abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *