Medo de mudança?

3 Flares Twitter 0 Facebook 2 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 1 3 Flares ×

Quem me conhece a mais tempo, sabe que não tive uma trajetória somente de sucessos. Na verdade errei até bastante. Até gênios da criatividade, como Steve Jobs, já tiveram momentos de altos e baixos. Qual seria a diferença entre uma pessoa de sucesso e as pessoas comuns? Fiquei avaliando onde foi que errei no passado e o que poderia ter feito para que desse tudo certo. Cheguei a algumas conclusões. A principal resposta: MEDO DE MUDAR!

zona conforto

zona conforto

ZONA DE CONFORTO

A maioria de nós está na chamada zona de conforto.

Esta zona é quando estamos numa situação que conhecemos, boa ou ruim, mas temos uma grande dificuldade para sair dela, pois pensamos: E se a coisa piorar!

ESPIRAIS DA VIDA

Nossa vida é cíclica. Aprendi isto lendo outros blogs.

Nós nos deparamos com uma situação. Se a enfrentamos provocamos uma reação. Se não o fazemos, acontece outro tipo de reação.

Se enfrentarmos o verdadeiro problema, começamos a sair da situação atual e as coisas vão melhorando, até que encontremos outro ponto de conforto. Quando enfrentamos sistematicamente os problemas, entramos numa espiral positiva, melhorando em muito nossa situação.

Do mesmo modo, não enfrentar os problemas nos leva para a espiral negativa, sempre piorando a situação.

Quando fazemos apenas o mínimo necessário ficamos jogados a sorte. Ficamos em circulo e qualquer acidente não previsto nos joga para a espiral negativa.

UM EXEMPLO PARA PEQUENAS GRÁFICAS

A muito tempo atrás, por problemas pessoais meus, estive numa situação de falta de grana muito grande. Na época, minha gráfica tinha uma imensa demanda por impressão colorida (jato de tinta comum). Na época eu trabalhava muito com convites e cartões de visita para a zona oeste do Rio.

Já nessa fase eu era antenado em tecnologia e já conhecia a um bom tempo a reciclagem de cartuchos e sistemas bulk. Um sistema destes custava apenas cerca de 5 dias de trabalho, mas deveria se pagar num período curtíssimo de tempo.

Na zona de conforto e com várias contas a pagar, protelei a compra por quase um ano, até quase falir. Só vim a adquirir o sistema no desespero e, não foi surpresa, a empresa imediatamente passou a crescer, somente com a economia gerada na compra de cartuchos.

Você se lembra de algum exemplo parecido em sua gráfica?

POR QUE ISTO ACONTECE

Avaliando o que ocorreu, cheguei a conclusão que isto acontece devido ao MEDO!

medo

medo

A verdade havia a incerteza de poder assimilar a tecnologia corretamente. E se falhasse, iria faltar dinheiro para compra de cartuchos novos. Foi necessário falta dinheiro para novas compras para que eu saísse da zona de conforto e enfrentasse o problema adquirindo o sistema bulk, acabando com meu principal custo.

O medo de mudança nos impede de inovar e de crescer.

Tive problemas similares com a compra de offset, guilhotina e vários outros equipamentos. Entrei na espiral negativa e quebrei.

Tive que inovar para voltar ao meio gráfico e me vi forçado a traçar planos B, C e D para avançar no meu desenvolvimento pessoal.

Hoje, estou num emprego que paga bem, mesmo que fora da área que atuava, e ainda estou atuando na área gráfica através deste blog e serviços esporáricos de consultoria.

COMO DIBLAR O MEDO

E agora, como devemos proceder?

Avalie seu negócio, ouça seus clientes e veja as necessidades para seu negócio.

Se as coisas não vão bem é sinal que você está na espiral negativa e deve sair logo.

Digamos que você vivia de fazer notas fiscais e foi pego de jeito pelas novas regras do governo. Seus clientes eram lojas, por exemplo.

Procure seus clientes e converse a fundo procurando as necessidades. Olhe ao redor e veja do que precisam: embalagens, bolsas, cartões, fichas, banners, etc. Atenda seu cliente inicialmente terceirizando a produção, mesmo que ganhando pouco.

Assim que definir bons nichos a atuar, se equipe e vá em frente. Você vai perceber que tem muitos nichos muito mal explorados e que seus clientes estão atualmente sem fornecedor ou muito mal amparados.

E SE EU NÃO CONHEÇO NADA

Aí você está no lugar certo!

Começar a ler é o primeiro passo. Vou passar algumas dicas para te deixar antenado com a tecnologia.

  1. BLOGS – escrevendo no Google: Blogs Gráfica, você terá um mundo de informação. A maioria será de outras gráficas. Vai ser bom para conhecer o mercado. Temos um link do Google no alto da página, tente!
  2. GUIA GPG – Você ainda não recebe este guia? Cadastre-se aqui e mantenha-se antenado.
  3. GUIA DO GRÁFICO – Este guia na internet vai te ajudar muito também.
  4. FIEPAG – A Fiepag é uma overdose de informação. Já fui deversas vezes e tirar 2 dias para uma boa visita com certeza vai valer muito a pena. Cadastre-se aqui.
  5. LOJAS DE USADOS – Se você está num centro gráfico, visitar lojas de equipamentos usados pode te dar uma boa visão de mercado. Se está fora use o Google Imagens, com palavras chaves para chegar a estas distribuidoras.
  6. OUTRAS FEIRAS DE NEGÓCIOS – Feiras do setor gráfico, Serigráfico, Sinalização, Negócios ou mesmo feiras fora da área como a de Supermercados, Construção, etc, podem te dar idéias de novos nichos a atuar. Participe de feiras, geralmente custam muito pouco e o retorno pode ser grande.

vencer o medo é a estrada para a mudança!

vencer o medo é a estrada para a mudança!

CONCLUSÃO

É preciso vencer o medo de mudança!

Avaliar a sua situação e procurar nichos para atuar e novos equipamentos é a chave para a inovação e crescimento.

Ficar parado sempre vai te levar para baixo.

MUDE AGORA!

Espero que tenham gostado de mais este post.

Dê a sua opinião os comentários e marque a opção de acompanhar as respostas por email. Você vai se impressionar com o que se aprende um com o outro ao longo do tempo.

Até o próximo post.

Curso de Photoshop

Você pode gostar também de:

3 Flares Twitter 0 Facebook 2 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 1 3 Flares ×

1 comentário

  1. Pingback: Mudando o rumo da sua carreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *