Contato



Caso queira entrar em contato direto, envie e-mail para: cardquali@cardquali.com

Você também pode digitar sua mensagem no formulário de contato logo abaixo. Assim que possível responderemos sua mensagem.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

244 comentários

  1. Pingback: Sites para encontrar designers

  2. val

    Oi Liute, primeiramente queria parabeniza-lo por suas excelentes vide aulas, eu consigo fazer alguns projetos com o corel draw mais minha maior dificuldade é em finalizar um projeto e principalmente imprimir na ordem adequada, como por exemplo se eu for imprimir um cardápio de restaurante .
    então gostaria de sugerir uma vídeo aula sobre isso.
    muito obrigado ate breve.

    • Val,
      O Liute já andou postando vídeos aqui falando sobre a impressão de livros.
      O foco é bem este que você está precisando.
      Assim que possível fazemos um vídeo específico para você.
      O Liute acabou de mudar de endereço e no momento está penando para conseguir que instalem a internet no novo endereço.
      Abraços,

  3. Andressa Bortolace

    Oi equipe do Cardquali!

    Estava acompanhando as postagens que falam das áreas de Design Gráfico e não encontrei sobre Ilustração, Web Design, Design de Informação e Design de produto para que eu pudesse entender melhor cada área e ver qual eu me identifico. Como faço?

    Abraços!

    • Andressa,
      Quem estava escrevendo sobre esta área era a gabriele, que foi promovida e acabou nos esquecendo.
      Na verdade o design abrange todas as áreas e invade um pouco outras áreas. O Design gráfico é quando é aplicado a trabalhos impressos, como os feitos nas gráficas. Ele conflita um pouco com o arte finalista… na verdade um deveria pensar na forma do impresso e outro deveria executar a arte do impresso… na prática ambos fazem a mesma coisa. Ilustração é uma técnica… ilustração e desenho… pode ser usada por diversas áreas. Web Design é o design aplicado a construção de sites… é pensar na forma aplicada ao meio da internet em geral. Usa algumas ferramentas iguais ao design gráfico como photohop e um pouco corel draw e outras exclusivas como o dreamwave, flash, e um pouco de programação web.
      O design de informação é um que não sei definir direito… desconheço suas aplicações.
      O design de produto em parteé muito similar ao design gráfico e web design, mas ele é aplicado a venda de produtos e vê um espaço maior… por exemplo, nas prateleiras do supermercado as embalagens são arrumadas de forma a parecerem maiores (algumas colocam as caixas com as faces giradas face 1, 2. 3 e 4 de modo ao produto crescer na prateleira… já viu isso? Os displays e chamadas e até vídeos de prateleira fazem parte deste design… ele é voltado para produtos comercializados.
      Procura o link aqui na lateral do ChocoLaDesign e fuça ele… é um blog mais voltado para as áreas do design… o meu blog e do Liute falam mais de operação de programas e administração de gráficas. São blogs complementares… acho que uma visita lá vai abrir bastante as suas possibilidades. Lá tem umas 10 pessoas escrevendo, de várias áreas.

  4. Desculpe, gostaria de pedir um minuto de sua atenção.
    Não consegui localizar o contato corporativo em seu site.

    Imagine um paciente ao procurar uma especialidade médica e lhe encontrar na primeira página do Google?
    Isso mesmo colocamos sites na primeira página do Google sem custo por click.
    Planos a partir de R$ 500,00 com taxa única e seu site aparecerá na primeira página do Google por tempo indeterminado.

    Ligue ainda hoje, atendemos o Brasil todo!

    Faça um teste, procure por “especialista em marketing” e encontre a 2bee na primeira página.
    Grande Abraço e ótima semana!

    Darci Silva
    http://www.2bee.com.br
    11 4063-8781 – São Paulo
    19 4062-9080 – Campinas
    21 4063-6234 – Rio de Janeiro

  5. EDILENE BATISTA DE ALMEIDA

    GOSTARIA DE INFORMAÇÃO DE QUAL A DIFERENÇÁ ENTRE ADESIVO CONFECCIONADOS EM POLICROMIA OU EM VINIL PARA CONFECÇÃO DE ADESIVOS PARA LIXEIRA HOSPITALAR ?
    E QUAL A QUE RESISTE MAIS A LAVAGEM?

    • Edilene,
      Tem que avaliar duas coisas. O primeiro é o substrato usado. Existe adesivo em papel e em vinil (plástico). O em papel molha e acaba ficando danificado. O vinil é mais indicado para ambientes úmidos.
      Outra coisa é o tipo de impressão. Tem adesivo feito em impressora doméstica, em offset e em plotter. A tinta da impressora doméstica não aguenta água e nem imprime plástico. A offset aguenta ser molhada e pode ser impressa em plástico. Tem a flexografia que também imprime em plástico. Ambas são eitas para grandes tiragens (industrial). O plotter pode trabalhar com tinta comum ou com tinta resistente a água. Os adesivos vinis que são impressos nos grandes distribuidores gráficos são feitos em plotter com tinta resistente a água.
      Ou seja, para uma lixeira que vai ser lavada, tem que usar adesivo vinil. Se for uma mensagem comum, pode ser que encontre opções baratas impressos em offset ou flexografia, mas se for personalizado vai ser impresso em plotter devido ao custo menor.
      Tem que lembrar que por se tratar de uma lixeira, pode ser que precise trocar de tempo em tempo devido ao próprio lixo que adere a etiqueta. A impressão resite a água, mas não aguenta ao atrito das escovas, esponjas, fibraço, etc.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,

  6. Artur Acioli

    Paulo, você ou alguém aqui no já compro esse novo modelo de cartão presente + sistema administrativo que atualcard tá vendendo no site

    • Artur,
      Isto nada mais é do que antecipar os pagamentos para a AtualCard e obter algum desconto com isso.
      É para quem já é cliente fiel e tem problemas na aprovação dos pagamentos.
      Eu indico usar o cartão de crédito e ganhar no prazo parcelando e aplicar a grana. É uma fora de ganho extra.

  7. Esses posts que vocês colocam aqui, ajuda mais que o Sebrae.
    O papo é mais íntimo do que fala, lá tirando a parte da TV para comercial e a questão empréstimo, o resto não aproveita nada, é tudo gente sem preparo, só vivem por que usa 3% do cofins, se não teria que procurar um outro tipo de Sebrae. Não sei como os caras ainda não procuraram vocês, iriam organizar bastante a cabeça dos empresários! vocês falam coisas que encaixam certinho no nosso problema sem precisar sair da frente do computador, parabéns!

    • Fico contente com isso! Quem sabe eles não contratam o meu serviço de consultoria?
      Tendo alguma dúvida, pode usar os nossos canais de comunicação. As vezes demora um pouco a resposta, mas em geral respondemos bem rápido.
      Abraços,

  8. Daniel Alves Cardoso

    A minha área de trabalho no Corel X7 estar com a cor bege como que eu coloco ela na cor branca?. Obs.: Isto somente acontece no Corel X7, pois eu tenho o x6 e a área de trabalho fica na cor branca.

  9. Alan Kleber Monteiro

    olá Paulo,

    estava pesquisando sobre o sebrae, se realmente a uma ajuda por parte deles, mas pelo que compreendi mas vale fazer os cursos gratuitos e on- line, estava com duvida em procurar eles, pois tenho dois ponto que tenho duvidas(aceito sugestões), tenho um pequeno negócio com meu irmão, onde esse negócio tem grande dependencia de mim, me sinto sobre carregado, segundo ponto estamos querendo abrir outro negócio partindo do zero, onde possamos conseguir conhecimentos juntos e nao sobrecarrendo nenhuma das partes, um negocio sem dependencias, pensamos em utilizar nossa estrutura de hoje para alavancar um novo negócio, gostaria se possivel algumas dicas sobre nossa idéia.

    abraço

    Alan

    • Alan,
      Vou te fazer uma pergunta: Você tem facilidade em delegar?
      Saber delegar é o segredo de fazer o negócio crescer. Primeiro temos que aceitar que outras pessoas são capazes de fazer parte de nosso trabalho… depois devemos dar tempo para elas desenvolverem as habilidades que temos hoje.
      Por mais complicado que seja uma operação, tem sempre um jeito de alguém fazer o que desejamos… o difícil é nós aceitarmos outras pessoas fazendo aquilo que achamos que só nós somos capazes de fazer.
      O Sebrae pode sim te ajudar. Ele pode te orientar no caminho que deve desenvolver… mas vai acontecer aquilo que falei nas postagens sobre o sebrae… num primeiro contato vai ser um fiasco, pois o atendente sabe muito pouco para te ajudar, mas daí você faz um curso, com um professor mais preparado, vai a uma palestra com um administrador ou especialista em alguma área… e assim você vai abrindo os caminhos. Não vale desistir logo de cara.
      Se no primeiro contato o atendente não dizer nada… pergunte a ele o que o Sebrae tem para oferecer… ele está lá para fazer alguma coisa… nem que seja preencher fichas.
      Dá uma lida aqui no site… Já abordei um grande número de artigos, que embora voltados para gráficas, podem ser aplicados a qualquer tipo de negócio.
      Abraços,

  10. Enaldo

    Olá, Paulo achei super interessante e motivador o seu site, estive procurando sobre o assunto e te achei, meus parabéns, brilhante! Agora queria um toque, a uns 6 meses tenho uma empresa de um mix de serviços, recarga de cartuchos, gráfica rápida, manutenção de computadores, estamparia de camisas e canecas, etc. mas com pouco enfoque na gráfica, quero focar na gráfica rápida com produtos terceirizados e vendedores externos, e na estamparia de camisas com produtos próprios, e sair dos outros ramos que não me trouxeram o esperado, você acha valeria a pena?

    • Não conheço cursos na área de cópias.
      Geralmente as pessoas aprendem na marra, com dicas dos técnicos das máquinas.
      Comece alugando a máquina… quem aluga dá suporte e troca a máquina em caso de problema.
      Nas grandes cidades é fácil encontrar essas empresas. Nas cidades pequenas é um pouco mais difícil.
      Tendo dificuldade me faz um contato direto com detalhes sobre o seu negócio e localização… eu tento ajudar.
      Abraços,

  11. Taylon Bertuccio

    Tudo certo?
    Sou freelancer e estou com um problema e se alguém souber como posso resolver vai me ajudar muito.

    Quando se converte um uma imagem de RGB para CMYK é normal o preto ficar composto (carregado), mas na produção complica. Já procurei plugin e derivados que conseguissem me ajudar a fazer essa alteração de substituir o composto por o puro ou algo do tipo de auxiliasse nesse ajuste.
    No site da ZAP eles possuem essa verificação automática quando vai enviar um arquivo para eles é acusado se tem algo errado, por isso acredito que tenha algum tipo de plugin que possa ajudar.

    Desde já agradeço.
    Abraço.

    • Taylon,
      Não tem plugin… é um grande problema mesmo.
      Quando a figura tem somente preto pode-se ir nos canais de cor e tirar totalmente o canal ciano, magenta e amarelo e reforçar o preto.
      Quando é uma foto pode-se usar uma mascara na cor preto RGB mexendo na tolerancia e colocar um chapado preto cmyk puro atrás.
      Mas tem casos que nem Deus pode ajudar de tão emboladas que estão as cores.
      Tenta ir usando as duas dicas acima para minimizar o problema.
      Se alguém tiver mais alguma dica, não se acanhe de colocar aqui.
      Abraços,

  12. Claudia Martins

    Bom dia, procurando conhecer mais sobre o plotter, encontrei esse blog e me encantei, realmente contém dicas muito interessantes e por que não dizer, também valiosas. Deixo aqui meus parabéns, pôr essa iniciativa. A minha procura pelo plotter se deve que eu tenho uma prestadora de serviços de copiadoras e computadores e gostaria de aumentar meu leque de serviços utilizando-se desse equipamento. Se puderem entrar em contato comigo me fornecendo informações, dicas sobre esse tipo de equipamento eu agradeço desde já. Abraço.

    • Claudia,
      Muitas das minhas informações aqui são bem generalistas. Eu procuro dar uma visão global do assunto, mas alguns deles eu tenho pouca vivência.
      No caso dos plotters eu trabalhei com 2 modelos deles por cerca de 1 mês e deu para aprender o básico.
      Basicamente é uma máquina jato de tinta bem grande, com as peças muito mais acessíveis.
      Por exemplo é uma coisa comum trocar o jogo de cabeças normal pela cabeça e tintas sublimáticas. Se voc~e mexe com manutenção de jatoi de tinta sabe do trabalho que dá uma troca dessas (desmonta-se a máquina inteira). No plotter é uma operação de uns 10 minutos.
      A limpeza da cabeça também é bem simples. Você vai via soft e manda despejar tinta… a tinta cai por um dreno que você vê a saida da tinta e basta fazer um pequeno teste numa ponta da mídia para ver se deu certo ou não.
      Eu diria que tudo no plotter é mais simples do que na jato de tinta devido ao tamanho e a simplicidade dos comandos. O soft do plotter é muito similar ao soft de manutenção da impressoras jato de tinta (que não são fornecidos pelo fabricante e são relativamente difíceis de encontrar)… para quem entende facilita muito.
      Se você já é técnica de impressoras jato de tinta não vai encontrar nenhuma dificuldade. Fica apenas o custo das peças.
      Abraços,

  13. Fátima Venutti

    OLÁ! Estou montando um projeto de instalação artística e gostaria de uma ajud não ficaria em pé…. Preciso usar um papel que tenha as dimensões aproximadas de 1,5m de altura por 2m de largura para utilizar como um grande livro. Pensei em usar papelão, mas não sei qual a gramatura que deveria procurar, pois a instalação será manuseada pelas pessoas (como páginas de um livro mesmo) – elas virarão as páginas . Penso em umas 12 a 14 páginas. Sei que tenho que calcular o peso dessas folhas pra que não fiquem pesadas, por isso pensei em papelão, por ser mais firme, robusto, já que outro tipo não ficaria em pé.. Podem me ajudar com dicas de gramatura (se existem para essa finalidade) e ou fornecedores?

    Grata

    • Fátima,
      Isso é bem específico e vai requerer muito teste.
      Devemos lembrar que você terá que imprimir no material.
      Se fosse eu que estivesse com esse problema eu tentaria usar um rolo de papel ondulado, deixando as ondulações ao longo da altura do livro. Faria uma colagem de várias folhas dando alguma espessura, penso em algo com cerca de 1 cm de espessura, tomando o cuidado de botar as folhas intercaladas para dar firmeza a elas.
      Entre uma folha e outra teria que entrar uma ou mais camadas de adesivo, de modo a permitir o manuseio. A capa deve ter tamanho e espessura maior do que as folhas de modo a poder apoiar no chã com uma abertura de uns 90 a 120 graus e deixar as folhas livres para abrir (coisa de 1 cm a menos de cada lado). Essa estrutura do jeito que eu falei não deve ficar pesada e deve suportar a manipulação… lembrando que a charneira deve ser bem resistente (se sentir que não funcionou use dobradiças embutidas nas folhas com rebite e escondidas pelo adesivo com a impressão.
      A impressão com esse tamanho não vai ser problema, pois tem plotter que passa mídia nessa largura.
      É um trabalho bem manual, mas não chego a considerar ele caro… o mais caro vai ser a impressão das folhas.
      Acho que isso vai funcionar. Na internet tem vários móveis feitos com papel ondulado que aguentam tranquilo peso das pessoas. É o tipo da coisa leve e resistente.
      O canto das folhas pode ser recoberto por adesivo para dar a impressão de folha mesmo.
      Abraços,

  14. Brian Willian Silva Dos Reis

    Olá , sou design de uma graffica e preciso de ajuda para fazer cromia de imagens para sublimaçao ( transfer ) , pois as cores não batem e sempre cai cor em cima de cor , a impressora é uma OFFSET de grande porte e trabalha com jogo de chapas para fazer os serviços
    Tem algo que possa me ajudar ? agradeço desde ja !

  15. Leandro

    Olá boa tarde, sou Leandro e sou do Rio de Janeiro. Estou com uma grande dúvida, estou iniciando um trabalho de montagem e impressão de tabloides de supermercado, mais tenho uma grande dúvida sobre marca e modelo de impressora a usar para esse fins, impressão mais em papel coucher 80g, ou uma mais indicada pois sou totalmente leigo sobre impressões pois tenho prática somente em arte, se puder me ajudar eu agradeço.

    • Leandro,
      Começe terceirizando os trabalhos nos grandes distribuidores.
      O equipamento necessário é muito caro e para quem não tem experiencia é meio caminho para um grande prejuízo.
      A ordem de grandeza é essa aqui:
      O ideal seria uma máquina de 4 cores usada. Tem umas que gravam a chapa na própria máquina. Precisa ainda de uma imagesseter ou platesetter para gravar as chapas (se não tiver automatico na máquina), uma guilhotina grande para cortar o material e uns 2 ou 3 funcionarios para operar isso tudo.
      No caso de cartões de visita inclua uma solução para verniz UV ou laminadora.
      O resto é fazer volume para fechar as chapas.Você fechando uma chapa por dia o negócio se torna viável, ou seja uns 16 serviços de panfletos na mesma tiragem.
      É bom salientar que uma máquina usada vai precisar ser bem ajustada e deve-se rodar mais calmamente nela pois ela já está gasta e pode quebrar com mais frequencia… mas é um primeiro passo para maquinas melhores.
      O custo… de 100 a 200 mil a máquina, 20 mil a imagesseter, outros 20 mil a guilhotina.
      O custo é quase quase que papel e salário dos funcionarios.
      A tinta custa muito pouco e a chapa sai a uns R$ 16 por jogo de 4 chapas (custo por trabalho).
      Qualquer coisa pode me acessar por email
      Abraços,

  16. João Bosco Borges da Rocha

    Sou um Escritor (Artesanal) – Fiz vários Livros medida 17cm X 23cm, Capa Dura, agora somente preciso escrever o nome do Livro na Capa Dura (Preto), frente e no dorso. Pergunto? posso usar Papel A4 Transfer e Sublimação e adquirir uma Máquina para esse fim? Usando a Máquina demonstrada anteriormente, dará certo? Na Capa Dura (Preto) vai sair
    somente as Letras do Nome, individualmente? ou terá que escrever e depois cortar no próprio papel e colar na Capa?
    Existe uma maneira mais fácil e mais em conta para esse serviço? Espero merecer a peculiar atenção dessa conceituada Empresa, desde já agradeço. Saudações. João Bosco. Monte Santo de Minas-MG.

    • João,
      pelo que entendi isso não tem nada haver com sublimação.
      O seu serviço é de impressão offset com um bom acabamento ou serviço de cartonagem caso seja capa dura.
      O processo é imprimir em offset 4 cores (fundo preto é pintado no papel branco), colocando laminação e verniz uv local se for o caso. Montaa-se a base das capas duras usando processo de cartonagem e envolve-se a capa dura colando o papel couchê sobre ela e fazendo o acabamento interno, encartando-se por fim o livro já impresso e montado.
      Em pequena tiragem pode-se até usar impressão digital, sabendo que o custo é maior do que na offset.
      Aqui voc~e vê o processo feito numa gráfica especializada de pequeno porte: https://www.youtube.com/watch?v=WJmBxRyLZSU
      Abraços,

  17. anachiyo

    Olá! Estive lendo o seu blog durante o fim de semana, mas não encontrei nenhuma postagem que tenha a ver com minha situação. Se tiverem alguma dica pra me passar, fico muito agradecida!

    Eu comecei há uns dois anos a fazer lembrancinhas e convites para chá de fralda e batizados. Só vendo online.
    Meu negócio foi aumentando e agora é uma micro empresa, mas como eu nunca havia trabalhando em uma gráfica antes, acabei enfiando os pés pelas mãos e comprando equipamentos errados por diversas vezes.
    Hoje em dia, eu tenho uma impressora Oki ES6405, e duas jato de tinta com bulk e algumas mini plotters caseiras.
    Agora, muitas clientes me pedem convites de casamento e eu queria muito entrar nesse ramo, mas não tenho idéia de que impressora seria preciso pra imprimir esses convites.
    O que é mais usado para pequenas tiragens de convite de casamento? Posso fazer na laser? cortar numa guilhotina comum? Ou tenho que ter uma offset?

    Grata! eternamente! rs

    • Minha dica é pesquisa a concorrencia.
      Vai nesse anuncio aqui: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-602494598-convites-de-casamento-aniversarios-bodas-10unid-a-partir-_JM
      O convite dele é em jato de tinta com opção de ser em laser… ainda não vi ao vivo… me parecem muito bons. Eles tem loja na internet (http://www.vivaconvites.com.br/)
      Eu já trabalhei com convites em jato de tinta também, mas em termos de qualidade eram bem inferiores aos dele.
      Pode valer a pena arrumar um “noivo” e um “local” e pedir uns convites para ver como são.
      A futura imbatível também tem uma linha interessante (futuraimbativel.com).
      Ambos podem fornecer para você sem voc~e gastar nenhuma grana. É bom para começar e ver o que sai mais.
      Se já tem uma laser e guilhotina, pode pescar as idéias e produzir a sua própria linha… só cuidado com o seu custo de impressão.
      As suas mini plotters podem fazer recortes nos convites bem interessantes.
      Ou seja, o que você precisa mesmo é conhecer produtos da concorrencia e se basear neles para criar os seus próprios convites, sem nenhum custo praticamente.
      A futura vende um catalogo… que tal comprar ele para dar uma olhada?
      Espero ter ajudado.
      Abraços,

  18. Tiago

    Olá Paulo, você conhece alguém que esteja vendendo maquinário para fabricação de formas corte e vinco (Rotativa e Plana). O maquinário que me refiro é dobradeira,ponteadeira,facão.. Até mesmo o cilindro, de preferência com o diamentro de 487mm

    • Você está aonde?
      Esse tipo de coisa é vendido no mercado livre, mas depende dos correios e muitas gráficas locais fazem esse tipo de serviço com boa qualidade.
      Vai muito da sua cidade.
      Tem gente que vende matrizes cheias de itens de segurança, para serem personalizadas em laser, pode ser uma boa opção se você faz muitas festas.
      Abraços,

  19. Regina Paula

    Olá Paulo, boa tarde.

    Acompanho o site, parabéns pelos post são ricos e de grande ajuda. Sou consultora de RH e estou com dificuldades para encontrar profissionais da área gráfica “Consultor de Vendas”, alguma dica para eu encontrar esses profissionais.

    Obrigada.

    Abs!

    • Regina,
      O guia do gráfico é uma boa opção para anunciar isso, pois é lido por profissionais da área.
      O GPG também, mas ele é impresso e demora a circular.
      Acho que pegar vendedores de rua comuns e capacitá-los para vendas em gráficas pode ser uma excelente opção.
      Se for aqui no Rio posso dar um curso desses. Em outros estados pode-se encontrar pessoas para isso também.
      Abraços,

  20. Jordel Ferreira

    Bom dia Paulo Valle, Gostei muito da sua postagem, tenho alguns clientes em potencial, tenho a empresa, e agora quero comprar as maquinas para confecção de panfletos. só que não sei qual a melhor maquina para comprar nesse caso, tanto pra fazer a impressão como o corte.
    atual mente eu importo tudo de fora do meu estado e queria começar a confeccionar aqui mesmo.

    meu email: dsantosgrafica@gmail.com

    deste ja fico grato.

    • Jordel,
      Os panfletos que voc~e vê na Atualcard, futuraimbativel, etc são feitos em máquinas que custam cerca de 1 milhão de reais. Para atingir qualidade parecida terá que investir cerca de 500 mil por uma offset mais ou menos de 4 cores.
      Comprar uma laser colorida vai dar qualidade ligeiramente inferior e custo muito maior… para comparar, vai gastar pelo menos R$ 0,23 por folha A4 contra R$ 0,05 quando comprado em offset.
      Se a sua intenção é ter uma opção (mais cara) para o cliente que está apertado de tempo e vai pagar mais caro, tudo bem… dá para investir. Mas se o objetivo é só substituir, não vai compensar… vai fazer venda e ganhe sem esforço.
      lembre-se que não existe uma máquina de fazer panfletos e sim montar uma estrutura com diversos equipamentos de impressão e corte e mais uma gama de funcionarios para fazer isso. É muito trabalho para uma pessoa só.
      Abraços,

  21. Maicon Mello da Silva

    Olá Paulo! Eu trabalho na Empresa Bonet Madeiras e Papeis e produzimos papel cartão duplex com revestimento Coating, e um de nossos clientes reclamou de “estouro” de vinco do nosso papel na confecção da caixa. Gostaria de saber se existe algum equipamento que nós possamos utilizar para avaliar o vinco do papel Cartão em laboratório antes de mandar para o cliente?

    • Maicon,
      Você precisa de uma máquina de corte e vinco. Tem umas pequenas de uns R$ 500, manuais, no mercado livre… daí faz uma faca.
      Outra coisa é orientar a respeito do sentido da fibra… se a dobra é no sentido da fibra vai se comportar melhor… se for contra a fibra (transversal) vai estourar mais fácil.
      minha especialidade não é papel, mas talvez seu papel tenha fibras mais longas que o concorrente, dado esse efeito acentuado… vale a pena comprar umas folhas da concorrencia e vincar na mão e comparar os resultados.
      Abraços,

  22. Marcio Ribeiro

    Paulo,boa tarde!
    Tenho muitas dúvidas em relação ao papel couchê, trabalho com personalização de Bíblias e livros, e preciso fazer impressões em papel couchê devido a qualidade da impressão. Porém tenho que fazer impressão em uma gráfica rápida porque não consigo acertar com uma impressora boa para isso. Já ouvi vários comentários sobre impressoras com tintas pigmentadas que fazem impressão em couchê, e ouvi também qe elas borram. O problema da laser é o toner que é muito caro. Vi alguns comentários sobre as impressoras Epson e gostaria de saber se já existe no mercado alguma impressora jato de tinta que faz impressão em couchê fosco sem borrar?

    Obrigado,

    Marcio

  23. Arnaldo José

    Amigo, boa noite! Eu tenho por hobby montar maquetes de navios; passo horas procurando planos na internet, sempre que encontro, os planos estão disponíveis em JPG, PNG, TIF ou mesmo em PDF.

    Para mandar imprimir ou plotar, preciso antes redesenhar em Corel, preciso vetorizar o plano todo e isto demanda horas e horas, daí eu encontrei seu site procurando uma solução e encontrei muito mais, o que me leva a agradecer e parabeniza-lo pelo trabalho e dedicação com suas aulas.

    Mas gostaria de saber se tens algo direcionado a este tipo de trabalho, que tenho feito, de uma forma mais produtiva ou rápida. Como converter uma imagem em vetor.

    Caso tenhas algo, por favor, me ajude, pois não tenho encontrado nada e não sou o único que faz isto, são milhares e milhares de pessoas por todo o mundo. desde já agradeço sua atenção! Saúde. sucesso e fique em paz!

    • Arnaldo,
      O próprio Corel pode te ajudar nisso.
      Pelo que eu entendi você pega a imagem, coloca no corel e traça por cima… tendo um trabalhão.
      Você precisa conhecer o comando trace do corel.
      Pegue a sua imagem e usando a edição de nós tire as partes que não interessam como textos explicativos logomarcas dos sites, etc… deixando só o traço… se não sabe editar os nós pode criar uma janela e colocar a imagem dentro dela… depois de limpa a imagem converte para bitmap com uns 300 dpi e deixa as linhas bem marcadinhas. Depois com a figura marcada usa rastrear bitmap>rastreio de contorno>clippart e mexe nos ajustes… ele vai criar uma figura vetorizada sobre a bitmap… depois basta tirar o bitmap de trás e separar a curva criada para fazer o que quer. Depois de um tempo usando a ferramenta você descobre os macetes para um bom rastreamento… se ele separar as cores em tons próximos tem como pintar tudo de uma cor unica e juntar as imagens.
      Tenta se familiarizar e pegar as manhas dele.
      olha esse vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=1Qj0iwgjiew
      Abraços,

  24. marco damasio

    bom dia, já trabalho com sublimação,mas a impressora entope muito.será que usando impresssora a laser colorida da okidata c331dn,usando papel transfer específico consigo fazer o transfer em caneca porcelana, chinelos tipo havaianas, azulejo, camiseta algodão e poloester,mouse ped,com cores vivas.fico aguardando sua ajuda.

    • Antes de mais nada… laser não serve para sublimação… só jato de tinta. Você pode usar ela para transfer que é parecido e vai resolver parte do seu problema. O transfer tende a ser menos permanente pois é superficial e não penetra nas fibras da camisa.
      Quanto aos materiais que pretende fazer dependerá de testes. Eu acho possível pois o transfer é mais antigo do que a sublimação e já era usada nesses substratos… mas o material deve ser preparado de outra forma.
      Não trabalho nem com transfer e nem com sublimação e não posso te passar detalhes do método. Sugiro dar uma olhada o http://www.estampaweb.com pois eles são específicos para esse meio e já devem ter postado algo na área. Ele responde menos comentários do que eu mas fazendo uma varredura no site desde as postagens antigas vai achar muita coisa interessante.
      Abraços,

  25. Rogerio Leite

    Olá, estou a procura de um impressora para trabalhar com cartão de visita, convites mini calendários etc… estou indeciso pois existem varias, epson L800, L1300, hp e tinta ou laser só A4 ou A3.
    Qual vc me indica hoje no mercado?

    OBS: ja tenho um EPSON L355 MULTIFUNCIONAL

    • Rogério,

      Minha dica é terceirizar a produção.
      Caso queira fazer pequena tiragem, usar a sua epson com papel fotográfico já é uma solução.
      As impressoras citadas não vão dar grandes ganhos para você e vão aumentar o seu custo… a jato de tinta com papel fotográfico tem qualidade de impressão superior as laser citadas.
      caso queira uma impressora de produção, uma ricoh 2050 usada (cerca de 4 mil) pode te atender com qualidade próxima a offset… mas continuo achando a terceirização uma opção melhor e que é a que eu uso na maioria das vezes.
      Abraços,

  26. emerson

    Preciso de uma impressora q faça Transfer trabalho com chinelos personalizados e esta me saindo muito caro comprar os Transfer q impressora teria q comprar ?? Vi uma q esta no site de vcs a o ki pro color 920 wt impressão a3 com toner branco !!! Seria esta qual o valor ?? Enviei um email espero resposta obrigado …

  27. Débora Artes

    Boa tarde… gostaria de uma informação
    Pois eu tenho a impressora HP 1025 laser Color, e imprimo direto no papel Fotografico brilhoso Grossy 180 gramatura, só que se amaçar ou passar a unha a tinta solta.
    tem alguma configuração na hora de imprimir para esse tipo de papel?

    obrigada

    • Debora,
      O seu papel não é para jato de tinta?
      Já experimentou imprimir direto no couchê?
      O papel fotográfico tem uma camada feita para absorver a tinta da jato de tinta e realçar a impressão. Numa laser a camada de toiner é superficial e com o calor acho que a tendencia seria exatamente essa de soltar.
      Verifica isso!
      Abraços,

  28. Alexsandre Marques ( Walid-Ali Marques)

    Sahlan aleikum, agradeço de antemão vossos post sobre informações preciosas para esta atividade.
    Para se ter um estabelecimento deste porte é necessário CNPJ? Ou somente Alvará de Licença concedido pela Prefeitura ? Ou ambos ?
    Quero investir neste ramo de atividades aqui no interior do amazonas e agradeço muito se puderes me ajudar com informações mais detalhadas sobre estrutura física, equipamentos, etc.
    aguardo contato. Alláh máack !

  29. GISLENE MEDEIROS

    OLÁ, ESTOU PROCURANDO ALGUÉM QUE FAÇA CARTÕES DE VISITA IGUAL AO SEU MOSTRUÁRIO NA SERIE OURO, AQUI NO RIO DE JANEIRO ESTÁ MUITO DIFÍCIL ACHAR SE PUDER ENTRAR EM CONTATO EU AGRADECERIA.
    OBRIGADA
    GISLENE

    • Gislene,
      A Atualcard deixou de produzir esse tipo de cartão. Mas a Futura Imbatível ainda tem dele.
      Minha sugestão, caso você não tenha experiencia nessa área é de encontrar alguém para fazer essa arte dentro dos padrões da futura imbatível e depois colocar o produto lá. Eles tem vários escritórios de entrega espalhados pelo Brasil.
      Abraços,

  30. olá, estou tendo problemas em criar um ímã com faca personalizada se puder me ajudar serei grato!
    o ímã que criei é quadrado aí o gabarito da gráfica pede mande a imagem e a faca, a imagem esta pronta, mas como mando a forma da faca no caso quadrado?

    • Bruno,
      Depende de cada distribuidor.
      O envio pode ser num unico arquivo ou em vários arquivos.
      A mascara de corte dever ser uma linha na posição exata do corte tendo respeito com as margens de sangria do impresso.
      vamos a um exemplo… um ima 4,5×5 cm (padrão)… a sangria deve ser 4,7×5,2 cm e você faz o fundo sangrado nessa medida… a mascara seria 4×4 cm… você vai fazer um objeto 4,7×5,2 cm com um quadrado só com a linha de fora em preto na medida 4×4 cm… a sua arte deve ter uma folga caso o corte balance um pouco (e vai balançar com certeza pelo menos uns 2 mm para cada lado).
      Deu para entrender… qualquer coisa me manda um email.
      Abraços,

  31. diego

    Ola, estou tentando montar minha Grafica, comprei uma maquina Offset Catu 510, mas nao tenho ideia
    de como regular ela, eu ja usei Ryobi, e Multilith.. eu comprei ela é preciso regular ela mas nao sei como.
    tbm preciso de insumos ok chapa Blanqueta tinta ext… poderiao me dar uma força

    • Diego,
      Não conheço a fundo a Catu 510. Minha sugestão é realmente procurar um técnico para calibrar e ajustar a impressora e aproveita para dar uma boa olhada nos ajustes.
      Dá até para fazer por similaridade com a máquina antiga… mas vai perder muito tempo e pode acabar não conseguindo.
      Abraços,

  32. Celene

    Olá, estou em busca de um mostruário de papeis gráficos. Sou freelance e demando muitos impressos. Vocês comercializam ou indicam um bom lugar para a compra deste mostruário de papeis gráficos?

    • Esses mostruários podem ser obtidos em feiras e eventos gráficos ou de papelaria.
      Para usar junto aos seus clientes não é bom pegar esses mostruários. Não é por que fabricam que você vai achar facilmente para comprar.
      O ideal é ir nos seus fornecedores e conseguir uma folha de cada ou comprar na papelaria e montar o seu próprio mostruário, já sabendo quanto você vai pagar em cada papel (tem que manter as cotações atualizadas).
      Eu mesmo só uso papel couchê e offset. Os papeis do tipo vergê, gofrata, linho, etc que tem no mercado tem pouquíssima saída.
      Abraços,

  33. Gennaro Junior

    A Soluçao Estampas atua com personalização de camisetas e uniformes para a sua empresa ou evento ! Se deseja destacar a sua marca em camisetas , aqui é a Soluçao !

    Serviços de personalizaçao Silk Screen, Sublimaçao , Transfer Digital , Litografia e Bordados

    Acesse: http://www.solucoesestampas.com.br e confira nossos serviços de personalizaçao !

    Soluçao Estampas
    Fones:(11) 2885-9401/96129-8553
    Email: contato@solucaoestampas.com.br
    Facebook: facebook.com/solucaoestampas

  34. bom dia paulo pelo que eu vi vc tem uma vasta experiencia no ramos parabéns a sua opinião é de total imparcialidade isso é ótimo para nós que busca informação , sou novo no assunto em termo de gráfica para jornal
    temos um jornal tri semanal com uma media de 13 edições ao mês com uma tiragem de 2000 jornais por edição e na minha cidade tem mais jornais do que noticia RSRS todos inclusive eu terceiriza a impressão minha vontade é rodar meu próprio jornal e e fazer serviço para terceiros na sua opinião qual seria uma maquina ideal para mim começar

    • José,
      Rotogravura, que é o processo usado nos jornais, tem um maquinário muito caro (caro mesmo, eu nem sei a ordem de grandeza).
      Mas para as tiragens pequenas que você tem uma máquina bem que poderia usar uma offset monocolor de folha grande e um equipamento para gerar os filmes (vi um ploter nessa ultima feira que bem serviria para sua aplicação). Isso aí com uma guilhotina sairia por cerca de R$ 35-50 mil e precisaria de uns 3 funcionários. Você teria capacidade de imprimir umas 25-40 mil folhas por dia.
      Estou levando em conta impressão apenas em 1 cor… dá até para fazer cromia, mas daí cai a produtividade pois a folha teria que passar 4 vezes na máquina com certa perda de registro.
      você acha que isso é viável para você?
      Existem também umas máquinas Menjet de boca larga que podem atender esse mercado, mas são importadas e caras, mas com certeza se pagam e exigem pouco pessoal e quase ninguém tem elas por serem novidade no mercado.
      Entra em contato comigo via email com o seu orçamento que eu ajudo a encontrar a solução ideal.
      Abraços,

  35. Murillo

    Olá Paulo Valle.
    Estou entrando em contato por este para pedir a sua ajuda,
    a dois meses tentando encontrar algo especifico do que preciso aprender e nada até o momento.
    Falei com algumas pessoas e elas me passaram a informação que é uma tarefa muito simples, mas infelizmente não chegaram a me orientar como se fazer. Edição de imagens para postagens em redes sociais para fins comerciais para que assim consiga me diferenciar nesse meio de “tantos”. Gostaria de montar algumas imagens dinâmicas e modernas de eventos culturais e claro de produtos para venda, enviei no seu e-mail exemplos de imagens que gostaria de aprender a trabalhar. Obrigado desde já!

    • Murilo,
      O que você procura se chama Gif animado ou surf.
      Vou te explicar o gif animado pois é mais simples de ser feito e vai te atender.
      Entra no google e escreve “como criar um gif animado”… vai abrir desde páginas ensinando a criar com programas comuns, quanto programas específicos para esse fim.
      O proprio google tem um proigrama chamado Google Web Designer que faz isso… digita o google “programa para banner animado do google” que vai abrir mais opções.
      Eu crio pouco isso, mas uso o corel draw e o corel photopaint… crio as imagens no corel, converto em bitmap na medida correta e colo nos frames de um gif aninado no corel photopaint fazendo as transições.
      Acho que nessas pesquisas que te passei vai ter o suficiente para fazer o que quer.
      Abraços,

  36. MARCOS FRANCISCO - ID 35*7*9686

    Olá me chamo Marcos Francisco do Grupo W§MS soluções e Marketing, tudo bem?

    Como os Sres vem divulgando seus nomes, produtos ou serviços? SENHORES AGREGUEM MAIS ESTE SERVIÇO EM SUA GRAFICA vamos apresentar o verdadeiro impacto e resultados.

    Assista o vídeo explicativo sobre a ferramenta de publicidade: http://youtu.be/F85iQSzbMh4
    BRINDE PROGRAMAS DIVULGADOR de FACEBOOK

    E-mail: contato1100@outlook.com– Brasil 4004-0435 Ramal 1100.
    NEXTEL11-94006-8752 ID 35*7*9686

    • Faltou falar que leva tempo para conseguir uma audiência e que a concorrência na internet é brutal.
      Para uma empresa que se foque no atendimento a publico em seu bairro terá um resultado muito melhor numa revista de bairro, outdoor ou panfletos. É por isso que as gráficas não quebraram.
      Eu vendo basicamente pela internet, mas especificamente no mercado livre por que consegui emplacar uma primeira posição lá. Mas emplacar um primeiro lugar no google não é coisa fácil por um simples motivo. Todos tem o mesmo recurso para chegar a isso… o diferencial é o público chegar ao seu anuncio e isso só se consegue com excelente conteúdo.
      Acho que vale a pena tentarem o seu sistema, mas é bom alertar que precisa de um trabalho bem intenso para chegar a um bom resultado.
      Boa sorte
      Abraços,

  37. gostei desse documentario, mais gostaria de de saber , onde posso comprar esses produtos, como canecas, camisas , sandalias, tintas, papeis, etc… moro aki em salvador bahia, ou é só pela internete, e me diz qual melhor maquina para sublimação para camisas sandálias

  38. Felipe Rodrigues

    Olá paulo,estou comecando no ramo agora.
    Poderia me passar alguns fornecedores aqui do RJ com melhor relacao qualidadexcusto?
    Obrigado!

  39. Roberto Junior

    Ola Paulo tudo bem? gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho que tira muitas duvidas e cria muitas ideias.
    Sou vendedor de produtos gráficos e terceirizo todos os trabalhos que faço com grandes gráficas de revenda mais estou querendo entrar no ramo de embalagens mais focado ao ramo de sacolas personalizadas gostaria de produzir sacolas de 2 cores no máximo mais gostaria de produzir esse material em papel couché 170 gramas pra isso preciso de uma offset qual seria a maquina que você me recomendaria com um custo beneficio bom. pois o local para produção eu já tenho então já nao teria custo de aluguel.
    Também tive uma ideia como nao conheço o mercado gostaria da sua opinião aquelas placas de sinalização de extintores de incêndio tem um mercado muito bom e gostaria de saber se a muita dificuldade em fabricá-las .
    muito obrigado.
    ATT

    • Roberto,
      Antes de mais nada, você sabe operar uma offset? Está preparado para pagar o salário de um impressor?
      Uma máquina monocromática de grande porte te atende. Tem várias marcas mas posso citar a Solna como uma boa máquina usada. Vai te custar de 15-40 mil dependendo da máquina e do estado dela. Nos sites do guia do grafico e da apolo na sessão de usados você encontra diversas opções.
      Esse tipo de material você já consegue pronto nos grandes distribuidores… talvez não valha a pena o investimento, pelo menos num primeiro momento.
      Dá uma olhada no site da atualcard em sacolas para ter uma noção de valor… quase todos distribuidores já tem esse produto.
      A montagem manual é bem trabalhosa… mas o bom é que pode testar isso com papel em branco sem nenhuma impressão a custo baixíssimo.
      Pega uma bolsa que goste e desmonta ela e depois vai remontando com outro papel… vê a dificuldade e ve se vale a pena.
      Abraços,

  40. Dérick Souza

    Olá,
    Gostaria de saber se você conhece algum meio fácil e barato de se fazer capa de monografias também chamadas de TCC, varia de como você chama, várias delas são feitas com Hot Stamp, tanto a tipográfica e a Hot Stamp CNC, será que seria possível através da Hot Stamp Laser? Até onde conheço, o papel usado nesse tipo é o Percalux.
    Agradeço desde já,
    Aguardo retorno,
    Att. Dérick

    • André,
      O povo que importava esses produtos parou de trazer. Embora seja bastante populares lá no exterior aqui o pessoal demorou a entender as vantagens.
      Dá para comprar nos sites chineses e esperar para chegar… tem gente fazendo isso por aí.
      Eu já usei e testei a muito tempo atrás… substitui com vantagens o laser film + gravadora… é mais rápido e a gravação não fica com falhas e já vem quase registrada as chapas.
      dá uma procurada pelo alibaba e se não achar me fala.
      abraços,

  41. Rede Social Bairro13

    Olá.
    Nos da ABC DA PUBLICIDADE estamos lançando uma nova rede social
    Estamos avisando que você pode cadastrar seu comercio gratuitamnete no que esperamos ser o maior guia comercial Brasileiro.
    http://bairro13.com.br/guiacomercial/

    Venha anunciar seus produtos gratuitamente
    http://bairro13.com.br/advancedmarketplace/

    Equipe ABC DA PUBLICIDADE
    http://www.bairro13.com.br

    Estamos no facebook
    https://www.facebook.com/pages/Abc-da-Publicidade/294426603923279?sk=app_338986999617316

  42. Jamila

    Olá Paulo, td bem?
    Gostaria de saber se na região de Presidente Prudente/SP, vc sabe de alguma gráfica para tercerizarmos serviços de impressão a laser.
    Obrigada

    • Vou te ensinar a achar.
      Vai no google e digita gráfica Presidente Prudente SP
      Na primeira página aparece um mapa… abre ele.
      Vai aparecer os pontinhos com as gráficas… anota os endereços e visita cada uma delas e vê se tem atendimento a público.
      Elas podem ser gráficas grandes e fechadas voltadas para indústria, gráficas de revendas, bureaus ou pequenas papelarias… visita uma a uma fazendo tomada de preços e se der fazendo a impressão de um mesmo arquivo em PDF para teste de qualidade e depois compara custo/qualidade e pode tentar negociar preço se for o caso, explicando a sua necessidade… alguns podem fazer jogo duro, mas pode ser que tenha alguém que se interesse em te atender com um bom preço.
      dá uma olhada também fora da cidade, nos distribuidores como atualCard, futura imbatível, GIV e KWG e zap gráfica… eles tem pequenas tiragens e entregam aí na cidade sem custo ou bem barato.
      Depois me conta como foi a sua busca.
      Abraços,

    • Rodolfo,
      Eu não tenho ainda revenda de papeis… procura sites como a ksr (estão em vários estados) e outras… mandando seu estado posso tentar citar outros pesquisando para você na web.
      Aqui temos por enquanto só o blog.
      Abraços,

  43. Francisco Diniz

    Bom dia

    Paulo,
    Uma amiga minha tem uma plotter com barramento de 1,80 m para produzir moldes de roupa, acontece que esta plotter parou de funcionar. Coloquei as mãos a obras para tentar reparar a bruta ( iEchotech JetInk-183 ).
    O que acontece é que a cabeça de impressão não retorna ao ponto zero, fica estacionada em qualquer posição no eixo, e assim não há referência para o inicio de impressão
    Conferi as duas fitas o.k., motor de tração o.k., placa de acionamento do motor de tração o.k.
    e mesmo assim ela continua a informar um erro ” prompt 19 ” no painel.
    como não encontrei nenhuma publicação técnica desta plotter, gostaria de uma saida deste enrosco que me encontro.

    Abraços
    Diniz

    • Francisco,
      Não tem um sensor no inicio do carro?
      Normalmente essas máquinas tem uma fita e um sensor… ao ligar eles movem o carro até o começo da linha até achar o sensor e medem o espaço que tem para percorrer contando a fita (que tem uns tracinhos)… se o sensor estiver ruim (é um led de luz invisível com o leitor desse led) ele não se acha e para em qualquer lugar.
      Essa é a minha informação de leigo que já enfrentou esse problema com maquina jato de tinta de mesa… as duas pensam de maneira muito parecida.
      Não sei se vai te ajudar, mas ve se isso te dá uma luz… é manual de uso de plotter com esses tipos de ajustes – http://www.akad.com.br/manual/Infiniti/manual_usuario_fina.pdf … é só fazer por similaridade já que todos são muito parecidos.
      Abraços,

    • Fernando,
      No transfer pode… na sublimação não… são dois processos diferentes, mesmo sendo muito parecidos no procedimento… o transfer deixa uma camada superficial aderida a superfície. A sublimação a tinta evapora e penetra nas fibras da superfície.
      Abraços,

  44. A Soluçoes Estampas atua com personalização de camisetas e uniformes para a sua empresa ou evento ! Se deseja destacar a sua marca em camisetas , aqui é a Soluçao !

    Serviços de personalizaçao em Silk Screen, Sublimaçao , Transfer Digital , Litografia e Bordados

    Acesse: http://www.solucoesestampas.com.br e confira nossos serviços de personalizaçao !

    Soluçao Estampas
    Fones:(11) 2885-9401/96129-8553
    Email: contato@solucoesestampas.com.br
    Facebook: facebook.com/solucaoestampas

  45. Busquei seu site apenas para localizar o telefone de voces e me deparei com uma pagina bastante simples e que inclusive tive dificuldades de encontrar no Google, provavelmente por causa do codigo mal estruturado de seu site. Sou funcionario de uma das maiores Agencias Digitais do Brasil que certamente pode te ajudar a criar um site mais organizado, melhor posicionado no Google e que transmita uma imagem de maior credibilidade. Podes acessar o site da Agencia Digital em http://www.sitepor500.com.br . Com um site mais profissional certamente os futuros visitantes de seu site nao enfrentarao as dificuldades que tive para encontra-los. Espero ter ajudado!

    • Gessica,
      Desculpa falar mas sua busca foi mal feita.
      Se procurar por nosso nome achará milhares de publicações logo de cara. Se procurar blog gráficas, blog para gráficas e coisas similares estaremos na primeira colocação. se procurar contato cardquali nos achará de cara. Somos líderes em metade das palavras procuradas por gráficas. Somente não aparecemos como gráfica por que só a pouco tempo sou também uma gráfica. mas meus produtos gráficos aparecem com destaque no google pois sou um dos primeiros anuncios nas buscas do mercado livre.
      A afirmação genérica feita aqui no blog pode funcionar contrária para você por realmente não ter testado o blog como devia… é apenas um spam.
      Cuidado com esse tipo de atitude… cheque antes se é verdade ou não.
      Por outro lado tentei achar você no google com o que fazem e não encontrei… encontrei posicionamento web, primeira página, e outros nessas colocações.
      Acho que você precisa posicionar melhor seu negócio.
      Abraços,

  46. JORGE NEVES DE SOUZA JUNIOR

    Por favor, o senhor poderia me ajudar com uma video-aula referente de como fazer um livro tamanho “A5” no corel e sua respectiva numeração??????

    Antecipadamente, muito obrigado.

    • Larissa,
      Gráficas boas e baratas para atender empresas de grande porte não funciona.
      As gráficas boas e baratas foram criadas para atender os profissionais gráficos ao atender o grande público em geral… faz parte da parte do “barato” fazer serviços em grupo abaixando o custo e com isso perde-se um pouco do controle das cores.
      Uma empresa de grande porte quer ver prova de prelo, quer controle preciso de cores e coisas do gênero…para você ter uma idéia eu vendo 5000 panfletos 10×14 cm por R$ 100 e uma simples prova de prelo dele sai por mais de R$ 400… a qualidade dele é excelente para 98% da população, mas pode não atender aos 2% que em geral estão nas grandes empresas. Algumas empresas como a coca cola exigem uso de cores pantone (vermelho coca cola por exemplo). Uma lata de tinta dessas sai por uns R$ 300 e só serve para a empresa específica… o material precisa ser rodado separado para ela… tudo isso encarece o produto. Por isso grandes empresas são atendidos por grandes gráficas que rodam separado os produtos para elas, com imenso controle de cores e altos preços.
      Se quer uma gráfica dessas voltadas para gráficos indico a futura imbativel aí em São Paulo (www.futuraimabtivel.com.br) mas ela não vai ficar pageando o cliente… terá que ter um intermediário que entenda do assunto e deve-se abrir mão de alguns controles de impressão para obter a tão desejada redução de custos.
      sacou?
      Abraços,

  47. Diego Chiappetta Mendes

    Equipe Card Quali, bom dia/tarde/noite.
    Trabalho com sublimação a cerca de 1 ano e estou pensando em diversificar meu portfólio de serviços montando uma pequena gráfica rápida. A minha pergunta diz respeito à qualidade de toner, pois pretendo adquirir uma impressora laser para trabalhar com papel couché, além de poder utilizá-la com transfer laser e vinil adesivo específico para impressoras a laser. Minha pergunta é: Um amigo que é designer me disse que toners remanufaturados não oferecem boa qualidade na impressão no papel couché. Isso é verdade? Uso toner remanufaturado no meu trabalho formal e não tenho do que me queixar.
    Obrigado desde já e parabéns pelo excelente site.

    • Diego,
      A questão do toner remanufaturado nada tem haver com a qualidade. Tem mais a ver com quem faz. Quem é mais competente e usa materiais de primeira nem sempre é o mais careiro pois ele vende mais e compra em maiores quantidades. Tem gente que se mete a fazer o serviço e nem entende que existem diferentes toners para diferentes máquinas. O cara bota na cabeça que é tudo igual e vende tudo com o mesmo toner… dai fica excelente na brother e péssimo na HP e por aí vai.
      A minha dica é fugir das máquinas menores e mais baratas e ir para as máquinas mais caras, mesmo que usadas. Eu indico muito as Ricoh 2051 usadas que custa uns R$ 4 mil e faz um A3 por R$ 0,40. As máquinas menores não aguentam tanto tranco. E pode usar toner recondicionado nelas pois quem faz toner para elas usa toner ricoh mesmo. Ela tem cilindro, revelador e outras peças que tem que ser trocadas de tempos em tempos. Nas máquinas menores nem falam disso pois essas peças custam mais do que o valor da máquina. Se quiser eu tenho gente conhecida que vende ela.
      Abraços,

      • Diego Chiappetta Mendes

        Obrigado pelas dicas, Paulo. Como meu orçamento ainda não suporta esse investimento, vou aguardar um pouco e adquirir esta máquina.

        • Diego,
          A hora de migrar chegará logo… você vem trabalhando com calma e de maneira correta.
          Mas fica de olho na prestação do equipamento e na quantidade de folhas impressas. Vai chegar uma hora que a economia gerada na impressão mais barata da Ricoh será o suficiente para pagar as prestações da máquina… é só fazer as contas e ficar de olho quando chegar a ter essa produção. Estabilizou a produção nesse valor… faça a migração.
          Um grande abraço.

    • Paula,
      Não entendi sua pergunta.
      Para trabalhar fazendo acabamento em casa você deve ter um bom número de gráficas a sua volta e oferecer um serviço que elas não queiram fazer. Tem que ter uma certa lojistica que facilite levar e buscar os serviços. Aqui no Rio quem fazia esse tipo de serviço acabou fechando… eles faziam plastificação, corte e montagem, mas acabaram fechando por falta de clientes. Ainda tem gente que faz corte e vinco por aqui.
      Então, a primeira coisa é mapear as gráficas da sua região. Isso pode ser feito usando o google maps. Escreva no google grafica nome da sua cidade… por exemplo aqui no Rio seria gráfica rio de janeiro – RJ…aparecerá um mapa da região marcando todas as gráficas cadastradas no google empresas e parte das que mantem site ativo. Vá crescendo o mapa até visualizar o seu endereço… anote o nome e endereço das gráficas e vá conversar com eles e veja as necessidades… daí basta atender a necessidade dos clientes.
      O meu fornecedor atual por exemplo terceiriza colocação de imãs nos cartões, impressão UV localizado e corte e vinco.
      Sabendo os serviços que você tem, essas mesmas gráficas se encarregam de divulgar para aqueles que trabalham em casa e podem precisar dos seus serviços.
      Faça essa análise e depois me fala. Se tiver serviço de leva e trás facilita muito de conseguir clientes.
      Abraços.

  48. junior sampaio

    Olá estou com uma dúvida que está me matando!
    É o seguinte, andei pesquisando e para trabalhar com sublimação, é preciso uma impressora jato de tinta, e COM ISSO UMA TINTA ESPECIAL.

    SÓ QUE EU QUERO TRABALHAR COM TRANSER, IMPRESSORA A >LASER< ( me indique uma se possivel) E, EU QUERIA SABER SE ELA TAMBÉM PRECISA DE UMA TINTA ESPECIAL ? OU A TINTA QUE JÁ VEM NELA, JÁ SERVE PARA TRANSFER?

    • Junior,
      Transfer e sublimação são dois processos diferentes que funcionam de maneira parecida.
      A sublimação está apresentando melhor custoXbeneficio do que o transfer.
      A sublimação só pode ser feita com impressoras jato de tinta usando uma tinta especial para sublimação. A impressora só poderá ser usada para essa aplicação… deixa de servir para outras funções. A velocidade de impressão será a da jato de tinta normal, ou seja, cerca de 1 página por minuto ou um tempo ligeiramente maior. O resultado em geral é surpreendente pois a tinta penetra nas fibras do material e as cores ficam muito vivas.
      O transfer é um processo mais antigo. Ele usa impressão jato de tinta, laser, silk ou offset com as tintas normais e a impressora continua a fazer outros serviços. O segredo está no papel que deve ser específico para seu equipamento. Esse papel é mais caro do que o papel sublimático.
      Nesse processo a tinta fica superficial ao material, podendo com o tempo descascar. A vantagem é poder ter ganhos de escala usando uma laser ou offset para fazer um numero maior de produtos no mesmo tempo. Mas como as jatos de tinta e plotters conseguem fazer produção em tempo similar ao de aplicar o material nas superfícies a maioria das pessoas está optando pela sublimação, dada a maior qualidade.
      Sugiro adquirir esse produto aqui para aprender sobre o processo: http://hotmart.net.br/show.html?a=E3194899L
      Abraços,

  49. Sou um pequeno produtor de peças para máquinas gráficas, e dado a um grande numero de pessoas que me perguntam como montar uma gráfica, gostaria de saber se há um interesse em disponibilizar uma pagina no meu site, de forma que os post daqui sejam adicionados no meu site. Haveria a necessidade de autorizações especificas, ou outros itens que desconheço. Isso complementária meu site e daria com certeza uma maior viabilização, mas sei que também seria de grande ajuda a quem procura informações para esse ramo que por vezes aparenta uma grande perda. Fico no aguardo de uma resposta, quanto ao que poderiamos fazer juntos para divulgar melhor as informações do ramo gráfico, Att. Rush

    • Enio,
      Esse tipo de coisa dá problema nas buscas do google. As indicações tem que ser naturais e não automatizadas… isso derrubaria as nossas visitas.
      Minha sugestão é você entrar nas postagens sobre offset e demais máquinas com que trabalha e deixar um link lá oferecendo peças de reposição com o seu link. Não haveria nenhum problema nisso.
      Se quiser experimentar também anuncios nos meus banners eles estão a sua disposição.
      Abraços,

  50. Cleber

    Boa noite,
    Meu nome é Cleber, sou arquiteto e não trabalho com gráfica, mas estou querendo montar uma fábrica de cúpulas para abajur e nas minhas pesquisas descobri que o material para revestimento pode ser ou acetato leitoso ou filme de poliéster leitoso, aliás parece que filme de poliéster é mais indicado por conta do calor da lâmpada.
    Então eu gostaria de saber se você ou alguém tem como me dizer aonde eu posso comprar esses dois materias em rolo e de preferência com o fabricante.
    Agradeço a ajuda desde já.
    cyem@bol.com.br

    • Cleber,
      Eu desconheço nome de fabricantes desses materiais.
      Sei que muito disso é importado. Quando usamos em gráfica, em folhas planas, sempre vem do exterior.
      Sabendo de algo volto aqui e informo.
      Abraços,

  51. marcia leal

    tenho uma prensa para fazer sublimação em canecas de ceramica. tem como utiliza-la para fazer transfer a laser em canecas de acrilico. Aguardo resposta e desde já agradeço

    • O equipamento é exatamente o mesmo… é só questão dos materiais estarem devidamente preparados e questões de ajustes de temperatura.
      A sua máquina deve ter diversos berços que se ajustem a medida dos vários copos. Caso não tenha aí deve procurar o fabricante do equipamento e consultar valores dos berços.
      Note que o papel e a máquina que faz a impressão são diferentes.
      Abraços,

  52. Boa noite

    Paulo

    Queria uma ajuda sua.
    Tenho uma pequena gráfica em minha cidade interior do Rio, e já trabalho com a padrão color a 1 ano,
    ai vi um post seu sobre a infinita, o bruno é gente muito boa mais estou com problema na entrega dos meus materiais. você poderia me indicar uma outra grafica que teria um bom preço para adesivos e lonas? no caso para revenda?

    att

    Irio

    • Irio,
      Já nos falamos por email a alguns dias.
      Essa área de lonas e baners pode ser atendida também pela tmx produtos aqui no Rio e pela Atual Card, Futura Imbatível e Zap Gráfica a nível nacional.
      Mas você tem opção também de parcerias locais. São muitas as gráficas e bureaus que investiram nesses equipamentos nos tempos de política e que estão com eles subutilizados.
      A dica para você e todos os leitores é colocar no google os nomes gráfica seguido do nome de sua cidade (e cidades vizinhas) e conhecer a concorrencia da região e fazer uma visita a eles vendo o que é oferecido e sondando situações de parceria ou complementação de serviços. Pode-se transformar concorrentes em parceiros de negócios fortalecendo ambas as partes. No mínimo vai deixar de ficar concorrendo por preço que é danoso para ambas as partes.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,

  53. Jorge

    Olá tudo bem? conheci o seu site hj estou gostando muito.
    Tanho uma Gráfica rápida e trabalho muito com personalização de festa, hoje utilizo a Epson L220, mas tenho bastante problema como o de puxar papel, ela sempre tem esse problema, porém é muito econômica.Tem alguma dica para esse caso?

    • Jorge,
      A dica é limpeza e talvez trocar os tracionadores.
      Outra dica é a qualidade do corte do papel. Quando usamos papel cortado de folhas maiores temos que observar duas coisas… uma é o esquadro do corte… tem que formar angulos perfeitos de 90 graus. As vezes fica 90,3 graus de um lado e 89,7 graus do outro e isso não é perceptível a olho nu mas a impressora sente… veja se acontece com papel comum cortado de fábrica (que é perfeito)… outra coisa é o sentido da fibra do papel que deve estar ao longo dos 20 cm (largura do papel)… se estiver ao contrário vai dificultar a dobra do papel ao ser puxado… essa informação da fibra bem no pacotão de papel antes do corte.
      Observa esses pontos (limpeza e corte do papel) e depois retorna uma resposta para a gente.
      Abraços,

  54. Jennifer Crisitna

    gostaria de saber qual o tipo de papel usado naqueles tipos de diários científicos antigos, como em indiana jones ou até em homem de ferro? onde posso conseguir dele?

    • Jennifer,
      Aquilo é papel comum, envelhecido… é um processo natural.
      No cinema eles usam meios não naturais para envelhecer o papel rapidamente… não sei direito a técnica mas basta escrever no papel comum e colocar ele com bastante luz e calor para queimar levemente as folhas. É meio tentativa e erro e leva um pouco de tempo, mas dá para fazer em algumas horas.
      Para conhecer o efeito rapidamente tenta colocar uma folha sem tocar numa chapa de queijo quente por alguns segundos… você vai ver a folha queimando e com algum jeitinho pode aprender a fazer com bons resultados. Pode tentar diversos tipos de papel. Cuidado para não se queimar.
      Abraços,

    • Josias,
      As grandes são a AtualCard, Futura Imbativel e ZapGrafica… elas atuam também com outros nomes. Dependendo da cidade você encontra as concorrentes locais. Aqui no Rio temos a Grafica infinita, a Padrão color e a Tmx Produtos. Em São Paulo tem a MIster Print e a GIV… e por aí vai.
      Abraços,

  55. rubia

    Paulo… Trabalho em casa com gráfica, faço diversos tipos de serviços como a arte de cartão de visita, panfletos, banners, adesivos e entre outros e terceirizo toda impressão deles… Só, que sentindo uma necessidade de ter uma impressora que eu possa ta fazendo esses trabalhos, como, oferecer pequenas tiragens, avulsos, atender aqueles cliente que precisam do produto rápido….
    Vc poderia me indicar alguma impressora boa que me atendesse… Mas tem que rapída, economica, impressão frente e verso automático, nos formatos A4, A3, tudo isso nela se possivel e tbm que naum seja mto caro, pois estou com pouco capital…. desde já agradeco…. obrigada

    • Rubia,
      Cada impressora serve para um determinado nicho de mercado.
      Por exemplo para imprimir panfletos em jato de tinta para revender eu sugiro a HP pro X ou a Canom MB5310 com os bulkinks da Mundo Collor… vai conseguir fazer uns 1000 panfletos 10×14 cm por R$ 15 e revender a uns R$ 45. Vai conseguir também imprimir em papel fotografico e atender outros nichos… a tinta pigmentada não sai do papel. Conversa com o povo da mundo collor e diz que fui eu que indiquei. Isso custa de R$ 800 a R$ 2500
      Se quiser uma qualidade quase igual a offset sugiro pegar uma Ricoh 2051 ou superior ou uma Konica Minolta. Vai gastar a partir de R$ 5 mil.
      Coloca também na sua lista uma guilhotina que corte alguns cm de papel… uma maquina que corta até 34 cm com 3 cm de altura de corte sai por uns R$ 1 mil.
      O resto são pequenos detalhes que podem vir depois (corte e vinco, recorte eletronico, laminação, etc).
      A laser que eu indiquei é A3+, as jato de tinta é A4. Tem uma jato de tinta A3 com bulk (http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-706135409-impressora-hp-7110-a3-bulk-ink-500ml-de-tinta-pigmentada-_JM) que pode ser uma boa opção, mas ela imprime devagar (as que eu indiquei antes fazem de 33 paginas por minuto a 8 paginas por minuto… essa A3 vai levar 1 minuto por página ou menos).
      Espero ter ajudado… tendo dúvidas basta me escrever.
      Abraços,

  56. Venho lendo o blog seus a dias muitas informações uteis.

    Ja parou pra pensar que diversos sites de gráfica on line são idênticos e outra basta a Atual Card lança um produto que todos lançam simultaneamente, outro dia fiz uma pesquisa rápida no Registro .BR (www.registro.br) e descobrir que 80% dos sites estão em nome de Paulo Henrique Borges e outra você entra em sites como Grafica Cores, Atual Card, Cartões Mais Barato dentre outros os banners de destaque de todos é administrado pelo mesmo sistema/site (www.pubsites.com.br) e outra os balcão de retirada é os mesmo em todos esse sites que listei sendo administrado pela Empresa Mais Log que ja entrei em contato por diversas vezes querendo saber como funciona para conveniar a eles e eles nunca responde os e-mails fazendo também a gente pesar que essa Mais Log é do mesmo Grupo Atual Card.

    Outra coisa que leva a pensar da mesma forma que quando compro em qualquer um desses sites que listei aqui pra Minas Gerais vem na caixa o selo da Cartoes BH como convenio do correios.

    Gostaria de uma opinião suas sobre isso.

    • Osias,
      Realmente o IMPERIO BORGES é muito grande. Tem mais uns 2 ou 3 imperios menores de outras redes que chamam menos a atenção… mas estão aí também.
      Isso não chega a ser segredo pois já foi apontado aqui em diversos comentarios nas postagens sobre a atualcard.
      Eu não chego a divulgar aqui pois apesar do borges estar dentro delas, algumas tem parte da operação controlada por um segundo sócio, com uma administração e atendimento totalmente diferente. Em comum apenas o parque gráfico que deve ser o maior da américa latina.
      A logistica deles já mudou bastante e atualmente usa empresas de onibus distribuidas em uma grande malha nacional. A base dessa distribuição não é a mais log (que é um nome que eles usam internamente no sistema de rastreamento) e sim a tex encomendas (http://www.texencomendas.com.br/). Dentre as coisas que eles fazem é manter escritórios locais para reenviar produtos… ou seja sai de onibus de curitiba até belo horizointe e depois são postados no correio com contrato local de e-sedex.
      Os caras tem boas soluções e repassam parte delas para os clientes… ao invés de procurar falhas nas informações as pessoas poderiam usar isso a favor delas.
      Um grande abraço,

  57. Carlos

    Prezado, boa noite.

    Gostaria de uma indicação / orientação de qual a melhor opção de custo / benefício para adquirir uma máquina de corte e gravação a laser 3D para confecção de lacres e adornos em metal, MDF, acrílico, papel e couro.

    Atenciosamente,
    Carlos.

    • Carlos,
      Eu não sou a pessoa indicada para fornecer essa informação.
      Isso vai depender da sua aplicação. Se a espessura a ser cortada for pequena (até cerca de 1 cm) e não precisar de grande área pode usar uma maquina pequena que custa entre 7 e 12 mil. Se for cortar metal e peças maiores precisará de uma máquina bem mais potente, na faixa dos 30 mil ou mais.
      Tudo vai depender do que vai produzir… a sua lista é intensa.
      Lembre-se que a máquina faz gravação e corte e para cada uma delas terá uma determinada potencia. Ou seja, se vai apenas gravar o metal pode usar uma potencia mais baixa, mas se vai cortar ele a potencia será bem grande. Peças em MDF fino e acrilico médio podem ser cortadas na máquina pequena. A gravação em geral também pode ser feita nela (precisa confirmar no caso de metal, mas acho que ela faz usando uma potencia máxima). Quanto maior o leque de materiais a trabalhar na máquina maior terá que ser a potencia da mesma… o mesmo vale para a área de corte.
      Espero ter ajudado… para mais informações sugiro perguntar aos vendedores das máquinas pois essa é uma informação básica do equipamento deles.
      Abraços,

  58. Leandro

    Paulo,
    Me ajuda ai..
    To començando a trabalhar como freelancer mas ja quero pensar como grande, rs e quero nomear, so nao sei qual o certo usar… Gráfica ou Comunicação visual ou ambos?
    Trabalho fazendo artes de logos, cartazes… E tbm estou tercerizando os serviços graficos.
    Parabéns pelo seu empenho, você me ajudou bastante me motivando e agora to colocando mais pra frente as coisa!
    Agora vou te incomodar um pouquinho mais tirando algumas dúvidas

    • Leandro,
      Você precisa definir em que ramo vai ter o seu foco. O seu foco será vender panfletos e cartões (usar gráfica), ou será mexer em faixadas e vitrines (comunicação social)… vai trabalhar com offset (grafica) ou ploter (comunicação visual). Mesmo que trabalhe com ambas, vai ter uma que vai tocar o tipo de cliente que vai atacar.
      A muito tempo batizei minha grafica de cardquali… o nome remete a cartão e por muito tempo era só isso que os clientes pediam… tome muito cuidado com nomes que fechem muito o campo, mesmo que va trabalhar com muita coisa.
      Estarei aqui as ordens.
      Abraços,

      • Leandro

        Então, na verdade hoje eu trabalho terceirizando os produtos da atualcard (é a q no momento melhor me atende pelo local) essa é área que mais atuo e como o maquinário dela é caro não tenho como comprar agora, porém queria compra um plotter de recorte para trabalhar com adesivos de vinil (principalmente para adesivo de carro) porque é vi que é um preço mais acessível e simples de se trabalhar estava pensando em umas dessa
        http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-721269968-plotter-de-recorte-profissional-72cm-com-mira-laser-contorno-_JM
        Oque acha?
        Também estava na dúvida sobre o nome porque faço arte… mas posso chamar de grafica e fazer arte tbm certo ? comunicação seria mais se eu trabalhasse direto com faixadas e vitrine certo? algo que não pretendo muito…
        Grato, abraços

        • Leandro,
          Essa máquina resolve. Tem gente que não gosta das chinesas, mas a reclamação principal é quanto a barulho e peça de reposição. Quanto ao barulho realmente elas são ruidosas, mas como em geral custam de metade a 1/3 do valor das concorrentes nacionalizadas não creio que seja má opção por conta disso. As peças de reposição vem sendo colocadas no mercado pela maioria dos representantes… checa bem isso na hora da compra através de perguntas ao vendedor e checando se realmente ele tem as laminas e peças principais.
          Quanto ao nome… bola um nome forte para registrar no futuro e coloca comunicação visual na razão social pois é mais fácil de passar no alvará… as gráficas podem ter limitações por conta do descarte da tinta… como a tendencia é comprar o recorte e depois um plotter, mesmo que venda panfletos e cartões não estará fazendo nada errado e será mais fácil para o futuro.
          Boa sorte aí.
          Abraços,

  59. William Silva

    Sou tecnico de manutenção mecânica, já passei por diversas empresas inclusive gráficas, sempre tive a vontade de abrir uma gráfica, com máquinas offset. Tenho 30 anos e estou mim formando em engenharia de produção.
    Gostaria de saber quanto preciso pra começar com uma GTO 4 cores. E se esta e a melhor opção pra quem ta querendo começar.
    Não sou impressor, vou pagar impressor, e como posso fazer pra conseguir recursos pra começar começar o implendimento.?
    E se vale pena investir neste ramo?
    Se possível gostaria de uma resposta.

    • Willian,
      Antes de mais nada fica atento que vai precisar de uma administração bem afinada para não quebrar em pouco tempo. O mais importante não é a máquina e sim o capital de giro e a quantidade de serviços necessários para manter o negócio… pode ser que você leve até uns 2 anos para conseguir o equilíbrio e durante todo esse tempo terá que bancar alugueis, pessoal, e demais custos… o retorno não é rápido… a melhor estratégia é começar vendendo dos grandes fabricantes até ter uma clientela que mantenha uma produção mínima na máquina.
      Uma offset de 4 cores usada fica na faixa de R$ 100 mil a R$ 300 mil. Entra nesse link e dá uma pesquisada – http://www.apolo.com.br/classificados/equipamentos_usados.asp?codigo_categoria=13
      Vai precisar também de uma boa guilhotina e de imagesetter ou platesetter e mais alguns adicionais como gravadora de chapa. Vai precisar também de impressora, cortador e mais um pessoal de apoio.
      As margens estão apertadissimas. Tem gente vendendo quase sem lucro e poucos resistem nesse mercado. Eu vejo possibilidades na região norte e nordeste, pois as grandes distribuidoras demoram a fazer as entregas e isso pode ser um diferencial para conseguir clientela.
      Fazendo como falei antes, começando a vender e fazendo clientela, depois que chegar a uns 60 pacotes diários, terá condições de manter uma máquina dessas com uma equipe pequena e vendendo a preço intermediário. Com preço de revenda terá que chegar a casa dos milhares de serviços diários… faça bem as contas e se calce de grana para manter os primeiros anos.
      Se for aqui no Rio me chama para bate papo.
      Boa sorte,
      Abraços,

  60. Boa tarde Paulo, parabéns pelo site.
    Tenho algumas empresas que necessitam de panfletos todos os meses. Geralmente faço nos tamanhos 3,0 por 110mm e formatos mais comuns, usando papel couché 115 ou 140g se não me engano. Estou pensando em comprar uma máquina para fazer estes meus serviços e além deles atender o comércio da cidade. Saberia me indicar um modelo de máquina que não tenha matéria prima muito cara e que possa me atender.
    Agradeço antecipadamente,
    Fernando

    • Fernando,
      A impressão em offset você não vai conseguir a baixo custo. Os grandes distribuidores usam máquinas offset de 4 ou mais cores que custam algo em torno de R$ 500 mil ou mais.
      As máquinas antigas e bem surradas saem por uns R$ 150 mil.
      Você precisaria também de pessoas para fazer corte, operar a maquina e uma grande área de trabalho (uma offset mede uns 10 m de comprimento).
      Fazer com laser não vai atender em termos de custo e em jato de tinta vai cair a qualidade.
      Caso esses clientes estejam acostumados a qualidade offset não vai ser fácil fazer o que pretende.
      Caso esteja numa cidade pequena que aceite impressos em jato de tinta, pode adquirir uma HP pro X com bulk ink (por uns R$ 3 mil) e poderá atender essa demanda com custo razoável.
      Em termos de valor isso só compensa para tiragens de 1 mil… tiragens maiores terceirizar a impressão offset vale mais a pena. E pode esquecer o uso do papel couchê… com essas maquinas não vai imprimir no couchê.
      Como pode ver o mais caro não é a materia prima e sim a máquina.
      Abraços,

  61. Cristiane Ferreira

    Tenho uma copiadora no interior de sp e meus clientes estão me pedindo para fazer raspadinhas da sorte, mas não tenho ideia do equipamento usado e processo para a fabricação, você teria como me ajudar? Grata, Cris.

    • Cris,
      A raspadinha é feita com um cartão com laminação e uma aplicação em silk com o material a ser raspado.
      A Padrão Color aqui no Rio tinha esse produto a alguns anos, mas retirou do portifólio deles.
      Não conheço ninguém que esteja fazendo atualmente, mas pode-se pegar os cartões e mandar para quem trabalha com silk para finalizar.
      Abraços,

  62. George

    Caro Paulo Valle, primeiramente parabéns pelo trabalho no blog. Segundo, gostaria que, se possível, me desse algumas dicas sobre uma gráfica rápida que estou montando. Vou listas 4 equipamentos que pretendo comprar e gostaria que você comentasse ou me indicasse algum melhor.

    IMPRESSORA LASER: OKI C711n (Para cartões de visita, convites, envelopes, adesivos)

    IMPRESSORA JATO DE TINTA A3+: EPSON L1800 (Li comentários de um leitor em uma postagem sua. Segundo ele imprime A3+, Bulkin de fábrica, aceita papel até 300g, tinta a prova dagua se impresso no papel glossy, 1L de cada tinta compatível custa em média R$3500. Mais de 12 recargas, resolução 1400 dpi )

    IMPRESSORA JATO DE TINTA A4: HP PRO X451 (Seria utilizada para panfletos e impressões em geral)

    IMPRESSORA PARA CÓPIAS: BROTHER 8952DW (Utilização para fotocópias e grandes volumes)

    Minha grande dúvida é em relação da real utilização da OKI, a LASER. Ela é apenas tamanho A4 e custa por volta de 5 mil reais. Você conhece alguma a laser, com bom custo benefício, que faça A3? Outra coisa, a HP PRO é melhor pegar com Bulk Corante ou Pigmentada?

    De já meu agradecimento e grande abraço.

    • Obrigado pelos elogios. Vou tentar te ajudar.

      IMPRESSORA LASER: OKI C711n
      É uma boa máquina baseada na tecnologia LED na qual substitui o laser móvel por um pente fixo de LEDs. Não soube de problemas ou comentários de LED falhando até o momento. Ela tem um diferencial que é o toner branco (acho que é a única laser no mercado). Ela tem uma irmã mais velha A3 que custa uns 12 mil se não me engano.
      Essa máquina vai permitir fazer trabalhos diferenciados como a impressão colorida, branco inclusive, sobre papeis escuros como o colorplus. Isso é um senhor diferencial. Tem muita gente usando também para fazer transfers para camisas escuras sem usar o transfer OBM… que precisaria ser cortado… é outro grande diferencial. A qualidade de impressão e cores é muito boa.

      IMPRESSORA JATO DE TINTA A3+: EPSON L1800
      É uma boa máquina que vem sendo muito utilizada pelo pessoal da sublimação. A cabeça de impressão da Epson permite usar tinta corante (sai com água), tinta pigmentada (não sai com agua) e sublimática (serve apenas para o processo de sublimação). É bom frizar que não dá para ficar trocando de tinta… tem que escolher uma e usar. Se for a sublimatica a impressora só servirá para sublimação (não vai servir para impressões normais). Eu indico essa máquina para sublimação.
      Caso queira uma impressora para imprimir A3 com tinta pigmentada tem essa opção aqui da HP bem mais em conta: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-718179091-impressora-a3-hp-7110-bulk-ink-500ml-de-tinta-pigmentada-_JM (faça uma pesquisinha de preço antes de adquirir ela). Não verifiquei a gramatura de papel que ela aceita… dá uma olhada nesses detalhes… apenas estou mostrando que há opções de A3 mais em conta. ATENÇÃO: A HP não serve para sublimação pois a cabeça esquenta muito e a tinta sublimatica evapora no processo… mas tinta pigmentada trabalha sem problema algum.

      Como comentário geral, o custo da laser fica em torno de R$ 0,6 a R$ 1,50 variando se com uso de toner original ou reciclado. As jato de tinta com bulk vão para a casa dos R$ 0,03 ou menos. É uma baita diferença, mas perdem um pouco por não permitirem o papel couchê e o fato de algumas borrarem com facilidade.

      IMPRESSORA JATO DE TINTA A4: HP PRO X451
      Eu tenho indicado direto essa máquina com bulk. Indico também o bulk da Mundo Collor, que vem sendo uma das empresas que mais trás informação sobre essas máquinas (a nível de manutenção e conserto). Dá uma olhada no canal do youtube da Mundo Collor (com dois L). Essa máquina é o Top das impressoras jato de tinta A4 e faz realmente 33 paginas por minuto e a tinta original, que é pigmentada mas de um tipo especial, aguenta ser jogada na água imediatamente após a impressão sem borrar nada. Use tintas de qualidade (a mundo Collor tem também) e inclusive tem um vídeo de alerta de um cliente deles que correu para o concorrente (veja quantas máquinas dessa o cliente tem para fazer apostilas).
      O uso da maquina será para fazer panfletos simples (em papel comum), receituários, envelopes, talões. Ela faz outras coisas, mas tem relatos de papeis fotográficos que não rodam nela… isso se deve a tinta pigmentada, pois a maioria dos papeis fotográficos são feitos para tinta corante. Basta comprar o papel certo (tem que testar… procura indicação do vendedor antes de adquirir).
      É bom avisar que vi em 6 meses o valor dessa máquina ir dos R$ 900 para cerca de R$ 2200 (o bulk abaixou de R$ 600 para R$ 200). Isso se deve a alta procura por essa máquina… sinal que ela está sendo um sucesso. Tem uma máquina da Canon 5310 que custa hoje R$ 800 e tem bulk por uns R$ 150 e que faz 8 paginas por minuto reais e é uma opção. Mas a tinta pigmentada para ela ainda está em testes. Tem gente que vende e gente que não vende… ainda há muita duvida quanto a isso. Mas pelo preço pode valer a pena o teste. Ela tem um excelente scaner frente e verso na mesma passada. Uma possibilidade em termos de produtividade é ter 3 ou 4 maquinas dessas ao invés de 1 máquina HP pro X… o risco diminui, o valor de aquisição é quase igual e se quebrar 1 maquina não para a produção, ao contrário do que acontece na HP Pro X (se quebrar deixa de produzir). É uma coisa a pensar… tem que pesquisar o detalhe da tinta pigmentada e testar… a sulink está vendendo, mas tem gente que reclama deles e por isso ainda não bati o martelo favorável. A MundoCollor está desenvolvendo tinta pigmentada para ela.

      IMPRESSORA PARA CÓPIAS: BROTHER 8952DW
      A brother tem sido apontada como uma boa máquina de impressão laser, com baixo custo e boa qualidade. Porém, eu acho R$ 3 mil numa maquina A4 um tanto cara.
      Eu indico muito máquinas usadas da Ricoh aqui no blog. Uma máquina colorida fica na faixa dos R$ 5 mil e uma preto e branca fica uns R$ 3 mil. Veja a lista do ML – http://lista.mercadolivre.com.br/multifuncional-a3-laser#D%5BA:multifuncional-a3-laser%5D
      Eu dava uma procurada melhor pois existem máquinas novas A3 nessa faixa dos R$ 3 mil. Não tenho pesquisado a fundo impressoras preto e branco e não sei indicar de cabeça no momento, mas pela lista acima já terá algumas possibilidades. Procura também pelo buscapé… tem opções mais baratas A4 da própria Brother – http://www.buscape.com.br/produto?id=3606&xro=3219,3220&xrc3220=70566&kw=a3+laser&xrc3219=62021

      Minha grande dúvida é em relação da real utilização da OKI, a LASER.

      A Ricoh 2050 ou 2051 usada é a sua opção em relação a okidata… o custo de impressão dela vai despencar para R$ 0,60 no tamanho A3 e terá custo de aquisição parecido. HP pró X com tinta pigmentada.

  63. Primeiramente, desculpe-me pelo texto extenso. Mas é porque como estou “sozinho” na história. Sou graduado em Turismo e, em 2015, iniciei um curso numa escola profissionalizante, que capacitam no uso de softwares como CorelDRAW; Photoshop; Flash e Dreamweaver, com previsão para terminar em 2016. Entretanto, eu não me limito apenas no uso do software e procuro fazer muitas pesquisas, vejo vídeos, faço leituras dentre outras atividades que “complementam” meu curso. Ainda em 2015, comecei a fazer trabalhos para um Programa de Pós-Graduação; um grupo de estudo e dois eventos científicos. O trabalho consistiu na criação de uma marca para os quatro e criação visual de peças gráficas (banner; cartaz etc). Eu fiz o que foi pedido, mas com certo receio, porque numa das leituras eu vi que esse trabalho é feito pelo designer gráfico. Nunca me intitulei designer ou web designer como os clientes gostam de me chamar, e SEMPRE procuro corrigi-los. Me intitulo profissional web, por achar mais adequado e, a priori, é o nome do curso que faço. Numa das minhas pesquisas, achei seu post “Arte-finalista ou designer”. De fato, eu desenvolvo o trabalho de um arte-finalista, porque o cliente me passa a ideia dele e transformo em arte. Entretanto, eu vou até o cliente, procuro ouvi-lo, dou sugestões de alguns materiais; cores, tipografias etc., procuro conhecer a empresa/organização do evento, conhecer os concorrentes etc. Faço até um formulário de briefing a fim de colher o máximo de informações necessárias para o desenvolvimento do trabalho. Desenvolvo o projeto de proposta, levo ao cliente para aprovação ou não. Apresento a marca pedida (se for o caso). Em suma, procuro sempre fazer um trabalho de forma que não fique com aquela de “amador”, “micreiro” ou “sobrinho”. A dúvida é. Com a regulamentação da profissão do designer, eu posso desenvolver atividades ligadas no meio gráfico? Ou o curso que estou fazendo será em vão?

    • André,
      É muito boa a sua preocupação de fazer as coisas do modo certo.
      Para complementar os seus conhecimentos indico o curso da criativosfera – http://criativosfera.com/
      Nela você vai aprender esse algo mais que faz o designer ser mais que o arte finalista… a preocupação que vai além do uso do software.
      Nessa postagem aqui: http://www.cardquali.com/quanto-ganha-um-designer/ – eu falo sobre a remuneração do designer – nela eu cito a ADG que é exatamente quem normaliza (ou deveria fazer) a normalização da profissão. http://www.adg.org.br/
      A profissão foi regulamentada no ano passado e ainda está em fase de implantação. É um bom momento para se registrar e garantir poder trabalhar no futuro… mas pode ser que a coisa não pegue e continue sendo como está e eles fiquem só ganhando o trocados deles sem atuar no mercado (pode ser um desperdício de dinheiro).
      Entra no site e se informa sobre custos… eu não sou regulamentado, mas poderia ser.
      Hoje o mercado está mais baseado em competencia do que em regulamentação.
      Abraços,

  64. Francisco José Gomes

    Preciso configurar o meu Corel para iniciar com a unidade – milímetros . Sempre que inicio um trabalho abro o Corel e tenho que alterar a configuração de polegadas para milímetros. Não consegui resol ver o problema. Obrigado.

    • Francisco,
      Abra o Corel. Abra um arquivo novo.
      Modifique todas as configurações que queira. agora vá em FERRAMENTAS > SALVAR CONFIGURAÇÃO COMO PADRÃO
      Feche o programa e abra de novo para testar.
      Depois me fala o resultado 😉
      Abraços,

    • Pode usar tanto plotters de recorte como maquinas de corte e vinco. O plotter de recorte faz de um a um e não precisa fazer faca. A maquina de corte e vinco precisa de uma faca gráfica com o recorte correto. Se for um recorte padrão que será reutilizado sempre, pode trazer muita agilidade na produção.
      No mercado livre tem de ambas as maquinas . O plotter de recorta mais simples custa uns R$ 1.300
      Abraços,

  65. Washington

    Bom dia

    Estou tendo problema com transfer tinta pigmentada camiseta algodao estampa estão rachando mesmo antes de lavar é possível fazer um transfer que dure desde já agradeço e espero obter uma solução pois estou desempregado tentando ganhar dinheiro vendendo camisetas um abraço

    • Washigton,
      A origem do problema pode ser de diversos tipos.
      Tinta inapropriada, de ma qualidade. Papel de ma qualidade ou impróprio… aqui vale lembrar que deve usar papel transfer para jato de tinta. O papel sublimatico ou os papeis transfer para laser, serigrafia ou offset não servem para você.
      Problemas de gordura no papel ou na camisa ( a gordura é inimiga do processo e está presente nas nossas mãos).
      Tempo de prensagem e temperatura de prensagem.
      De qualquer forma eu não sou a pessoa indicada para ensinar o processo. Indico os blogs da estampaweb, portal sublimatico e o edimilson da Heloart para te responderem melhor.
      E não desanime com esses problema… faz parte de uma curva de aprendizagem que todos nós temos que passar para nos tornar grandes profissionais.
      Um grande abraço,

    • Esse bichinho aí é vendido a rodo no mercado livre… ele é chinês e pelo que me consta é bem barulhento. É uma opção barata de entreda no meio de recorte. Tem uns mais caros e menos barulhentos e com mais pressão de corte.
      Ao procurar um ploter verifica a velocidade de corte, pressão, e os decebeis em uso… entenda que quanto maior a velocidade menor vai ser a pressão exercida.
      No youtube é possível ver e ouvir esses plotters funcionando.
      Abraços,

  66. Andréa

    Bom dia…
    Comprei uma guilhotina de papel excentrix a4, 6 meses depois ela não estava cortando direito, como muito trab. consegui tirar lamina para afiar,para a minha surpresa tinha que levar em uma tornearia. Foi afiada, mas não consigo colocar ele no prumo certo, ela corta um pedaço pequeno de papel, se coloco o papel no comprimento não corta.
    Na minha cabeça de leigo, acho que tem que ter uma posição milimétrica para o ajuste da lamina, mas não consegui saber como fazer isto. Já liguei para a excentrix, ficam de me dar um retorno e nada até agora. Pode me ajudar?

    • Andrea,
      Toda guilhotina tem uns parafusos excentricos de regulagem da maquina. Tire a carenagem dela para ter acesso aos parafusos.
      Além da faca afiada, a regua que fica abaixo deve ser trocada regularmente. O valor não é muito alto, mas tem que achar um local para comprar… em geral no local de venda da guilhotina tem ela para vender.
      O processo é o seguinte… troque a regua e afrouxe os parafusos da faca. coloque tiras de papel ao longo da area de corte de modo a poder ir puxando eles. Desça a faca ser fazer força, visando apenas prender as folhas. Vá mexendo nos parafusos de ajuste e testando se as folhas estão presas. Quando todas as folhas tiverem com a mesma pressão aperte os parafusos e faça um teste prático cortando as folhas… feche a carenagem.
      DICA: Na hora do aperto, no meio do serviço, se ela começar a fazer isso, coloca umas folhas usadas abaixo das folhas do seu trabalho ao cortar… assim o seu trabalho sai perfeito e as folhas defeituosas ficam nas folhas de rascunho usadas.
      Esse video aqui mostra como se tira a faca: https://www.youtube.com/watch?v=rT_vIuu6xd8
      Eu procurei um video mostrando os ajustes que eu falei, mas não encontrei… tenta achar o parafuso excentrico… normalmente tem um furo na chapa para dar acesso a chave de fenda a ele.
      Abraços,

    • Fabio,
      Aqui nesse blog eu não sou o cliente.
      Seu comentario vai ficar a vista para quem entrar por aqui.
      Se quiser mais visibilidade procura por nossos espaços publicitarios na lateral do blog ou nos espaços principais.
      Acho que pode ter um bom retorno se direcionado para sua pagina de venda.
      Abraços,

  67. Mariana Mkt

    Olá

    Estou entrando em contato para informar que já está disponível o Anuário de Empresas Brasileiras 2016.

    Um mailing completo para você encontrar novos clientes e fornecedores.

    Mais informações em: http://www.CadastroEmpresas.com.br

    Obrigado e Sucesso

    at.
    Equipe CadastroEmpresas.com.br
    Skype: cadastroempresas
    e-mail: sac@cadastroempresas.com.br
    Whatsapp: 11 94161-1916

    Exemplos de arquivos em excel:
    Cadastro de Empresas Brasileiras 2016 – 744.498
    razão social, tp_logr, logradouro, numero, complemento, cep, bairro, cidade, estado, ddd, telefone, segmento, email, site.

    Cadastro de Empresas Brasileiras 2016 2 – 412.943
    cnpj, razão social, tp_logr, logradouro, numero, complemento, cep, bairro, cidade, estado, ddd, telefone, segmento, email.

    Profissionais Liberais BR – 1.048.575
    nome do profissional, cidade, estado, DDD, telefone, sexo, e-mail, profissão.

  68. Marcus Martel

    Olá pessoal, Sou Marcus Martel qui de Macapá-Amapá, quero comprar um plotter, de 1.80m, bom de preço, baixo custo e boa qualidade e durabilidade de impressão. quero entrar nesse ramo.
    alguem me indica uma loja, fornecedor

    Valeu

    • Marcus,
      No mercado livre você encontra muitas dessas maquinas… mas vou indicar a http://bannerjet.com.br/
      Eles mesmos postam comentários de diversos clientes que pela quantidade e videos é realmente real. E são tantos que facilmente encontrará alguém próximo a você para checar referencias.
      As outras não se arriscam a fazer isso… acho que é uma boa empresa e ninguém que seguiu meu conselho voltou ao blog para reclamar.
      Vai pagar uns 10% a mais mas vai ter um excelente suporte.
      Abraços,

  69. Luis Eduardo

    Boa tarde
    gostaria de saber se vcs tem catalogo dos tipos de papeis pra impressão
    sou diretor de criação em uma agencia de design e sempre precisamos fazer orçamento e tals.
    e as vezes facilita ja sabendo o papel e gramatura etc.

    • Luis,
      Esse tipo de papel é conseguido nas feiras de negócios da área grafica, diretamente com os fabricantes.
      vamos ter a Fispal em 14/06/16 até 17/06/16 em São Paulo.
      Pode procurar também os fabricantes via o site deles. Costuma dar resultado, mas muitas vezes esses catalogos são feitos especificamente para as feiras e ficam em falta no restante do tempo.
      Eu procurei a FIEPAG deste ano e não achei nada… deve ser devido a crise que não deu para reunir expositores o suficiente.
      Tenta aí pelos sites dos fornecedores.
      Abraços,

  70. Lucivanda Almeida

    Olá boa tarde! Curto muito o trabalho de vocês. Estou precisando de uma ajuda… faço alguns trabalhos de gráfica rápida… e principalmente fazendo convites personalizados. Tenho a epson L355, porém sempre que um cliente quer um convite que precise imprimir frente e verso, vem a dor de cabeça. Já fiz varios testes mas não consigo imprimir o verso certinho com a frente. Gostaria muito de ajuda. Existe alguma técnica, programa, ou outra ferramento que possa me ajudar com isso? Grata.

    • Lucivanda,
      O problema principal deve ser a medida do papel que está usando.
      No programa você marca tamanho A4 (210×297 mm) e na hora de colocar o papel coloca uma papel 20×30 cm… isso dá diferença na medida… 1 mm é o bastante para não bater.
      O tamanho do papel usado deve ser exatamente o tamanho que esta no driver da impressora e no seu programa de edição… se respeitar isso vai tudo bater certinho.
      Se a maquina for dupolex automatico pode ser que tenha uma diferença na puxada do papel (por defeito em quase todos os equipamentos).
      Aí o truque, alem do que falei da medida do papel logo acima, é conhecer essa diferença e deslocar de propósito todas as imagens de verso exatamente com essa diferença.
      Para isso use a mesma imagem na frente e no verso e olhando contra a luz meça a diferença entre as imagens… cuidado para não confundir a frente e o verso (vale colocar escrito no original no centro da folha de teste). Conhecida essa medida, anote num canto e sempre que for executar uma impressão frente e verso desloque as imagens de verso nessa medida (para cima ou para baixo conforme o seu caso).
      Tenta aí e me fala.
      Abraços,

  71. Nathália Costa

    Olá, boa tarde!

    Gostaria de tirar uma dúvida quanto à cores. Li um post de vocês que fala sobre isso, mas ainda assim me restou uma dúvida: quanto ao padrão de cores CMYK, é sempre bom, quando eu for enviar 3 cores, ao invés de 4, aumentar sempre o preto ao invés de deixa-lo zerado? Por exemplo, eu tinha selecionado uma cor vermelho escuro com C0 M90 Y95 K40, mas gostaria de fazer a cor um pouco mais clara e mudei para C40 M100 Y90 K0. Seria a mesma coisa ou daria diferença no final?
    Obrigada e aguardo resposta de vocês. Parabéns pelo site, ajudou bastante.

    • Nathália,
      A Tricromia, que é o que você está tentando fazer, deixa cores mais pálidas do que a policromia. A tricromia não usa o canal preto e ao invés disso dilui o preto nas demais cores. O resultado é um marrom escuro com menos contraste. Na policromia o preto entra para garantir as partes escuras, já que os corantes das tintas não são perfeitos.
      Ou seja, mesmo que você ache uma cor exatamente igual na tricromia e na policromia, quando visto no monitor, na hora de imprimir, devido as imperfeições dos corantes, ela vai ficar mais clara.
      As cores que você citou são totalmente diferentes e será muito difícil simular essa cor na tricromia.
      Tenha como base que para cada 2 unidades que tirar do preto deve acrescentar 1 unidade a cada cor. Então C0 M90 Y95 K40 deveria dar C40 M130 Y135 K0 e como sabemos que não pode passar de 100 teriamos uma cor impossível de simular… faça C5 M95 Y100 K30 e veja como são bem parecidas… alguns modelos de drivers usam isso em sentido contrário para economizar tinta.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,

  72. Olá Paulo, boa tarde
    Tenho uma gráfica onlnie e gostaria de saber quanto você cobraria para deixar um banner de minha loja no topo de seu site?
    abraço
    Rodrigo
    Cartões OnLine
    11 3481-9825

  73. JOAO JOSE AUGUSTO

    Olá, Estou buscando por maquina usando para hot stamp e me deparei com seu site. Parabés!!! Criativo, muito util. Mesmo para meu caso, que não tenho nenhuma experiencia no assunto que ora busco me envolver.
    Estou começando a planejar uma pequenissima grafica para impressão de diplomas em pergaminho de peles de carneiro.
    Tenho parente que já produz o pergaminho. Não vejo problema na impressão offset ou digital. Mas, preciso buscar um jeito de imprimir logomarcas e bordas em hot stamp.
    Voce poderia nos ajudar na escolha da impressora para hot stamping? Geralmente os diplomas são impressos em peças medindo 22cm x 32cm e em poucos casos, no tamanho 27cm x 36 cm. Quanto será que custaria uma maquina pequena?
    Além de ajudar-me a escolher a maquina apropriada gostaria de ter alguma indicação de onde poderia encontrar esta maquina. Desde já agradeço.

    • Oi,
      Nessa postagem aqui eu cito as diversas maquinas que existem no mercado.
      http://www.cardquali.com/hot-stamp-novas-maquinas-mercado/

      Não conheço o apergaminhado de pele de carneiro para dizer qual vai funcionar ou não, mas posso dar uma idéia de valores.
      As maquinas mais baratas, que vão de R$ 300 usada a R$ 2 mil novas, trabalham com clichê, que deve ser feito a cada serviço… pode-se usar tipos de metal (tipografia) nessas maquinas, mas precisa saber montar esses textos (se escreve ao contrario e os profissionais estão quase extintos pela tecnologia mais nova).
      A top de linha é a maquina que usa bobinas e tem cabeça térmica e eu mostro ela na postagem. Custa mais de R$ 30 mil.
      Existe uma maquina intermediaria em que você pega a folha, imprime a laser e depois passa na maquina que metaliza apenas onde tem a aplicação do laser… se o seu apergaminhado for liso igual a folha e pega laser pode ser a melhor opção no seu caso. É o caso da maquina da diginove do vídeo (http://www.diginove.com.br/hot-stamping). Existem concorrentes dela no mercado.
      Aí você precisa fazer alguns testes e contatar os fornecedores.
      Tendo mais dúvida pode me procurar.
      Abraços,

  74. Mauricio Berman

    Boa tarde: Necessito saber onde posso encontrar aluem que faça o corte de quebra cabeças, ou seja, que tenha as facas de corte e a maquina de corte. Entrego o papelão com a paisagem colada pronta para corte.
    Obrigado

  75. Angela

    Boa tarde,

    Gostaria de saber se é possível criar uma imagem em 3 D através de photoshop e estampar esta mesma imagem em tecido através do processo de sublimação com uma prensa normal, e se o resultado vai ficar parecendo 3D.

    grata Angela

    • Angela,
      Uma imagem 3D real precisa de métodos especiais de impressão e é bem difícil de ser gerada no Photoshop… em geral usam-se camadas igual aqueles calendarios e produtos que mudam a figura ao mexer no papel… é a chamada impressão lenticular que imprime várias camadas sobre filmes plásticos… é um processo caro e difícil de encontrar – http://www.3dlenticular.com.br/
      Agora, se o seu objetivo é gerar impressões de imagens 3D planas (que não se mexam com a posição do observador) igual a uma foto comum, não há nenhuma dificuldade técnica… é uma foto normal transferida via sublimação.
      Mas eu creio que você tenha visto uma impressão lenticular por aí e está tentando achar um fornecedor… fica a dica do link acima.
      Agora… tem isso aqui também que é uma verdadeira arte 2D que engana os olhos: http://estampaweb.com/2013/09/camisetas-3d-tendencia-estampas-verao-2014/
      Abraços,

  76. Ônix Assessoria Aduaneira

    Favor encaminhar ao departamento de importação/exportação.

    Nossos serviços estão voltados para atender integralmente o exportador e o importador, oferecendo consultoria integral em comércio exterior, com foco no despacho aduaneiro, na assessoria para o desenvolvimento de projetos de importação e exportação, habilitação no sistema RADAR, etc..

    http://www.onix-trade.com

    ou escreva com sua necessidade para o email dir.comercial@onix-trade.com

  77. Rodrigo Oliveira

    Bom dia.

    Fiquem espertos profissionais de gráficas e designers que as gráficas on-line onde terceirizamos os nossos serviços, já começaram a oferecer os serviços direto para o consumidor final, fazendo uma concorrência desleal e fugindo do principio de atender somente profissionais de gráficas e designers. A Atual Card já começo oferecer esse serviços. Ou fazermos eles pararem com isso ou vamos boicotar eles.

    Vamos nos unir para que isso não se torne uma realidade.

    • Rodrigo,
      Isso já foi abordado na postagem http://www.cardquali.com/atualcard-nao-e-sua-concorrente/
      Apesar deles não filtrarem quem é cliente e quem é profissional (algumas delas fazem esse filtro), o cliente final na maioria das vezes não é capacitado para gerar artes profissionais. Daí eles enviam artes inapropriadas que são impressas com erro. Como o arte finalista fica responsavel por esses erros o cliente final se vê em apuros e a única coisa que pode fazer é buscar o reclame aqui, deixando essas gráficas como lideres em reclamações, não devido a má qualidade dos serviços e sim devido a incapacidade deles de fazerem um bom serviço.
      Isso já aconteceu com clientes meus e acabaram voltando a rodar comigo. Se você mantém um diferencial no atendimento e faz um bom serviço, não é afetado por isso.
      Além disso, o impacto deles nos clientes não é tão grande assim… o cliente final deseja conversar com quem vende e simplesmente não há conversa com eles… o cliente sente medo nessa situação.
      É uma ilusão acharmos que eles farão essa filtragem, afinal, num mercado cheio de vendedores gráficos não legalizados, como você faz essa filtragem? Você faria essa filtragem via CNPJ e perderia centenas de vendedores potenciais por causa de uma dezena de maus clientes que vão usar cnpj falsos para conseguirem o que querem… tem um tipo de cliente que não vale a pena tentar manter.
      Abraços,

  78. ZANARDI

    Olá somos da empresa EDITOR DE VIDEO, gostaria de oferecer um excelente kit de retrospectiva, onde poderá criar retrospectivas profissionais em minutos, projeto atuais com varios desenhos e filmes animados, como frozen, minios, lego. galinha pintadinha, patati patata, entre outros, tudo para juntar com o tema de seu eventos.

    Este kit além dos efeitos, som e trechos de filme, vem incluso um lista de 360 projetos prontos ou seja, o cliente escolhe o tema a sua empresa ira apenas TROCAR IMAGENS E MUSICAS, seria interessante em ter esse kit junto ao seus temas.

    Acessa agora e adquira
    http://editordevideo.com.br/kit-retrospectiva/

    VANTAGENS

    – edição fácil do projeto
    – poderá ofercer um valor adicional em seus eventos
    – 360 projetos pronto mais de 150 só infantil
    – qualidade full hd especializado para datashow, telão
    – programa profissional proshow incluso
    – economia em tercerização de empresa que cria suas retrospectiva
    – e o melhor projetos lindo e profi

  79. Natália Patricia Pereira de Paula

    Boa tarde por favor,

    Li seu post sobre corte e impressão plotter e queria saber, se você dá cursos sobre isso?
    Se essas máquinas são fáceis de lidar, se a qualidade de impressão depende da tinta ?

    Aguardo um retorno.

    Att,
    Natália Patricia.

    • Natalia,
      Não dou curso, mas esses equipamentos são simples de usar… basta fazer uma arte no corel com linhas simples e enviar para o programa que faz as convesões.
      Como é corte não tem nada haver com tinta.
      Você pretende fazer o que com a maquina?

      Abraços,

  80. Camila

    Olá! Me chamo Camila e eu gostaria de saber mais sobre essa área de design gráfico, queria algumas dicas, por exemplo se eu cursar essa disciplina há bastante variedade de coisas que eu possa fazer?
    Aqui onde eu moro não conheço nenhum designer gráfico, mas eu não queria ter que fazer o mesmo que “todo mundo”, tipo cartão de visita, flyer, quero ter opção de fazer outras coisas entende.
    Fico apavorada só de pensar no piso salarial, não eu não quero escolher o curso baseada nisso mas isso me incomoda porque a graduação já vai ser um grande investimento que vou fazer.
    Enfim qualquer dica ou conselho seu já me ajuda bastante…

    • Camila,
      A profissão de Designer Gráfico só agora começou a ser regulamentada. O mercado é composto na sua maioria por profissionais sem formação formal.
      Minha sugestão é começar por cursos on line baratos para ver se é realmente isso que deseja.
      O caminho que sugiro sempre é esse:
      Assistir as aulas de corel e photoshop que estão aqui no blog e não custam NADA. É imcompleto, mas é ministrada pelo Liute Cristian que é um dos caras mais competentes que conheço.
      Depois complementa o restante do software fazendo o curso dos cursos 24 horas… eu considero inferior as aulas daqui do blog, mas pelo menos é completo… o link esta na lateral do blog.
      Depois entra no site http://www.criativosfera.com.br e se cadastra lá. O custo é muito baixo e você vai ter a visão do design em si e não dos programas… vai entender de cor, fontes, distribuição, etc.
      Com isso você ja vai ter uma boa base para o futuro.
      A única vantagem que vejo nos cursos universitarios hoje é o diploma em si. Era para você pegar uma base boa nesses cursos, mas infelizmente não é isso que acontece. Mas se você já vai com alguma bagagem vai aproveitar muito mais o curso e se destacará junto aos professores que poderão fazer boas indicações. Um designer simples de gráfica ganha muito pouco… o pessoal que entra nas agencias de publicidade em geral ganham bem mais, pois os clientes que eles atendem são bem maiores e por isso acabam pagando melhor. Essas agencias procuram os melhores profissionais… aqueles que tem a parte prática e a teórica juntas.
      Eu não descartaria de fazer um curso mais abrangente do que o de designer… como o de comunicação social… quanto maior o leque de trabalho, maiores serão as oportunidades.
      Eu não tenho conhecimento sobre que cursos universitarios são mais destacados do que outros… mas seguindo esse caminho você vai começar a perceber o caminho a seguir.
      Entra também na pagina do clubedodesign, tanto o blog quanto a pagina do facebook… lá no facebook se troca muita informação util… indico frequentar ela.
      Abraços,

  81. Doni S.

    Paulo, boa noite! Acredito que minha dúvida seja a de muitas outras pessoas que não são da área e buscam uma impressão de qualidade. É difícil encontrar conteúdo tão honesto e detalhado quanto aqui no seu blog.

    A gente lê muita coisa sobre papel mas, pela internet, fica difícil avaliar. Estou num grande dilema envolvendo qualidade e cartões de visita.

    Preciso de uma impressão em cores, frente e verso, com verniz localizado e, se possível, laminação fosca. A arte inclui preto em degradê até cinza, dourado e texto branco. O cartão deve ser PERFEITO quanto à qualidade, firmeza e toque, pois deve transmitir qualidade em todos os aspectos. O preço, neste caso, não é importante, pois se trata da imagem que reflete a dedicação com que trabalho.

    Tive contato com diversos impressos em couché 300g/m², com laminação fosca e verniz localizado, e achei os cartões de visita muito molengas… Cartões muito flexíveis, “amassáveis”, rsr… Para quem não é da área, fica difícil explicar. Mas faltava alma mais nobre aos tais cartões.

    Dito (tudo) isso, vale ressaltar ainda que li algumas coisas sobre os papeis Starlux e o Supremo Duodesign e, ao que me pareceu, seriam ainda duas das melhores opções para o tipo de trabalho que preciso imprimir.

    Com base em sua experiência, qual papel, gramatura e acabamentos você me recomendaria para “o” cartão? Existiria a possibilidade me indicar uma gráfica “online” para cuidar disso, ou eu deveria ir pessoalmente ao local? Resido no interior de SP. Na única experiência que tive com impressão (de uma outra arte) me pareceu que a gráfica imprimiu em modo rascunho, de tão ruim. Complicado!

    Por fim, peço desculpas pelo longo texto e agradeço desde já por seu tempo e disponibilidade, Paulo!

    • Donizete,
      Os cartões de laminação fosca e verniz local são feitos em papeis de 250 g e 300 g… não sei se te venderam o de 250 g pelo de 300 g e por isso achou molenga.
      A impressão dourada sumiu do mercado… tem alguns ainda oferecendo o hotstamp… não sei se associado a laminação fosca… terei que verificar.
      O fato é que esses cartões são feitos em lote de clientes para baratear o produto. Simplesmente não existe no mercado um lote que seja em papel 350 ou 400 g com as caracteristicas pedidas.
      A entrada em maquina desse produto é algo quei giramais de R$ 1000… assim produzir um cartão especifico para você custaria no mínimo uns R$ 2000. Para uma empresa que faça cartões para umas 30 pessoas não seria problema, mas fazer para apenas uma pessoa seria proibitivo.
      Consultei meus fornecedores e o mais grosso que encontrei é um cartão colado e com relevo seco… mas apenas verniz total… segue descrição do fabricante “Cartão de visita impresso através do sistema offset disponível no esquema de cor 4/4. Utiliza como substrato papel cartão Suzano 250g/m² mas recebe contraplacagem ficando com 500g/m². Para fins de enobrecimento recebe aplicação de verniz uv total high gloss 1/1 e relevo seco 1/0. Pode receber acabamento de corte e vinco com a utilização de uma faca especial.”
      Ele tem também um cartão com 300 g em papel de qualidade, mas não sei se você achará fino. Segue descrição do material: “Cartão de visita impresso através do sistema offset disponível nos esquemas de cores 4/0, 4/1 e 4/4. Utiliza como substrato papel cartão duodesign 300g/m² com as duas faces coated. Para fins de enobrecimento recebe aplicação de HotStamp 1/0 e Laminação Fosca 1/1. Pode receber acabamento de corte e vinco com a utilização de uma faca especial.”
      Esses são os materiais mais grossos que eu encontrei no mercado.
      Um dos meus fornecedores tem o couchê 350 g com laminação fosca e verniz uv local, mas sem o dourado.
      Ou seja, só encontrei soluções parciais para o seu problema… muitos desses eu nunca vendi aqui.
      Eu posso tentar fazer um desses cartões com 300 g e verniz localizado para ver se te atende… tenho bons fornecedores… talvez você tenha caido na mão de um mal fornecedor.
      Se quiser tentar basta me contatar.
      Abraços,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

wordpress