Corel Draw X6 ! Verdadeira revolução?

197 Flares Twitter 182 Facebook 14 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 1 197 Flares ×

Ontem, tomei conhecimento num post de nosso colega Liute Cristian do blog Clube do Design, do lançamento da mais nova versão de nosso software favorito, o Corel Draw X6. Eu poderia ser mais um a analisar as potencialidades deste grande programa, mas depois da esplêndida análise do Liute, preferi adotar uma outra abordagem e perguntar: Esta é uma verdadeira revolução?

Política de upgrade

Todos os softwares do mercado parecem preparados para aprecerem obsoletos após algum tempo. Quem já não percebeu que seu Windows anda lento e dando muito mais bugs do que quando instalou?

A Hp chega ao absurdo de preparar o software de algumas impressoras para sumir com as fotos na impressão, nos forçando a ligar para assistência técnica e sermos orientados a fazer o registro para resolver o problema, baixando uma cura misteriosa.

Eu mesmo já vivi este drama por 2 vezes em impressoras diferentes. Parece defeito, mas instalando um driver de língua diferente o problema é sanado (nem adianta reinstalar o drive em português, o problema persiste até que seja feito o registro).

No meu caso tinha trabalhos gráficos a serem entregues no mesmo dia e descobri o problema. Fugi do registro que na época levava 2 dias.

A Corel também tem sua política de upgrade, mas não chega a preparar os programas para travarem.

Corel Draw X6

Corel Draw X6

Melhorias no software

Se você observar o upgrade do Corel X6 vai perceber que o programa é basicamente o mesmo, com a correção de alguns bugs, que hoje são poucos, otimização de algumas rotinas que eram meio demoradas, incorporação de alguns truques que a concorrência tinha acrescentado em seus programas e 1 ou 2 novidades para provocar a concorrência. Mas isto é realmente útil para mim?

Utilização padrão

O uso do programa segue a conhecidíssima Lei de Pareto, ou seja, 80% dos usuários utilizam apenas 20% dos recursos do programa. E mais, estas funcionalidades já estão presentes no programa desde as versões 3 ou 4.

Na minha rotina de gráfico era comum fazer a arte e converter para a versão 9.0, uma das mais estáveis, para daí sim, mandar para a produção.

Embora eu dê meu curso de corel Draw usando a versão X5, quem tem a versão 9.0 acompanha o grosso das aulas, sem problema algum. Todas as novas funcionalidades podiam ser feitas de alguma forma pelos recursos das versões anteriores.

Os novos recursos servem, em geral, para facilitar um pouco o trabalho.

Existe uma onda ecológica que prega exatamente a não necessidade de acompanhar a tecnologia, diminuindo o estresse sobre os recursos do planeta.

Então, antes de migrar para a nova versão, pense na sua real utilização e veja se realmente é necessária a migração.

Vai que você usa um recurso que vive travando e o Corel Draw X6 resolveu o bug? Aí certamente é o caso de mudar.

Corel Draw X6 e os piratas

Corel Draw X6 e os piratas

Original ou pirata

Sou contra a pirataria, embora utilize algumas versões piratas de alguns softwares.

Acho que o ponto principal é o nível de utilização que você faz do programa.

Se você utiliza diariamente um software, é do seu interesse que este programa continue a se manter atualizado e preparado para acompanhar a evolução dos sistemas operacionais.

Não comprar o programa, nestes casos, é como dar um “tiro no pé”, pois de uma hora para outra a empresa quebra e você fica sem uma ferramenta imprescindível para o seu trabalho.

No meu caso, quando eu tinha uma gráfica, comprava sempre os programas originais. Assim que eram lançados ou baixava a versão de demosntração e instalava numa máquina a parte. Esta era testada e só era liberada (e comprada) após se mostrar estável. Eu usava o próprio site da Corel para baixar. Eles sempre disponibilizam versões de demonstração completas para uso por 15 ou 30 dias.

Em resumo, tive as versões originais 4.0, 5.0, 7.0, 9.0 e 11.0. Hoje a minha utilização não passa de 3 vezes ao mês, não justificando ter uma versão nova instalada na máquina.

E aí, Paulo? E sobre a revolução?

A nova versão do Crel Draw X6 foi desenvolvida para rodar no atual Windows. Será que isto é revolucionário?

Já temos uma nova versão do Windows sendo preparada e ela busca ser rodada na “nuvem”. O Crome já utiliza muito do conceito de “nuvem”, A internet móvel e os dispositivos móveis estão entrando firme no mercado.

Lançar um programa para rodar numa máquina fixa e robusta é revolução? Não!

Sob o novo conceito, o futuro dos programas é rodar em dispositivos móveis. A maioria pensa que eles jamais poderão rodar programas pesados como o Corel Draw ou Photoshop.

Mas vamos analisar este mercado gráfico. O maior utilizador são aqueles que fazem animação em vídeo. Quando você faz um filme, você utiliza um desktop ou usa um computador de grande porte com terminais gráficos? Acertou que falou que são usados supercomputadores com seus terminais.

Corel Draw X6 na "nuvem"

Corel Draw X6 na “nuvem”

O que passa na tela são apenas bits gerados no supercomputador. O processamento fica todo por conta do computador central.

Com os recursos de internet atual e o conceito de “nuvem”, nada impede de você acessar o seu Corel Draw X7 no seu celular com uma canetinha para fazer aquela renderização demoradíssima e em segundos aparecer o resultado na sua tela.

Os próprios softwares vão analisar se você está fazendo uma utilização básica, direcionando o processamento para uma máquina simples na “nuvem” e quando precisar de recursos mais parrudos, automaticamente, transferir o seu trabalho para o supercomputador mais rápido do mundo para fazer a sua renderização em supervelocidade.

Este é o passo que falta na área gráfica.

Esta é a verdadeira revolução!

A tecnologia já está aí, basta utilizar!

O que falta para isto?

Parece que estamos esperando o movimento dos grandes players para tornar isto uma realidade. Microsoft e Google estão dando os primeiros passos.

A pergunta que vem é como cobrar pelo software?

Vai chegar o dia que você deixará de comprar softwares e passará a alugar os programas.

O ideal era pegar o valor hoje cobrado pelo software, dividir pelo tempo que você mantem a atualização e cobrar por dia utilizando. Fazendo as contas. O Corel Draw X6 custa R$ 1.400,00. Considerando que trocamos de versão a cada 2 anos ele vale R$ 700,00 por ano, ou seja, R$ 1,95 por dia utilizado. Se você usa pouco (digamos 5 vezes ao anos) teria que gastar R$ 10,00 ao ano e poderia usar o software original. Aqueles que tem uma utilização diária, continuariam pagando os mesmos R$ 700,00 anuais e teriam sempre a versão mais atual. Se todos fizerem as contas, todos saem na vantagem, exceto os piratas, que passariam a pagar o preço justo.

Seria necessário criar um sistema de cobrança baseado em um tipo de “Banco virtual mundial” onde você depositaria dinheiro para utilização dos softwares que necessitasse.

Muitos programas, ao custo de hoje, ficariam praticamente gratuitos, pois o preço de venda é baixo e a utilização é mmuito gande.

Seria o fim da pirataria! Pelo menos em tese!

:-D Quer aprender CorelDraw rapidinho? É só fazer este curso aqui (curso de corel). Depois você pode aprimorar mais no nosso blog!

Conclusão

O Corel Draw X6 é uma boa ferramenta e é muito bem vinda, afinal ele sustenta muito de nós.

Porém, temos uma revolução pronta a surgir e que acontecerá nos próximos 2 a 5 anos.

Esta versão ainda não é a revolucionária!

Aguardo ansiosamente a revolução!

E você, leitor, o que acha que vai acontecer nos próximos anos?

Deixe seu comentário com a sua visão de futuro.

Espero que tenha gostado do post.

Nos veremos na próxima postagem.

Curso de Photoshop
197 Flares Twitter 182 Facebook 14 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 1 197 Flares ×

181 comentários

  1. Muito bom Paulo! Realmente a nova versão do Corel não traz tantas diferenças se considerarmos o que a maioria dos usuários utiliza. Na verdade as unicas melhorias que observei foram em tempo de processamento, e o famoso CTRL+C, CTRL+V que sempre foi uma dor de cabeça agora está simplesmente “funcional”.
    O programa continua travando em algumas operações de texto, por exemplo, se o programa estiver salvando um arquivo enquanto ajusta texto à um caminho, ele simplesmente fecha, e você fica com a maior cara de bobo, ainda mais se não tiver salvo o trabalho (aconteceu comigo ontem). Alias, gostaria de lembrar que nunca mais vi aquele assistente que nos ajudava a recuperar os arquivo após uma instabilidade. Não sei se é por causa do windows, ou foi realmente retirada das versões mais recentes.
    Bem, este fim de semana vou descrever minha experiência com o programa, e mostrar que na verdade ele continua a mesma coisa, com apenas duas ou três ferramentas novas.

    • marcio

      Olá Liute Cristian tempos atrás tive um problema e consultei esse espaço e obtive através de voce a resposta quero aproveitar para te agradecer.
      Agora é o seguinte estou com outro problema e gostaria de saber se voce pode estar me ajudando novamente.
      Acontece o seguinte faço minha arte normal pelo corel x6 e quando mando imprimir a impressão sai menor do que o arquivo o que pode ser hein?
      Lembrando que não são todos os arquivos. Oque será que eu estou aprontando. Se puder me ajudar desde jáfico agradecido. Abraços, Márcio.

      • Márcio, você deve observar com calma as configurações da página do documento, muitas vezes estamos trabalhando com uma página menor e acabamos nos confundindo achando que é problema de impressão. Outra coisa é observar se sua impressora não possui a opção de redimensionamento automático (Ajustar a x% por exemplo).
        Dê uma olhada e se puder me dar mais detalhes tentarei ajudar.
        Um abraço!

        • marcio

          Olá Luiti
          Márcio novamente.
          A respeito da página o tamanho esta certo. Na impressora não possui esta opção.
          Mas notei que no momento da impressão é diminuido espaços entre uma digitação e outra.
          Por exemplo se eu digitar um cabeçalho e der um espaço em branco e depois digitar um rodapé este espaço entre o cabeçalho e o rodapé é diminuido.
          Agradecido e no aguardo.
          Abraços.

  2. CAco

    Corel Pau, o programinha ruim da porra, trabalho com design a 18 anos e se tem um programa pra dar dor de cabeça é o tal de corel, uso abobe a anos e tenho nojo do tal corel.

    • cardqual
      Author

      Também trabalho com ele a anos. Já tive muito problema com arquivos mandados do adobe. Tem a tribo do Corel e a do Adobe… se não houvesse estavam os dois fora do mercado. Sempre achei o adobe bem ruinzinho rodando no windows… no Mac acho que roda redondinho. O contrário ocorre com o Corel, roda melhor com o windows. Deve ser por isso que a maioria das gráficas usa o Corel.
      O Photoshop é imbatível, mas é bitmap e tem algumas restrições (principalmente de memória das máquinas que abrem).
      Tem programas para todos os gostos.

      E da nova abordagem de rodar programas. Pode ler Adobe no texto. Acha que pega? TEm futuro ou vamos continuar no tempo das cavernas?

  3. Kelly

    Boa tarde…..

    eu instalei o x6 e está dando um conflito na hora da impressão em impressora HP LASER JET

    o que é para sair pretinho está saindo reticulado…

    alguém pode me ajudar, para saber se é algo que tenho que mudar na hora da impressão sei lá..

    fico no aguardo

    grata

    • Oi Kelly, existem diversos motivos possíveis para o problema que você apresentou. Mas citá-los para que você possa ir executando em seu computador.

      1. Configuração de cores do CorelDRAW.
      Assim como na versão x5 o CorelDRAW tem um mecanismo diferente das outras versões para se trabalhar com as cores. Ele vem pré configurado para interpretar o preto como cor composta do CMYK o que pode estar gerando o problema na impressão com sua impressora a laser. Então faça o seguinte.
      a) Abra um arquivo em branco no corelDRAW e acesse Ferramentas> Gerenciamento de Cores> Configurações padrão.
      b) Na janela que se abrir, basta marcar na parte de baixo a caixinha referente a opção “Preservar preto puro”. Feito isto tente executar uma impressão de preto. Desenhando um retângulo pequeno e preenchendo-o com preto. Imprima e veja se a impressão está normal.

      Se estiver tudo certo, você conseguirá imprimir sem problemas.

      2. Se a ação acima não der certo, prossiga também com o seguinte procedimento:
      a) Abra o arquivo que apresenta o erro na impressão.
      b) pressione CTRL+P e se abrirá a janela de impressão.
      c) Se sua impressora é Postscript, deve apresentar uma aba com este mesmo nome na janela de impressão. Selecione-a.
      d) Verifique se a “compatibilidade” está com nível 2 ou 3, se não estiver selecione a de nível 2.
      c) clique na aba composição, e verifique o item “frequência de tela” se es tá definido como “Padrão”.
      d) imprima o documento e veja se está normal.

      Você pode tentar mudar a frequência de tela para que a impressora coloque mais pontos dentro de uma área na sua impressão, isto pode minimizar, se não resolver o efeito de retículas.

      Acredito que o primeiro procedimento resolva o seu problema.

      Se ele persistir, me avise, postando novo comentário ou visitando meu site.

      Abraços.

      • cardqual
        Author

        Nada como pedir ajuda para um especialista.
        Liute, sabia que você iria me ajudar nesta dúvida.
        Valeu por ajudar nossa leitora.

      • Otávio

        Estou com o mesmo problema.. minha impressão com tinta sublimatica sai toda listrada onde era pra ser preto.. quando o preto é feito no corel, tranquilo.. mas quando é preto de alguma imagem importada e editada no programa, sai tudo listrado.. alguma ideia? já testei estes procedimentos e não funcionou nada..

      • Kelvin

        Liute, vi que voce entende bem do assunto, e queria saber se pode me ajudar…
        Quando estou com uma imagem em RGB, que nela existe muita parte em preto, na hora de converter para CMYK onde está preto, fica um quadriculado preto, e na impressão fica muito feio pois a impressora só joga preto naquele local…
        se dou o zoom, percebo que é na imagem mesmo, na hora de converter, e não na impressora,
        ve se vc me da um help nisso ai
        fico aguardando
        vlw
        abraço

        • Kelvin, provavelmente seu programa está configurado para tratar preto como composto. Tente o seguinte:
          1. Acesse o menu Ferramentas> Gerenciamento de cores> Configurações padrão.
          Dento da janela, procure na parte de baixo pela opção “Preservar preto puro”, isso fará com que o preto CMYK seja feito apenas com a tinta preta pura, sem misturar as demais cores.

          Tente e me diga o resultado.
          Um abraço!

  4. CASACURTA

    Olá! Uso o Corel há séculos e o único problema real que tenho são com arquivos que contem milhares de “Estilos de Cor”. Resolvi instalando um Corel X3 (único que aceita “patch draw”) para “limpar” os arquivos e trabalhar redondinho no X5. Minha pergunta é: O X6 veio com A opção “ANIQUILAR ESTILOS DE COR”?

    • Olá Casacurta, se você se refere a estilos de cor aplicados a objetos, a versão X6 do Corel trouxe e possibilidade de trabalhar diretamente com estilos de cor, é possível acessar uma janela de encaixe que gerencia todos os estilos de cores utilizados no documento, então acredito que ele pode limpar qualquer estilo de cor de um arquivo. Não posso lhe dar um passo-a-passo pois desinstalei o X6 de minha máquina. Ele ainda está muito instável e ainda não é o momento de utilizá-lo.

      Pra quem ainda não sabe o que é estilo de cor: É uma ferramenta muito útil que deixa o trabalho muito mais versátil e prático, com os estilos de cor você tem controle sobre as cores utilizadas em seus desenhos, assim, por exemplo, você usou uma ilustração e espalhou diversas cópias por todo seu material em que se tem a cor azul, você precisa alterar este azul para vermelho. Basta alterar o estilo de cor usado naqueles objetos que todos sofrem a alteração automaticamente. Este recursos é muito utilizado em programas de animação como o Toon boom animate por exemplo, também é utilizado por programas de edição de texto como o Word.

      Espero ter ajudado. Abraços.

  5. Olá Paulo,

    Muito boa sua contextualização sobre o lançamento do Corel Draw X6, eu tenho em meu computador o Corel Draw X5 Original, e recebi assim que lançou o X6 a opção de atualização e compra mais em conta para o X6 baixei e analisei, testando, conclui que ainda não necessitaria baixa-lo.
    Pois ainda estou aprendendo o CD.X5 rsrs.

    Abraços, Elias Quintão

    • cardqual
      Author

      Eu também não instalei não. O Liute, que estará escrevendo conosco em breve e já é bem ativo, me socorrendo nos comentários, fez uma excelente descrição do programa e está destrinchando o mesmo.
      Eu prefiro sempre esperar um pouco a versão estabilizar antes de instalar na minha máquina principal.
      Mas tenho visto o progresso da tecnologia como um todo e em vez de repetir o que todos fazem, preferi viajar um pouco pelo futuro breve. Pior que tem muita chance disto acontecer de fato. Quem acompanhou muitas mudanças pode ratificar o que estou dizendo. É mais rápido do que podemos imaginar e tão suave a transição que mal notamos os avanços gigantescos.
      Continue ligado em nosso blog.
      Obrigado pela visita.

  6. matheus

    Porcaria de programa trabalho com sublimaçao e nescessito muito do corel e nas horas q mais preciso me deixa na mao comprei uma mega pc com placa de video 1 gb processador i7 o q existe de melhor no mercado e a culpa é toda do corel pelas perdas por erro run+++ ou out memory é increditavel a quantia de arquivos q travam no momento q eu copio ou salva um arquiva corel x5 nao vale nada talvez o x6 seja melhor mas nao tenho muita fé nao

    • cardqual
      Author

      Matheus,
      Aqui ele roda redondo. E minha máquina nem é tanto parruda. Repense um pouco que pode ter mais coisa com problema na sua configuração. Pode ser o windows ou mesmo estes programas que ficamos colocando por aí.
      Pense também em simplificar os arquivos evitando arquivos monstruosos.
      Era comum me mandarem arquivos com 30Mb de tamanho e depois que eu mexia um pouco ele caia para menos de 1MB. Assim que mexer nas fotos e deixar do tamanho que te interessa, converte ela para bitmap 300 dpi já do tamanho final… isto reduz o tamanho do arquivo e evita travamentos.
      Valeu por ter repartido sua experiencia conosco… vamos ver aqui a opinião dos demais leitores,
      Abraços,

  7. Matheus A. Machado

    Olá Paulo, obrigado pelo post, a sua idéia do “aluguel” do softers é muito boa, eu não tinha pensado nisso antes hehehe.

    Bem a respeito de algumas dúvidas sobre estilos, seja de cor, visualização ou estilos gráficos, eu posto abaixo um texto que eu postei em um blog anteriormente, espero que seja de grande valia.

    Sobre limpeza de estilos o que faço muito e funciona, é exportar o arquivo em CMX, depois importar em um arquivo novo do corel.

    Mas antes de tudo verifique se o seu programa não tem esses estilos já como padrão: Abra um arquivo novo e abra a guia Gerenciador de Visualização (ctrl+F2), Guia de Gráficos e Textos (ctrl+F5) e Estilos de Cores(Menu ferramentas/estilo de cores), caso você tenha muitos estilos (até as vezes o corel trava quando abre os estilos de cores), é necessário limpar tudo ou achar um arquivo vazio do corel sem esses estilos, abrir e setar esse arquivo como configuração padrão do corel (Ferramentas/Salvar configurações como padrão).

    Já vi muitos arquivos que são “infectados” já na hora de abrir um novo arquivo por esse motivo, então por mais que você limpe os arquivos finalizados sempre terá esse trabalho se não limpar “na fonte”. No corel X5 há a possibilidade de você selecionar mais de um estilo e apagar.

    Uma ação de prevenção que uso é: Abrir o arquivo CDR antes de importar, pois assim você verifica se ele está entulhado com estilos (novamente: ctrl+F2, crtl+F5 e estilos de cor no menu ferramentas, este último somente em caso de tirar a dúvida final mesmo, pois ele trava o corel as vezes).

    Bem.. é isso!

    Abração

    • Taí, Matheus.
      Não sei se dei sorte ou estava fazendo algo que não foi citado.
      Nunca tive grandes problemas com as cores. Eu recebia muitos arquivos, vários deles com cores pantones ou rgb. Eu sempre fui convertendo eles passeando pelo gerenciador de objetos. Mas fazia tanto isto que era tão rápido que nem me parecia problema.
      Travar por causa de cor nunca aconteceu… já tive arquivos monstros com imagens enormes, mas como eu sempre tive muita memória, eu identificava o monstro, convertia para um bitmap menor (compativel com a impressão) e depois de limpo marcava tudo, copiava e colava em outro arquivo. Ficava bem leve e não dava problema na impressão.
      Vou deixar o Liute comentar o seu processo.
      Abraços,

    • Paulo, acho que esta resposta fala muito bem sobre a dúvida do nosso amigo Casacurta logo acima. Eu particularmente nunca trabalhei com estilos de cor no CorelDRAW, acredito que por nunca ter havido necessidade. Acontece que sou designer, e trabalho dentro de uma gráfica, então é muito difícil recebermos arquivos externos, tudo o que imprimimos nós mesmos criamos. Nunca cheguei a precisar mudar a cor de diversos itens relacionados em estilos de cor.

      Como comentei em outras postagens, a parte de offset eu sou apenas um observador, trabalho com impressão digital, quando um cliente me entrega um arquivo em RGB, nós sentamos, tenho uma árdua conversa com ele explicando que o “profissional” que preparou o material dele me enviou um arquivo que terá diferenças na impressão. Então mostro primeiramente em tela, com a ativação das provas de cores do Corel a diferença entre o que ele vê e o que será impresso, quando preciso imprimir, habilito a saída para CMYK (Detalhe, temos também uma impressora RGB mas o cliente prefere laser a jato de tinta), habilito na janela de impressão as configurações necessárias que podem variar de equipamento para equipamento, e finalizamos o material.

      Não vejo necessidade de se converter um espaço de cores RGB para CMYK manualmente se isto pode ser feito pelo gerenciamento de cores no momento da impressão, as cores de prova podem ser ativadas para visualização correta das cores no momento da edição do arquivo, tudo o que tem que se fazer é manter um gerenciamento de cores, e selecionar o perfil correto para conversão dos modos de cores RGB e CMYK.

  8. Boas observações. Realmente as núvens são o futuro da computação, sendo que aqui no Brasil as bandas largas ainda estão muito estreitas e congestionadas. Para trabalhar com uma aplicação como o Corel ou o Photo Shop será preciso rever o conseito de BANDA LARGA por aqui.

    Quanto a revolução, acredito que a versão X6 já seja parte desta revcoloção que virá por aí.

    Nesta versão só consegui travar ele tentando abrir um vetor do CD do Corel 4 que tenho guardado a sete chaves, mas seria querer demais que ele abrisse todos os arquivos desta versão tão antiga. Mesmo assim ele se saiu muito bem em centenas de testes a qual submeti este nobre aplicativo.

    Parabéns pelo espaço democrático e criativo.

    • Obrigado e bem vindo… este espaço é nosso!
      Quanto a banda larga… pode chegar atrasado, mas acaba vindo. Não tem jeito é isso ou passar vergonha no mundo todo!
      Para mim o X6 ainda não chegou lá… Acho bom eles abrirem os olhos… Vai que alguém lê este artigo e tem “bala na agulha” para investir na idéia… se chegar lá antes deixa o lider para trás… aí então ninguém segura.
      Mais uma coisa… pode parecer que ocupa muita máquina, mas mostrar apenas o vídeo e o processamento ser todo no servidor, não gasta quase banda nenhuma… você já usou o logmein ou uma acesso remoto numa janela do windows… eu uso frequentemente e a velocidade da net afeta muito pouco o desempenho. O linux já tem ferramentas para trabalhar em máquinas virtuais e compartilhadas. O Chrome tem tudo para rodar nas nuvens… as ferramentas estão todas aí… é só juntar.

  9. Zepedro

    Olá pessoal, sou novo por aqui e vejo que a moçada entende mesmo. Trabalho com Corel desde a versão 3, (não é X3, é 3 mesmo) qdo havia 14 disquetes para instalação…e qdo dava pau no último …bem, lá se vão mais de 20 anos. As versões 9 e 11, a meu ver “eram” as mais estáveis. Após instalar o X6, quanta alegria. Roda redondinho e nunca travou, ao contrário do X5 que quase me levou ao cardiologista. Até agora, tudo bem, roda leve e limpo. Uso tb o Illustrator como complemento de alguns trabalhos. Abraço a todos.

      • Junior

        Paulo Valle boa noite;

        Meu caro estou desesperado, espero que possa ma da uma luz, ou algum membro do fórum. A dias estou tentando solucionar um problema na minha impressora HP 7500a formato a4 e a3, ao tentar imprimir uma arte em formato a4 a partir do corel X5 a impressão sai do tamanho de A3 mesmo não sendo esta a minha escolha e mesmo não tento papel A3 na bandeja, o seja a arte fica cortada, tentei todas as configurações do programa e da impressora e nada. Liguei no suporte da HP me disseram que nunca haviam visto isto que poderia ser um problema do X5. Atualizei o drive da impressora, instalei a nova versão do corel a X6 o problema continua. Ao fazer um teste com um circulo de um cm no corel sai impresso no papel 2cm. Será que estou sendo vitima da Hp me forçando a me cadastrar no site deles? Me parece que em todo mundo sou eu e mais alguns hermanos que estão tendo o mesmo problema, achei isto no próprio site da HP http://h30467.www3.hp.com/t5/Impresi%C3%B3n-escaneo-fax-y-copia/problema-con-impresion-corel-x5-y-hp-7500/td-p/113903 , no suporte o atendente me disse que se esta imprimindo corretamente no Word a impressora esta normal, fiquei indignado porque comprei a mesma para fazer alguns trabalhos gráficos da loja, panfletos, encartes etc e não textos do word, investi quase 1.700,00 reais para o cara me dizer que a impressora não é apropriada para gráfico e sim para textos. Ou seja contradizendo o próprio folheto do produto http://download.aldo.com.br/pdfprodutos/Produto18457IdArquivo784.pdf. O mesmo problema percebi no programa da receita federal ao imprimir notas fiscais de venda de produto, eu estou tento que primeiro imprimi-la em pdf para depois imprimir normal.

        Grato

        • Paulo Valle
          Author

          Antes de mais nada, não se desespere.
          Vamos isolar o problema: Use o word com uma página A4 e teste a impressora. Se a impressão sair perfeita o problema não é com a impressora e sim com as configurações do Corel Draw. Se der problema, iremos procurar a solução no driver da impressora.
          Tanto do driver da impressora quanto as opções de impressão do CorelDraw tem duas opções que devem ser observadas: A primeira é o tamanho da folha (veja se está por padrão em A4), a segunda coisa a observar é que há a opção ajustar ao documento, ou seja, se estiver definida em A3, mesmo que seja uma folha A4 ela vai “puxar” o tamanho para o A3.
          Você pode estar ainda se confundindo com o tamanho da página do Corel e ter definido o tamanho A3 como padrão… aí qualquer desenho feito nesta folha, ao ser impressa numa folha A4 sai cortada.
          Não sei o nível de experiência que você tem com estes programas e equipamentos, mas lembre-se de separar os problemas em partes. Veja com outro programa se acontece o mesmo problema e depois de resolvido onde é o problema, procure somente na origem do problema (impressora ou corel) a opção que está marcada como padrão e que está causando o problema. Alguém que não sabe usar o programa poe ter mexido nele e configurado com erro. Tenho aqui em casa um careta de 6 anos que é mestre nisso… quem sabe você não tem um aí também?
          Quanto a HP! Eu já tive um problema na impressora deles que era “programada” para dar problema (sumiam as figuras na impressão) para forçar uma atualização. Na época a internet era lenta e o programa era muito grande. Minha solução foi reinstalar a impressora em outro idioma. Usei espanhol, inglês, francês, até húngaro.
          Como eu fazia umas 300 impressões por dia (eu fazia muitos convites) dava menos de 15 dias e voltava o problema. Quem sabe essa solução não funciona com você! Se bem que hoje é fácil fazer uma atualização de software.
          Pelo que você citou tem muita chance do problema estar nas preferencias da impressora. O Word costuma se sobrepor a impressora, o programa da receita deixa totalmente ao controle da impressora e no Corel os dois meio que brigam pelo comando.
          Procura nas configurações da impressora se ela não está marcada para ajustar o documento para A3.
          Depois fala aqui o que aconteceu.

        • Oi Junior, vou apenas transcrever as palavras do Paulo de uma maneira mais específica. Vamos averiguar algumas configurações uma a uma para identificarmos o problema.
          Não acredito que isto seja um problema tão grave ou que desabone a qualidade da impressora, isto me parece muito apenas um problema de configuração. Então vamos lá.

          1. Precisamos identificar as “Preferências de impressão” do seu equipamento, que é justamente o padrão de configuração que ela segue em todos os trabalhos. Para isso acesse: Menú iniciar> Painel de controle> Impressoras e aparelhos de fax (Windows XP) ou Iniciar> Dispositivos e impressoras (Windows 7/Vista).

          Ali você deverá ver sua impressora, então clique com o botão direito sobre ela e em seguida sobre “Preferências de impressão. A janela que abrir é a mesma de “Propriedades” acessada no momento da impressão. Procure nesta janela qualquer referência ao tamanho do papel ou redimensionamento. Se os painéis estiverem em português será mais fácil de encontrar.

          A janela pode também apresentar algumas abas na parte superior, va lendo cada comando e procurando algo referente a dimensionamento, enquadrar ou ajuste automático de escala.
          Observe também o tamanho do papel padrão, se tiver diferente de A4 pode ser este o problema, mas continue procurando e conhecendo todos os comandos disponíveis nesta janela.

          Caso encontre algo relacionado a zoom ou escala selecione a opção correta, geralmente devemos definir com percentual 100% mas isto vai depender muito da sua impressora. Caso tenha dificuldades, me envie um e-mail para contato@clubedodesign.com com um print da tela de preferências da impressora pra que eu possa lhe ajudar. Se tiver mais de uma guia de configuração me mande todas.

          2. O Segundo passo é identificar as preferências do CorelDRAW, se estiver com as configurações padrão o problema não deveria ocorrer, mas você pode identificar se há algo errado da seguinte forma.

          Abra qualquer desenho que esteja saindo cortado na sua impressão e pressione CTRL+P para abrir a janela de impressão (Estou supondo que já destes uma olhada nas preferências de impressão que mencionei no passo 1)

          Na janela de impressão, certifique-se de que o papel na impressora está definido como A4 e que a orientação está correta. Na janela de impressão clique em “Visualização de impressão” e veja se está tudo certo na visualização. Na área de visualização deve haver uma opção na segunda barra na parte superior, é uma caixa de combinação onde é possível escolher opção de “posição da imagem na página”. A opção selecionada dever ser “Como no documento”. Se estiver tudo ok pode imprimir e ver o resultado.

          Se nada disso der certo, não se desespere, vamos resolver o problema pra você. Me envie o e-mail com as imagens da tela de configuração para que eu possa dar uma olhada, me adicione no msn: liutejma@hotmail.com e vamos conversar sobre o problema.

          Um grande abraço amigo! aguardo seu contato.

  10. Junior

    Boa noite meus caros colegas, muito obrigado por responderem tão rápido ainda mais abrindo mão do descanso do domingo para me ajudar. Então vou tentar responder para ambos os colega ao mesmo tempo, caso eu deixe passar alguma coisa, complemento em na continuação deste post. Paulo desde o inicio do problema tenho feito como vc disse, isolando o problema por partes, eu já trabalho com corel a uns 13 anos, não sou um expert no assunto mais consigo dar meus pulos,rsrs hoje em dia já não faço tantas artes gráficas impressas como antes; sou técnico em informática e tenho uma lojinha, já resolvi muitos problemas com impressora mais este esta me deixando cabreiro. O meu careta tem 5 aninho e deixo ele longe dos meus computadores,rsrs senão já viu!

    Então na minha rede são 5 computadores, todos com Windows 7, minhas primeiras tentativas de impressão pelo core foi na semana passada e deu o mesmo problema em todos os computadores que tem corel, até então tanto o corel como a impressora estavam com as suas configurações padrões e na tentativa de sanar o problema já fiz vários testes, mexi em todas as configurações e nada, alguns passado pelo suporte da HP.

    Caro Liute Cristian, segui a risca suas dicas tanto nas Preferências de Impressão como na configuração de impressão do programa que por sua vez esta “Como no documento”, papel definido como a4 e o problema continuou, então resolvi fazer outro teste até no momento eu nunca havia imprimido uma folha A3 nela, nem por engano porque esta impressora tem um sensor de tamanho do papel, ou seja, ela não imprimi A3 se na impressora tiver papel a4 vise e versa. Isto me deixo mais grilado ainda, no meu teste eu criei um novo documento no corel no tamanho A3 fiz um quadrado em toda a sua extensão do documento, configurei a impressora e coloquei papel A3.

    Para minha surpresa imprimiu o quadrado pela metade ou seja, como se o quadrado tivesse o tamanho H2, o corel ou a impressora simplesmente dobra o tamanho de qualquer gráfico impresso, mesmo que se na visualização da impressão esteja mostrado a impressão normal. Há detalhe, se imprimo pelo corel em outra impressora o A4 sai normal! E agora será que não devo me desespera?rsrs A impressora tem menos de um mês de uso.

    Grato

    • Paulo Valle
      Author

      E agora Liute?

      Alguns chutes!
      Tenho algumas impressoras HP instaladas aqui no micro. Vê se coincide com a sua.
      Propriedades > avançado > impressão de cartazes (deve estar em desativado) – se não tiver vai dar o resultado que você falou.
      outra impressora:
      propriedade > efeitos > % do tamanho normal (resultado idêntico a anterior)

      No corel X5:
      imprimir > aba layout – tem um monte de configuração que pode ampliar a imagem

      Estes são os meus chutes.

      Tem cara de configuração do tipo que meu pentelhinho gosta de praticar aqui no micro.

      Tem como mandar por email os prints das configurações do corel e da impressora para mim e pro Liute darmos uma olhada?
      blog@cardquali.com e liutejma@hotmail.com

    • Junior, me adiciona ao msn: liutejma@hotmail.com.
      Vamos marcar um dia pra sentarmos e darmos uma olhada na sua máquina pelo teamviwer, assim posso “entrar” no seu computador a distância pra dar uma olhada.
      Já tentastes verificar na configurações diretas da impressora? No dispositivo mesmo, se sua impressora tiver um visor ou botões de controle, pode acontecer de alguma configuração diretamente nela estar interferindo. Eu tenho aqui diversas Konicas Minolta que só imprimem se estiver tudo certo tanto no programa quanto no equipamento, bem como você mencionou ali em cima.

      Então aguardo seu contato pelo msn, dá pra gente sentar uma meia horinha a noite ou no fim de semana e dar uma espiada.
      Aguardo, grande abraço!

  11. Junior

    Boa tarde pessoal, Paulo vou prepara das telas aqui e a te enviou ainda hoje por e-mail, Muito obrigado por sua atenção. Liute ja te adicionei no msn, assim que tiver um tempinho estou lá. grato

    • Só pra constar aos leitores do Cardquali que o problema do Junior foi resolvido, tivemos uma seção remota pelo teamviewer e consegui apenas mudando uma configuração de zoom na interface de rede da impressora. O zoom tinha uma configuração para definir automaticamente o nível de zoom ideal para cada página, o que aparentemente estava dando conflito com alguns programas, então digitei o IP da impressora dele pra ter acesso ao painel de controle da impressora, e modifiquei na categoria Cópias a configuração de “Automático” para “Manual” com valor de 100%.

      Abraços a todos!

  12. tenho tido muita dor de cabeça com os travamentos constantes do Corel x6 tenho ate pensado em voltar a utilizar verções anteriores e mais estaveis como o x4 mais devidos a recentes atualizações de windows na empresa principalmente para verções 64bits do OS nao tenho sucesso nas istalação… a venho a vocês e pergunto oq seria melhor fazer?

    • Paulo Valle
      Author

      Aí eu pergunto? Será que o travamento é realmente devido ao Corel X6 ou será algum outro problema com o Windows.
      O Windows tem o péssimo hábito de, passado algum tempo, começar a travar e ficar lento.
      Ele faz isso porque assim é mais fácil vender uma atualização de software, pois basta culpar o nosso excesso de uso.
      Prova disso que se pegar uma nova HD zerada e reinstalar os mesmos programas que você vinha usando, ele roda redondinho, pois o sistema “acha” que é uma versão recem lançada.
      O truque deles é ir “sujando” a hd com os temporários para dificultar o acesso e provocar lentidão e quedas no sistema.
      Agora, porque o culpado acaba sendo o Corel? Bem, quantas horas por dia você fica com o Corel aberto e quanto fica com os demais programas. O Gráfico fica mais com o Corel, com certeza.
      Daí estourar o problema no coitado do Corel!

      Provas!!! É difícil… tem apenas a fé e desconfiança.

      Abraços a todos,

      • Paulo, às vezes acho que você acredita em uma “teoria de conspirações de softwares” rsrsrsr. Não é de propósito, os softwares acumulam temporários por conta de muitas intalações, desintalações, apaga, cria, copia, move, isto é natural do hardware/software. Basta limpar os registros, eliminar principalmente as cópias de sombra e restauração de sistema que os itens que mais pesam dentro do seu HD, outra coisa que é importante lembrar, poucos programas usam o HD como disco de trabalho, como o photoshop por exemplo, então seu computador poderá ficar lento apenas se estiver próximo de cheio, ou se seu windows não está fazendo a desfragmentação de discos automaticamente.

        Resumindo, não tem porque acreditar que seja “sujeira do Windows”, o que acontece é uma bela falta de manutenção preventiva. Meu computador por exemplo, tem windows há mais de 3 anos (windows 7) e não há quem encontre uma problema nele, a fórmula é justamente a manutenção preventiva, atualizações importantes sempre instaladas, limpeza de registro todo mês, limpeza de disco a cada mês também, desfragmentação de disco automática, e remoção completa de arquivos quando desintalo um programa usando o REVO Unistaler pro.

        Se tomar cuidado, não tem como o PC travar, a não ser pelas suas próprias limitações de processamento e de hardware. No caso de computadores corporativos, é uma droga depender de terceiros pra fazer manutenção, sem falar que computadores corporativos dificilmente recebem a manutenção preventiva necessária, fiam ali funcionando e só são revisados quando param de funcionar.

        Deixa de paranóia Paulo! uhasuhuahsusa

        • Paulo Valle
          Author

          Liute,
          Já sumiu apenas as figuras na sua impressão na HP? E milagrosamente elas reapareceram ao instalar o driver em outro idioma? Coincidência? 1 mes depois volta acontecer com a mesma impressora… driver português, inglês, espanhol, frances, alemão, e sei lá mais que linguas coloquei no maldito driver… ele só funcionava umas 5000 impressões e dava pau.
          Na impressora Epson tinha o maldito chip que permitia 100 impressões quando a impressora era nova e só 30 quando ia ficando velha!!!
          Os caras já me deram motivo pra pensar muita coisa.
          A manutenção corretiva resolve muita coisa, mas que eles fabricam para dar pau, fabricam. Rsrsrs
          Abraços,

  13. Graça Oliveira

    Oi gente, bom dia. Tenho uma pequena noção do corel. Quero fazer um curso virtual de papelaria personalizada para fazer lembrancinhas para festa em scrap. Esse curso é ensinado a fazer estampas (listras, xadrez, poás), escalopes e utiliza o corel x5. A minha pergunta é se tem alguma diferença entre os programas. O próprio responsável pelo curso não soube dizer se havia diferença.
    Abraços,
    Graça Oliveira

    • Paulo Valle
      Author

      Graça,
      As diferenças entre as versões do corel existem, mas não chegam a comprometer o seu resultado.
      No corel x5 pode ser que se use um ou outro comando que não existe no corel 12, mas tem como fazer de outras formas.
      A diferença entre as interfaces é mínima.

  14. Graça Oliveira

    Oi, eu de novo. Ficou faltando uma informação. Eu tenho instalado o corel 12 e então a dúvida é essa: se tem diferença entre o corel 12 e o x5.
    Graça

    • Paulo Valle
      Author

      complementando… tem as versões 12, x3, x4, x5 e x6… da 12 para a x5 pode ter alguma mudança mais significativa… mas de uma versao para outra são mudanças sutis, a maioria no tempo de execução dos comandos.
      Acho que você não vai sentir muita diferennça.

  15. jonathan

    Boa tarde sempre usei impressão mesclada desde o corel x3 e nunca tive problema nenhum para numerar blocos recibos comandas etc. agora com o corel x6 não consigo usar ex: tenho uma comanda para numerar ”5.000” números 001 á 5000 faço tudo certinho e na hora de executar impressão mesclada da o seguinte erro ( out of memory )

    • O que me parece é justamente isso, falta de RAM para armazenar o processamento inteiro. Faça assim, ao invés de enviar a impressão mesclada diretamente para impressão, tente a opção “mesclar a novo documento”, em seguida prossiga com a impressão no novo documento criado. Isto resolve o meu problema quando o arquivo é pesado demais.

  16. jonathan

    Opa seguinte o arquivo é MUITO LEVE e um quadrado com meia duzia de texto!
    e eu numerava o mesmo arquivo só que ao invez de 5000 números eu usava 10.000 ou seja o DOBRO no corel x4 e o mesmo no corel x5 agora mudei pro x6 e da esse erro então acho que RAM n poderia ser porque teria que dar o mesmo erro nas demais versões . porque eu to usando a mesma maquina ”PC” e mesma Impressora
    tentei fazer como vc indicou LIUTE mas não deu. travo tudo deu erro …. :(
    se eu mando de mil em mil dai vai mas eu tenho que numerar mil fechar o corel abrir o arquivo outra vez e programar mais mil.
    porque se eu mando mil e deixo o arquivo aberto e so mesclo de novo com outra numeração ele da erro tambem :(

  17. Pingback: Grandes blogs – Design.blog

  18. Renan

    Bom dia, pessoal.
    Como vocês entendem muito mais que eu, gostaria do esclarecimento de dúvidas com alguns problemas que venho enfrentando com o X6.
    Eu trabalho em uma loja de informática e recentemente vendi 2 licenças do Corel X6 para uma empresa, os sistema nos quais foram instalado, estão limpo, foram formatados, instalados os programas padrões, todas atualizações do Windows XP e Win. 7, Photoshop CS6, Cad2012 e por último o Corel X6.
    Em uma dessas máquinas, o usuário usa dois sistema, Windows XP SP 3 32bits e Windows 7 Ultimate 64bits, porém ele trabalha mais com o XP, no XP quando ele começa a trabalhar, em pouco tempo a memória do processo do Corel chega à 1.5Gb (total de todos processos 1.9Gb) de uso e acusa o erro “Out of Memory”, trava todo o Corel e ele perde o trabalho feito. No Windows 7 acontece quase o mesmo problema, com pouco tempo de uso a memória chega rapidamente á 3.1Gb e trava o programa.
    Eu já tentei de tudo e nada resolve, até cogitei a possibilidade de voltar para a versão X5, mas acredito que não resolva, alguém poderia me dizer oque pode estar ocasionando isso, se é o modo como ele usa ou alguma coisa de errado no sistema?
    Outra dúvida, o Corel X6 assim como o Photoshop CS6 trabalha com GPGPU? Ou ele não tem aceleração pela placa de vídeo?
    Obrigado desde já.

    • Oi Renam, qual a configuração dos computadores? Pelo que estou vendo o problema é muito mais do que apenas hardware e software, isso acontece por vezes aqui comigo quando tento renderizar vídeos em meu computador. Porém no meu caso o problema é justamente por usar memórias com taxas de transferências diferentes.
      Quanto ao GPGPU não entendi direito sua colocação, se houver uma placa de vídeo dedicada o processo de utilização deste recurso é totalmente dedicado e utiliza o processamento desta placa, já que a GPGPU usa o GPU de processamento de vídeo on ou off para processar outros recursos além do vídeo.

      Mas focando no problema, isto acontece em todos os computadores ou somente em um? Qual a quantidade de memória disponível neste computador?

      • Renan

        Obrigado pela resposta Liute.
        As máquinas em questão são: i3 2100/4Gb DDR3 1333Mhz (pente único)/ HD 500 GB/GeForce GTX 560.
        Então, era exatamente isso que eu queria saber, se as versões X5 e X6 utilizando o processamento gráfico da GPU dedicada para agilizar o processo, assim como o produtos do CS6 utilizam.
        Na verdade só acontece no Windows XP, que é apenas uma máquina que utiliza esse sistema, nessa mesma máquina, o processo do Corel X6 rapidamente sobe para os 3GB no Windows 7, mas não trava (eu havia me confundido anteriormente e disse que tavava no 7, mas não), porém meu cliente insiste em utilizar o Windows XP para trabalhar por causa dos thumbnail dos arquivos Cad que não funcionam no Win 7.
        Na hora do almoço eu acabei instalado o Corel X5 e X3 pirata para testar no Windows XP, engraçado que neles o mesmo arquivo e vários outros não travaram, passou da quantidade de memória utilizada pelo X6 que antes dava erro, e está funcionando até o momento sem o cliente reclamar, a não ser pela reclamação de que o X5 é um pouco mais lento. Se brincar terei que trocar uma das licenças pelo X5.
        Depois de tudo isso, o que você acha que possa estar causando este problema apenas com o Corel X6 no XP? Muito estranho isso.
        Obrigado e até logo.

        • Bem Renan, acho que seria uma excelente idéia apresentar para o seu cliente navegadores de arquivos diferentes do windows explorer, o Adobe Bridge por exemplo é excelente e já acompanha os programas da Adobe. Com ele você visualiza dezenas de formatos de arquivos, inclusive os do CorelDRAW, AI, EPS, que dificilmente são reconhecidos pelo windows como miniaturas. Sem contar que são muito mais versáteis e permitem interagir com os programas, devem existir alguns visualizadores de CAD disponíveis na web. Mas sei como é difícil sair de velhos hábitos, rsrsr, eu por exemplo, não me acostumei em navegar pelo explorer sem as miniaturas dos arquivos do Corel, tive que remover o X5 para sanar o problema.
          Quanto ao problema com o programa, o windows XP deixou de receber atualizações há um bom tempo, inclusive creio que já venceu o prazo máximo de atualizações para ele no windows update. O CorelDRAW foi redesenhado para oferecer suporte a processadores multi-core, inclusive com aprimoramento ao gerenciamento de memória, coisa que realmente pode estar causando tau conflito no windows XP. Sem contar que computadores com mais de 3HG de RAM tem seu desempenho limitado justamente pelas próprias limitações do Windows XP. O que estou tentando lhe dizer é, pegar um carro de corrida, colocar dois motores superpotentes e colocar uma velinha pra dirigir vai trazer sérios problemas. E a velinha é o Windows XP, que embora tenha se mantido como um sistema operacional estável e leve durante muito tempo, agora está ultrapassado e não acompanha as novas tecnologias há muito tempo. Portanto, com base nisso, acredito que o problema seja realmente uma falha de comunicação por conta do gerenciamento de memória, sistemas com base em 32bits não tem capacidade de reconhecer acima de 3GB de RAM e muito menos gerenciá-lo, você 4GB, um processador com clock e taxas de processamento muito altas, uma placa de vídeo dedicada, isto requer um sistema operacional moderno, de 64bits e capacidade para gerenciar com perfeição todos os recursos de hardware e software atualmente disponíveis (CorelDRAW e Photoshop mais recentes).
          Se seu cliente insiste em usar Windows XP, não precisava ter comprado um computador tão bom, pois jamais aproveitará todos os seus recursos, e se ele prefere abrir mão das novas atualizações dos softwares por isso, será um preço que terá que pagar.
          Tente convencê-lo a usar o XP apenas para programas mais leves e que não recebem mais atualizações (difícil mas tem), ou melhor, faça-o abandoná-lo de vez.
          Um grande abraço meu amigo, força nessa luta! (rsrsr).

  19. Mirian

    Preciso de ajuda URGENTE.
    Salvei um desenho normal no corel X6. Agora não consigo abrir. Fica só um quadrado verde com um lápis e quando abre
    a página estar vazia. Tem alguma solucão. Desde já agradeço!!!!

    • Mirian, o arquivo foi corrompido, provavelmente por uma falha no momento em que foi salvo.
      Se este for o caso, não há mais como recuperá-lo.
      Outro fator é ele estar abrindo com a versão anterior (X5), verifique corretamente e execute o comando abrir a partir do menú arquivo no X6.
      Uma outra coisa que pode identificar se o arquivo está corrompido é copiá-lo e colá-lo dentro de um novo arquivo, um erro deve acusar que arquivo não pode ser lido.
      Um braço!

  20. wilian

    Ajuda Urgente

    Trabalho com designer grafico a mais de 10 anos, instalei o corel x6
    esta dando um erro E/S e ID e o icone fica do mesmo jeito que a amiga acima
    mencionou, so que o arquivo não abre.

    Obrigado!!!

    No aguardo

    • O ícone fica desta forma pois provavelmente ainda tem a versão X5 instalada, remova a versão anterior para que o windows possa reconhecer os ícones.
      Quanto ao erro, entre em contato com seu revendedor e informe o problema, caso seja uma “versão alternativa” infelizmente a causa pode ser qualquer outra coisa relacionada a falha na ativação ou mesmo nas dll’s do programa, enfim, pode ocorrer devido a diversos fatores.
      Um abraço!

    • Oi Cesar, nunca tive este problema. Aliás, não é muito comum digitar textos no CorelDRAW, correto seria usar um editor próprio para isso (Office Word por exemplo), assim se evitam erros de digitação e você tem maior controle sobre o que está escrevendo.

  21. Ronivon

    Nossa kra achei muito legal quando vc diz que não comprar um software é a mesma coisa que “dar um tiro no pé” pois vai que a empresa do software quebra. ai eu pergunto se ela quebrar o prejuizo não seria maior em comprar o software do que usar pirata?

    Muito boa sua frase, vai para as frases da semana no yahoo.

    • Paulo Valle
      Author

      Como você vai piratear algo que não existe mais? O Windows está indo para a versão nova funcionando com uma cara muito parecida com nossos Smartphones. Como ficam os programas para esta nova versão do windows??? As empresas que não forem viáveis economicamente não vão migrar!
      Quem está preso com versões antigas de programas que só rodam em DOS sabem bem do que estou falando… não computador novo podem comprar. Você já se imaginou pagando R$ 2.000,00 num HD de 10Mb… tem gente por aí que está forçado a pagar isto por uma peça usada, pois não tem como migrar de software… Quer um exemplo??? Caixas eletronicos de alguns bancos… rodam com sistemas antigos devido aos custos de software.
      O mesmo pode ocorrer com softwares comerciais! Você já ouviu falar do Ventura??? Na época do DOS ele rodava em ambiente gráfico similar ao windows… foi muito pirateado e a empresa quebrou… Ainda bem que criaram o PageMaker e depois o InDesigner… senão seria o caso de muito designer ser obrigado a andar de carroça nos tempos de Formula 1.
      Obrigado pela sua participação.
      Abraços,

  22. Pingback: Aniversário de dez meses de blog - confira nossas estatísticas!

  23. Pingback: Corel Draw X6.1 – Agora com aluguel

  24. Eduvaldo

    LIUTE
    BOA TARDE
    TRABALHO COM SUBLIMAÇÃO, USO O X6 PARA FAZER AS ARTES. MAS, ESTOU ENCONTRANDO PROBLEMAS COM A IMPRESSÃO DAS CORES. POR EXEMPLO O VERMELHO NA TELA SAI MARRON NO PAPEL. USO O PADRÃO CYMK MAS NÃO ADIANTOU. USO NA MINHA EPSON TX133 O BULK INK. VOCE PODERIA ME DAR ALGUMA DICA A RESPEITO?
    GRATO

    • Eduvaldo, veja bem, algumas tintas especiais tem tendências a aparecem com tonalidades diferentes no papel, mas depois de transferidas voltam a sua cor normal. Se disso pois executo a impressão com tinta sublimática para confecção de canecas aqui na gráfica onde trabalho. Temos um Epson que usa uma adaptação para tinta sublimática. Infelizmente não o conhecimento suficiente para lhe dar uma solução, mas sugiro que verifique a procedência de sua tinta sublimática, veja se o bulkink não está mau instalado, e teste a impressão com outros programas para ver se o problema persiste. Assim você poderá identificar o problema.

      Volte a comentar a medida que for fazendo os testes.

      Um abraço!

    • Paulo Valle
      Author

      Eduvaldo,
      Uma coisa que deve ser também identificada é a qualidade da cabeça de impressão.
      Como a tinta sublimática é adaptada para os equipamentos, a cabeça de impressão (cartucho) pode estar vazando um pouco de tinta de uma cor para outra. Isso acontecia muito quando eu reciclava cartuchos e por erro enchia demais os cartuchos. O vermelho é composto por magenta e amarelo. Basta vazar um pouquinho de ciano para dar um tom marrom na impressão.
      Faça uma página de teste com as cores básicas (Ciano, magenta, amarelo e preto) e as compostas (vermelho, verde e azul e a composição C50 M50 Y50). Se as cores básicas aparecerem manchadas o problema é com certeza o citado. As cores compostas vão servir para verificar o resultado ao misturar as cores e entender qual o cabeça problemática.
      Contatou o problema, basta trocar a cabeça (nem sempre é fácil) ou o cartucho (aí é mais fácil).
      Se tiver jeito pro negócio dá para limpar a cabeça, retirando-a fisicamente do local e usando álcool, mas ATENÇÃO: Esta é uma operação de RISCO!
      Abraços,

    • Émerson

      Boa tarde.

      Me desculpem se eu estou escrevendo em lugar errado é minha primeira vez no site.
      Estou com um problemão e não estou encontrando respostas e pelo visto é o mesmo que nosso amigo Eduvaldo.
      Recentemente comprei uma gráfica rápida, e aos poucos estou aumentado seu portfólio.
      Adquirir uma impressora Epson TX133, original com cartuchos originais sem alteração meu problema é:
      Abro ou crio qual quer arquivo no pain (isso mesmo paint do Windows) e mando imprimir todas as cores saem perfeitas.
      Abro ou crio qual quer arquivo no corel X5 e mando imprimir as cores saem horríveis não bate em nada nenhuma cor, tenho outra impressora HP e as cores saem perfeitas alem disso tenho uma plotter HP e também saem perfeitas apenas a Epson ocorre esta falha.
      Tudo que esta na net em relação a ajustes do corel eu já fiz e nada é sempre a mesma coisa as cores não batem exemplo o vermelho sai parecido com uma cor de tijolo bem escuro o azul sai quase preto.
      Por favor me ajudem Obrigado…

    • Paulo Valle
      Author

      Chaveiro,
      Dentro do Corel, coloca uma figura bitmap ou qualquer foto. seleciona ela e clica na barra de cima em .
      Tem várias opções… mas tenta o rastreio rápido para entender a mecanica do processo.
      As demais tem opções de métodos de rastreio, se é mais grosseiro ou cheio de detalhes, etc.
      Fica muita coisa para explicar num comentário, mas o que falei aqui já dá para começar.
      Tendo dúvidas pode perguntar para mim ou para o Liute.
      Abraços,

    • Na verdade nenhum trabalho é dificil se você sabe usar os recursos do aplicativo. Se você ainda é iniciante é necessário um pouco mais de prática. Acessa o nosso canal do youtube que tem um curso legal rolando lá: youtube.com/liutecristian.

  25. DAYANE

    Ola pode me ajudar??
    quando vou abrir um arquivo do corel direto pelo windows dá a seguinte mensagem “erro ao enviar arquivo para o programa” quando abro pelo corel ele abre normalmente, como tenho milhares de arquivos prefiro procurar pelo windows.
    Já não sei mais o que fazer.. ja fui em propriedade já coloquei em modo de compatibilidade e executar como administrador mas nada dá certo!!!!

    • Dayane, há algum tempo eu tinha o mesmo problema. Tudo se resolveu depois de uma atualização no software. Se seu CorelDRAW for original basta logar com seu usuário e senha na tela de atualizações do aplicativo e ele fará a atualização sozinho.
      Agora se seu software for “alternativo” infelizmente terá de conviver com o problema. Quando eu tinha o problema eu fazia assim:
      1º. Abria o programa e deixava ele aberto.
      2º Eu procurava os arquios pelo windows explorer e os abria normalmente.

      Então tente isso, manetenha o programa aberto antes de procurar por seus arquivos.

      um abraço!

  26. Sérgio Morais

    Olá Amigo!
    Peço ajuda para um problema do cursor no Corel Photo Paint X6 com o Windows 8! As ferramentas clone, pintura, borracha; quando clicadas sobre uma imagem , dão um salto para uma outra região próxima, por vezes unindo ao ponto do clique uma linha não desejada. Não consigo definir com o clique o lugar exato da minha ação com a ferramenta!O que pode estar ocorrendo!
    Mil agradecimentos antecipados!

    • Paulo Valle
      Author

      Só poderei testar mais tarde no micro da minha esposa (windows 8).
      Por enquanto tenta verificar as opções referentes ao grid.
      Quando está marcado para acompanhar o grid (marcações com espaçamento regular pelo video… tipo de 1 em 1 cm) ao clicar o cursor é deslocado para o ponto do grid mais próximo.
      Isto acontece bastante no Corel Draw com iniciantes e pode estar ativo para o Photopaint também.
      No meu aparece em ferramentas>opções>documento>grade tem que desmarcar se estiver marcado.
      Em exibir>grade você mostra os pontos na tela (se quiser verificar onde ele está) e nas opções define-se a distancia da grade.
      Uma criança mexendo a esmo no corel pode ativar esta opção pois há atalhos de teclado para chegar lá (tenho um de 6 anos aqui que era mestre em fazer dessas coisas).
      Abraços,

  27. Sérgio Morais

    Obrigado pela atenção Paulo!!!
    No primeiro momento apliquei sua valiosa e lógica dica, mudando valores da grade, marcando e desmarcando, e ainda não consegui sucesso (tinha visto em um forum internacional algo a respeito do grid,…e também sobre configuração de mouse sem fio,e touchpad, no notebook).
    Tenho o mesmo Corel Draw x6 em um Vista 32bits desktop; e tudo funciona normalmente! Daí a dúvida do Windows 8 64bits.
    Aguardo a sua gentil disposição para o momento oportuno de sua verificação…e vou tentando ver se houve alguma desconfiguração (às vezes por mim mesmo mexendo a esmo no auge dos meus 59 anos… rsrs)
    Obrigado!

    • Paulo Valle
      Author

      Sergio,
      Peguei agora o micro da esposa e testei.
      O dela estava todo padrão, pois ela não tinha usado ainda o photopaint.
      Ao testar a seleção correu tudo 100%, sem dar os saltos.
      Daí fui na configuração que indiquei anteriormente marquei e mandei visualir a grade.
      Daí ele começou a dar os saltos que você fala.
      Desmarquei e voltou tudo ao normal.
      A linha guia também tem o mesmo comportamento do grid, mas acho que não é o seu caso.
      Não achei outra situação em que possa ocorrer este sintoma.
      vou pedir opiniao ao liute.

  28. Sérgio Morais

    Olá Paulo!

    “Reparei” a instalação na esperança de também zerar qualquer desconfiguração. As caixas da grade ficam desmarcadas.
    Agradeço sua dedicação e creio que ainda vou conseguir pois você desfez esta dúvida sobre Windows 8.
    Aceito qualquer outro caminho que possa aparecer para enfocar estes saltos!
    Mas me senti acolhido com sua participação! Obrigado!

    • Pelo que me parece é apenas questão de alinhamento a grade, mas como você disse que já tentou isto realmente não sei o que pode estar acontecendo. Selecione uma das ferramentas e pressione Ctrl+Y (habilita/desabilita o alinhamento pela grade) e faça um teste. Realmente a única forma de o mouse se deslocar assim é sob a influencia de uma configuração de alinhamento.

  29. Sérgio Morais

    Olá Liute e Paulo!

    Bem….a solução que optei forçosamente para o problema de salto do cursor nas ferramentas: pintura, clone e borracha no Corel PhotoPaint X6 64bits em Windows 8; foi a de instalar o Corel PhotoPaint X5 32bits,(fechando as mensagens de solução de compatibilidade!).

    Tudo em ordem agora para o trabalho!
    Obrigado pela atenção,
    Até breve,
    Sérgio

    • Paulo Valle
      Author

      Sergio,

      Fez um Downsize… é uma solução.
      Eu creio que houve alguma coisa com o seu instalador ou problema ao baixar ele.
      Aqui no computador da minha esposa com o windows 8 não teve problema algum.

      Não descarte de voltar a instalá-lo… pode ser um problema pontual daquela instalação (um pico de luz por exemplo na hora errada).

      Abraços,

    • Paulo Valle
      Author

      Tem sim e é bem fácil.

      No exemplo que você mandou, na verdade foi feita na mão encaixando as palavras, mas podemos fazer coisa parecida usando o recurso do powerclip do corel.
      Faça o seguinte:
      Abra o corel numa página em branco.
      Encha com texto um pedaço da folha. Pode fazer a bagunça que quiser e incluir figuras. No final selecione tudo e agrupe (CTRL + G).
      Faça uma letra qualquer ou palavra, cresça e posicione sobre os objetos agrupados, pinte de transparente e deixe uma linha em volta para saber onde está o objeto (pode tirar a linha após o procedimento).
      Selecione os objetos agrupados, vá em efeitos>powerclip>colocar dentro do recipiente… selecione a letra maior.
      Mágica! Todos os objetos selecionados passam para dentro do objeto selecionado.
      A qualquer momento você pode editar os objetos lá dentro ou retirar os mesmos de lá.

      A imagem que você mandou está mais caprichada do que o nosso teste aqui, mas é só questão de ir posicionando as palavras (pode fazer em várias etapas com as palavras soltas, colocando uma a uma).
      Tenta aí e depois me fala se conseguiu.
      Abraços,

  30. Eversson

    Opa, boa tarde. Sei que esse post é antigo. Mas vi que os últimos comentários e respostas são recentes… Bom, tenho uma pergunta. Acabei de instalar o Corel Draw x6 (Win7 32bits) e estou tendo um problema para imprimir retículas numa impressora (multifuncional) Brother DCP-8085DN. Usava o x4 para trabalhar e o x6 apenas pra converter os arquivos de Corel recentes. No x4 dava tudo certo, até que… Hoje decidi trabalhar com o Corel x6, desinstalei o x4 e tudo, mas quando fui imprimir uma retícula vi que ela não muda o tamanho dos pontos (Ipi), já tentei vários valores, tentei também o Gerenciamento de cores, nada, tentei usar PPD (tive que baixar) li sobre isso nesse post:(http://www.edelbra.com.br/grafica/downloads/TutorialEdelbra_Fechamento_CorelDraw.pdf), nada novamente! Estou prestes a voltar ao x4 ou x3. Se estiver disposto a tentar resolver e precisar de algum print, basta mandar e-mail pois não quero retroceder agora. Engraçado eu mudar a versão depois de 2 anos, a verdade é que o CorelDraw muda tão pouco em suas atualizações que as vezes agente nem liga pra baixar novos programas, mas quando vi que o x6 evoluiu muito na questão de abrir ou fechar arquivos pesados, agora não toma tanto tempo pra copiar, abrir importar alguns arquivos que nos antigos eram muito pesados. Qndo mudei de programa, pareceu até primeiro dia de trabalho, tudo novo e tal… Motivo pra eu tomar vergonha na cara e começar a baixar os programas Adobe e CAD. Preciso me reciclar. E nada melhor do que perguntar pra quem sabe… Aliás, tenho mais uma dúvida, só que essa só vou perguntar depois de vcs me responderem essa. Desde já agradeço, principalmente ler isso tudo. Obrigado.

    • Oi Everson, te confesso que já notei esta ausência desde o X5, sempre que tento usar o recurso, mesmo para uma impressora postcript ele não vai. Não sei mesmo como resolver isso. Ainda bem que não preciso usar, já que enviamos nossas chapas para um bureau. Quando precisei foi só para fazer trabalhos de clientes para serigrafia, então o Photoshop me resolvia.

      Post o procedimento pra eu dar uma estudada e avaliar as causas do problema. Se tiver imagens melhor ainda.

    • Eversson

      Vlew glera, mas eu consegui, fuçei aqui e achei uma opção (“Bloqueio de Tela de Meios Tons”) que estava “Ativada”, basta desativar, o maior problema era fazer o menu de impressão avançada aparecer na janela de impressão. Msmo assim vlew.

  31. Roberto

    Boa tarde maus amigos, boa tarde Liute, primeiro minhas desculpas por meu português, sou Uruguaio e é bem dificil tirar coisas do meu idioma que estão “tatoo” no meu teclado.
    Percebi que, tirando contadas excepções, aqui o pessoal sabe do que está falando, então procuro ajuda.
    temos uma revista, trabalho agora com o X6 e copiar e colar tirou muitas horas de trabalho perdido, ele está funcionando muito bem, tendo sim que se cuidar da loucura de fazer muitos “click” enquanto ele trabalha, o vai fora, em fin, um corel original e 90% ótimo, minha pergunta: gostaria de mandar um boneco da minha revista, para parceiros que tenho em outras cidades e eles possam preencher sem ter conhecimento do corel, ou que eles escrevam as materias de “X” caracteres e direcionem para o documento da revista, é isso possivel? eu poso escrever um texto e mandar para por exemplo: e ele se colar lá? um Macro? sei la , obrigado e espero ter sido claro, :D
    Comecei a trabalhar no corel la pelo 84 não tinha mouse, não tinha HD, o programa era executado em 2 discos flex de 5¼…
    Grato

  32. Jonaths

    Oi. O texto foi bom, mas discordo deste trecho em partes: “Lançar um programa para rodar numa máquina fixa e robusta é revolução? Não!”

    Tudo bem que, programas que rodam na nuvem é interessante como acontece com o pacote de escritório da microsoft, o Office 365, mas mesmo assim é importante ter o programa pra rodar offline. Pois, nem sempre estaremos conectados na internet.

    Erros podem acontecer, então, imagina ficar sem internet por algumas horas ou até um dia…Se o aplicativo apenas ser rodado só na nuvem estaremos perdidos.

    Seria interessantes rodar o aplicativo na nuvem, mas também, manter a forma normal de rodar o aplicativo.

    Abraço!!!!!!

    • Paulo Valle
      Author

      Tem a sua lógica!
      Mas a questão é termos uma estrutura realmente eficiente.

      Mas depois que eu escrevi isto aqui, uns meses depois, eles começaram a comercializar o Corel Draw na forma de aluguel mensal.
      Dessa forma ele te atende seguindo a sua reclamação aqui… já é uma evolução!
      Quem só faz serviços em determinadas épocas está tendo uma redução de custos, com soft original e atualizado.

      Obrigado pela participação!

      Abraços,

  33. Marcos

    Amigão, até o X4, na hora de fechar o arquivos, nas Informações de páginas, o Perfil de cores era: Perfil Genérico Impressão Offset, e no X6 fica DESATIVADO… Você pode explicar ? É normal ? Vai dar diferença nas tonalidades das cores quando eu fizer o fotolito ?

    • Paulo Valle
      Author

      Marcos,
      O especialista em cores é o Liute, mas ele anda preso com um projetos off line e não viu a sua pergunta.
      Fora nos comentários aqui nesta postagem, nós abordamos o tema no post http://www.cardquali.com/entenda-processo-de-gerenciamento-de-cores/.
      Vê se as dicas contidas por aqui e na indicação podem resolver o seu problema.
      Geralmente a gráfica na qual vamos colocar o trabalho também trazem informações a este respeito… o próprio Bureau que você usa pode te orientar.
      Você vai perceber que vai depender muito dos equipamentos usados, ou seja, um bureau trabalha de um jeito e outro trabalha com outras configurações.
      Não conseguindo resolver o seu problema nos contacta de novo que eu corro atrás para tentar te ajudar.
      Abraços,

    • Marcos, hoje a opção de perfil genérico é totalmente inválida. O mecanismo de gerenciamento de cores do CorelDRAW foi aperfeiçoado para se adequar as novas exigências do mercado. Aliás, “velhas” novas exigências. O processo de gerenciamento de cores exige que todos os dispositivos envolvidos no processo estejam devidamente calibrados e possuam um arquivo de perfil ICC para que possam trabalhar com 100% de fidelidade de cores. Não adiante apenas mudar uma configuração no seu aplicativo pois isso não quer dizer nada. Para você ter uma idéia, o processo de gerenciamento de cores demanda um bom investimento, você precisa contratar pessoal especializado para calibrar seus monitores (que precisam ser profissionais), seus dispositivos de saída, etc. Geralmente isto é feito em industrias gráficas, como n]ao é você quem imprime isso se aplica a gráfica que vai fazer a impressão. Cada impressora, cada tipo de impressão e cada tipo de papel deve ser devidamente analisado em conjunto afim de criar os perfis de cores para cada processo. Exemplos:

      Se você vai imprimir em papel couchê, em uma impressora a laser Konika Minolta, este papel e esta impressora precisam ter um perfil icc equivalente. Então é impressa uma amostra usando o papel na impressora, este papel é analizado por um equipamento especial e então será gerado um arquivo de perfil ICC, este arquivo deve ser então carregado no aplicativo (CorelDRAW por exemplo) para que então ele mostre exatamente como a cor será impressa, usando aquela impressora e aquele tipo de papel. Este processo se repete para cada tipo de papel e impressora. Há perfis ISO genéricos que podem ser baixados em sites especializados e ajudam bastante.

      Um abraço!

  34. LUCIMAR

    Olá, sera que alguem pode me ajudar? Sempre fiz numeração mesclada ate o corel x5, mas o x6 da erro, desconfigura. EXISTE ALGUMA ATUALIZAÇÃO? OBRIGADA

    • Paulo Valle
      Author

      Lucimar,

      Eu fiz uma mala direta no outro dia no 6.0 e não notei nada estranho.
      Tenta fazer ela do zero no 6.0 pois pode haver alguma incompatibilidade com as versões anteriores.
      Não conseguindo manda os arquivos para eu testar na minha máquina e te dar a solução.
      Abraços,

    • Lucimar, você precisa fornecer mais informações sobre o seu problema. Defina o que quer dizer “desconfigura” assim fica muito mais fácil de lhe ajudar. Estou usando o aplicativo normalmente e uso impressão mesclada tanto para dados numéricos quanto texto e funciona perfeitamente. Antes de mais nada eu lhe pergunto: Seu aplicativo é original? Se não for, pode estar aí a fonte dos seus problemas, pois o método de ativação pode ter trocado dlls importantes e você também não possui nenhuma das muitas atualizações que já foram implantadas desde o lançamento do aplicativo.
      Aguardo mais detalhes. Um abraço!

  35. Olá Liute e Paulo, estou com problemas em relação ao meu X6. O pior deles é que toda vez que tento abri-lo aparece a mensagem “erro ao enviar o comando para o programa”. Vocês podem me dar um esclarecimento acerca dessa mensagem, já que meus documentos do corel não estão abrindo? E um outro problema é que, quando vou importar arquivos da pasta Cliparts do windows, os de extensão WMF não aparecem na janela de importação, o que dificulta assustadoramente a seleção do item que desejo utilizar. Lembrando que meu Windows é o 8 versão 64 bits. Serei grato pela atenção de vocês e ficarei muito aliviado se me conduzirem a uma solução para estes problemas. Abração pra vocês!

    • George, algumas vezes tenho este problema com o aplicativo, “erro ao enviar comendo”, não sei ao certo do que se trata, mas parece ser um erro de processo interno. Todavia, basta abrir primeiro o corel, e depois abrir o arquivo que deseja que o problema não acontece.
      Quanto aos cliparts. Precisas entender que embora ele seja um aplicativo gráfico, pode não suportar a importação (pela janela padrão) de todos os tipos de arquivos. Mesmo assim, é possível escolher a opção “todos os formatos” na parte inferior da janela de importação, assim ele passa a exibir qualquer arquivo na pasta.

      No momento da instalação do aplicativo você pode notar algumas opções de otimização de formatos. Elas podem incluir formatos diferentes, como criar ícones e cursores. Mas não vi mais isto no X6, não lembro se ainda está lá.

      Espero ter ajudado.

      Um abraço!

  36. Pingback: Conheça os cursos gratuitos do Cardquali! | Freelancer e Produtividade

  37. Pingback: Blog Sucesso On Line – Estratégias e Recursos Para Negócios On Line » Conheça os cursos gratuitos do Cardquali!

    • Paulo Valle
      Author

      É só numa situação ou em todas? Coisas que podem estar acontecendo: 1) o objeto no qual está tentando colocar o objeto está com algum efeito que está impedindo o uso. 2) objetos em camadas diferentes (aí basta agrupar os dois e depois desagrupar, que caem para a esma camada).
      Geralmente são estas as duas causas da maioria dos problemas. Teste fazendo 2 quadrados e colocando 1 dentro do outro… se funcionar com os quadrados, o problema não é com o powerclip e sim com os objetos que você está tentando fazer.
      Testa e depois nos avisa por aqui.

    • Carol, aí vai depender muito do que você esteja fazendo. Explique um pouco mais pra gente tentar te ajudar. O Paulo já deu algumas dicas, e eu as reitero.
      1. Não é possível usar powerclip em objetos não vetoriais (imagens, desenhos de outro aplicativo, fotos da internet, etc)
      2. Não é possível usar powerclip em objetos abertos (se você não consegue, por exemplo, pintar um objeto com um preenchimento, é provavel que ele esteja com arestas abertas)
      3. Não é possível inserir powerclip em objetos que contenham efeitos de transparência.

      Então, nos diga mais sobre o que está tentando fazer para que possamos lhe ajudar.
      Uma braço!

  38. Levi

    Parabéns pelo artigo Paulo, mas vale citar, depois do corel 7, nenhuma mudança significativa ocorreu, via de regra efeitos mais “pesados” vai de Photoshop, qto. a pirataria, eu acho que a Corel merece, primeiro, apesar de ser proibido pela lei brasileira qualquer tipo de venda casada, a Corel toda vez nos faz “engolir” Photopaint, o bistream, e outros bagulhos de gênero, por lei, eles são obrigados a vender individualmente, mas…
    Ou seja merecem ser pirateados, devido a sua eterna ganância em nos fazer comprar coisas que nem precisamos.
    Não sei vc Paulo, mas se eu errar na cor de fechamento de um logo, tenho que refazer o serviço e não cobrar nada do cliente, e a Corel? Se responsabiliza por qdo perdemos serviços por falha no programa? Alguém já reparou que a famosa EULA é totalmente contrária ao nosso código de defesa do consumidor?
    Assim sendo, a “EULA” é um instrumento jurídico inexistente, eu não posso concordar em ser prejudicado só por que alguém quer me obrigar a isso.
    Cláusula Leonina, mas discursos à parte, softwares viraram minas de ouro, e não pode ser por ai, o computador facilita e agiliza, não “cria”, e pra mim o Corel é e deve continuar a ser somente uma ferramenta e não tomar o papel de gerenciador da minha máquina ou me obrigar a logar numa comunidade (x6 bloqueado no firewall)
    Achei um ponto negativo no X6, seu uso de memória, alto demais p/ um programa que trabalha com vetor.
    Abraços e força pelo grande trabalho.

    • Levi, creio que há uma confusão quanto o seu conceito de venda casada. Quando compramos qualquer aplicativo, levamos junto um conjunto de ferramentas que o compõe. Um exemplo, a preço do Photoshop, o CorelDRAW sai mais barato, e você ainda leva um gerenciador de fontes, e um editor de imagens, sem falar nas extensões que estão disponíveis na personalização de instalação. O Photoshop vem com o Bridge, Aplication Manager, entre outros recurso, e tau como no CorelDRAW, estes recursos ajudam muito no desenvolvimento das tarefas. Hoje eu não sei viver sem o bridge, e antigamente nem fazia questão de usar, assim como você não faz questão de usar o PhotoPAINT. Então, não existe venda casada, você sabe muito bem o que está comprando quando lê a descrição do “produto”, e diz claramente ser uma “suíte”, ou seja, um conjunto de recursos. Você pode comprar outros produtos de qualquer outro serviço ou distribuidor de software, e todos tem aplicativos assim, vendidos em conjunto.
      Quanto aos erros, eu uso tanto os aplicativos da Corel, quanto os aplicativos da Adobe, eu já vi o Photoshop travar, o Illustrator trava, o InDesign travar (esse bem mais). Com menos frequência que o Corel, mas travam. E isto é muito aquém de quem apenas desenvolve o software, erros acontecem por falhas no gerenciamento do hardware, seja por processamento ou por armazenamento, ou mesmo por uma instrução inválida. Aí então temos de culpar quem fez o sistema, o processador, o HD, a RAM, em fim, vamos chegar até o Newman, e o cara que já tá morto há muito tempo. Ele quem propôs a base para a arquitetura computacional que conhecemos hoje em dia.
      Portando, não existe fundamento em se culpar única e exclusivamente o desenvolvedor de software por tais erros, haja vista que todo o sistema computacional empregado na sua utilização apresenta falhas, sejam humanas, por meros erros de codificação, ou seja pela máquina, que ao contrário do que muitos pensam, é burra, e só enxerga cargas elétricas comandadas por códigos escritos por humanos.
      Diz-se: O mercado de software é milionário, e o do design? O de engenharia que usa CAD? o de automobilista?? o de jogos?? Eu pago o meu software com 2 projetos que faço, ponto! Isso quer dizer que eu só precisei trabalhar uma semana para pagar por um software que vai me durar o resto da vida, ou até eu me interessar por uma versão mais recente, e ainda ganho desconto por isso. Vai me gerar lucro sem mais nenhum custo além do que já paguei.
      Portanto, afirmar que um software merece ser pirateado e se fundar neste tipo de conceito é totalmente errado. Imagina a quantidade de engenheiros, desenvolvedores, cientistas, PESSOAS que trabalham desenvolvendo estes softwares e sustentam suas famílias, ou estudaram 6 a 8 anos para conseguir oferecer o que você tem sobre a sua mesa. Que constantemente estão trabalhando, revendo e remodelando os seus softwares para oferecer melhores recursos. E se todos parassem de comprar e só pirateassem? Você acha que teria a sua tão valiosa ferramenta, que lhe ajuda a por o pão na mesa disponível? Troque de lugar um pouco com quem produz e põe este software no mercado. Veja se seria bom se fosse você quem tivesse de pagar a folha de pagamento para o desenvolvimento de um software e visse o seu produto ser ROUBADO?

      Acho que você precisa olhar para o horizonte da nossa profissão, onde pessoas que pirateiam o software oferecem artes a R$ 10,00 mandam no mercado informal, alienando os clientes de que o produto criativo deve ser barato. Daí vem todos estes problemas que temos hoje, onde diz-se que o software é caro, quando na verdade é a mão de obra que perde o seu valor.

      Um abraço.

      • Levi

        Por etapas Liute, Vamos lá, o Corel Draw e o Corel Photopaint são programas com finalidades diferentes, ok, tá na caixinha que é uma suite, mas e se eu não quiser a Suite? Vc sabia que por lei eu tenho esse direito?
        Exemplo claro, hj, farmácia é obrigada a vender um comprimido, ao menos é o texto da lei…
        Vc só compra o que usa, e paga por isso, isso é direito, estamos vendo a invasão dos “pacotões”, Net, gvt, celulares, isso é crime, pague por isso, compactue e faça nosso mercado cada vez pior, não vou entrar especificamente no mérito das vendas casadas que estão virando um verdadeiro inferno, vc criar um agregante de valor é algo, empacotar o consumidor é outro “algo”…rs****
        As empresas de software hj não estão mais oferecendo novidades, estão reembrulhando o pacote, pondo um novo laço de fita e se usando do consumismo, ok, sobre a comida dos cientistas, sabe, muito “pastupista” morreu de fome, mas vc nem deve ter conhecido essa profissão, a cerca de 15 anos atrás eu cobrava 50 reais uma arte final, as gráficas faliram devido ao barateamento do custo da informática, qto vc acha que custa uma off set com cinco torres? (é cinco, p/ ao menos poder dar um verniz UV com reserva descente).
        Os desenvolvedores de softwares não são os mocinhos…
        O horizonte da nossa profissão Liute, p/ quem tá a muito tempo nela, é lembrar o trabalho incrível que um desenhista fazia em bico de pena e que depois um colorista separava com máscara cortada no estilete…rs***
        O software automatiza, essa é a função da informática, acelerar o processo diminuindo custos, antes, qdo um analista entrava dentro de uma empresa, todos o odiavam, pq sabiam que ele significava perda de empregos.
        Até pouco tempo atrás, a China proibia máquinas de xerox, só se podia usar mimeógrafo, sabe porque? Mimiógrafo é necessário 2 para operar, xerox só um… Pense no conceito. Esse é o futuro da nossa profissão, arte, criação, vida… O pastupista, o tipógrafo, até o cobrador de ônibus… Mas e ai, a vida melhorou?

        Abraços…

        • É uma regra geral de vida, cirurgias a laser, microondas, escada rolante, caixa eletrônico. Tudo vai mudar, a vida melhora para quem vive o hoje, quem vive o ontem infelizmente tem de se adaptar ou ser engolido pela era digital. Então, essas mudanças influenciam tudo, tanto a nossa profissão (Trabalhei com clichês, colocando letras na máquina uma a uma, com serigrafia, desenhando a nanquim e revelando no sol quente). Eu me adaptei, consegui acompanhar o fluxo constante da tecnologia, que veio sim para melhorar, e mudar a vida das pessoas, mas como tudo que existe neste mundo, não agrada a todos, justamente como você disse, agora na china entram copiadoras, coisa que antes não entrava, ou seja, a mudança é iminente, ou muda-se, ou leva-se duas, três semanas para se produzir algo que com as novas tecnologias se produz em horas.
          Quanto a venda casada, ainda discordo, se basear-se em softwares de finalidades diferentes, então o CorelDRAW em si em um software casado, pois é editor de textos com revisor ortográfico, é diagramador com layouts complexos de páginas, é editor de imagens pois possui filtros específicos, é aplicativo vetorial pois possui suas ferramentas padrão, é impositor pois tem ferramentas de imposição de impressão, e fim, se pegássemos o Photopaint, tirássemos o nome, e colocássemos para abrir na mesma janela do CorelDRAW, você mudaria de ideia?
          Remédios só são vendidos fracionados caso se enquadrem nesta modalidade, não pode-se levar estas coisas ao extremo, como você sabe, existem medicamentos que vem em embalagens especiais, justamente para serem vendidos de maneira fracionada, se um medicamento que sai do laboratório, com um número específico de comprimidos que garantem o mínimo de eficácia, for vendido de maneira fracionada, compromete-se justamente a sua eficácia, a sua composição (embalagem não foi feita para ser fracionada). Resumindo, estima-se que até 600 medicamentos podem ser vendidos fracionados, mas não todos.
          Mas não entremos neste méritos, com lhe disse, nós aqui do Brasil vivemos num país onde a política é corrupta, e nós, quando não podemos comprar por algo, simplesmente pegamos sem dar satisfação a quem de direito (pirataria). Há casos extremos, mas creio que não sejam do tipo a “apoiar a pirataria” como o Paulo, que usa mas não a recomenda justamente porque sabe que esta´no erro (mas promete se consertar, hasuhaushusa).
          Mas eu gosto realmente de defender o meu ponto de vista, e de modo algum quero que seja verdade absoluta. É muito bom poder trocar ideias com pessoas experientes como você, isto nos instrui, nos estimula, e todos nós acabamos aprendendo.

          Um abraço! E muito obrigado por comentar!!

        • Apenas algumas pulgas atrás da orela que eu gostaria de tirar.

          Venda casada: Eu posso ir ao supermercado, escolher um “jogo” de panelas que está em uma caixa, e falar para o atendente abra a caixa porque eu só quero levar só os pratos?

          Ou naqueles jogos de cama, sabe, que vem toalhas, pijamas e até sabonetes, acho que eu também não posso comprar só os sabonetes do jogo não é mesmo?

          O CorelDRAW é uma “suíte” sempre foi, antigamente tinha até mais softwares, o método comercial de software não pode ser comparado a vendas casadas porque não o obriga a levar um ou outro e cobra-se por isso. O que acontece alí é que você leva o CorelDRAW pelo preço justo, menor até do que um único software da Adobe, e leva outras ferramentas por isso. Por isso você pode escolher instalar ou não instalar na sua máquina se não quiser. Se a Corel quiser tirar o Photopaint de sua suíte, e não quiser baixar os preços, ela o fará justamente, já que o seu software vetorial o CorelDRAW é mais barato que o da Adobe, que custa o dobro…

          Remédios fracionados: Existem normas, mas não leis. São especificados tipos de remédios que podem ser vendidos fracionados e que precisam de embalagem específica para tau finalidade, na maioria remédios para dor de cabeça, gripe, febre, poucos ou nenhum são controlados ou para doenças muito sérias.

          • Levi

            Exemplificando Liute, vc pode comprar um jogo inteiro de panelas e caçarolas da tramontina, ou pode só levar uma das panelas que ficam penduradas pelo cabo, o conceito, o conjunto tem de ser mais barato, por exemplo, no jogo 5 panelas custam 200 reais, individualmente saem a 50 cada uma, algo como se comprar 5 leva uma, ok… Pacotes de software… Mas eu não quero, num uso e num gosto… “Não interessa, leva e paga, não vendo separado…
            Sacou o contexto?
            Na nossa área, software de vetor não compete com editoração de bitmap… Ou seja vc pode gostar do photo paint, mas nem todo mundo gosta, mas não é por isso que defendo a pirataria de softwares, pelas nossas leis, quem oferece um produto ou serviço é responsável por danos que aquele produto ou serviço cause por falha. Ok, o que uma EULA fala.. copiei uma e vou colar aqui…

            EXCLUSÃO DE DANOS INCIDENTAIS, CONSEQÜENCIAIS E OUTROS. NA EXTENSÃO MÁXIMA PERMITIDA PELA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL, EM NENHUMA HIPÓTESE A Mxxx OU SEUS FORNECEDORES SERÃO RESPONSÁVEIS POR QUAISQUER DANOS ESPECIAIS, INCIDENTAIS, INDIRETOS, PUNITIVOS OU CONSEQÜENCIAIS (INCLUINDO, SEM LIMITAÇÕES, DANOS POR: POR LUCROS CESSANTES, PERDA DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS OU OUTRAS, INTERRUPÇÃO NOS NEGÓCIOS, DANOS PESSOAIS, PERDA DE PRIVACIDADE, FALHA NO CUMPRIMENTO DE QUALQUER OBRIGAÇÃO (INCLUSIVE DE BOA FÉ E COM CUIDADOS RAZOÁVEIS), NEGLIGÊNCIA E QUALQUER OUTRA PERDA FINANCEIRA OU DE QUALQUER NATUREZA) RESULTANTES DO OU DE QUALQUER FORMA RELACIONADOS COM O USO OU INABILIDADE NO USO DO SOFTWARE ATUALIZADO OU DOS SERVIÇOS DE SUPORTE OU O FORNECIMENTO OU FALHA NO FORNECIMENTO DE SERVIÇOS DE SUPORTE OU DE OUTRO MODO SOB OU COM RELAÇÃO A QUALQUER DISPOSIÇÃO DESTE EULA, MESMO QUE A Mxxx OU QUALQUER FORNECEDOR TENHAM SIDO ALERTADOS SOBRE A POSSIBILIDADE DE TAIS DANOS

            E olha só, ainda que alertados sobre a possibilidade de dano, mesmo assim não são responsáveis…

            Então, numa linha direta, se eu cobro por um serviço, sou responsável por ele, se um engenheiro controe um prédio e 10 anos depois ele desaba, pode ser preso, mas se for um engenheiro de computação e derrubar toda uma folha de pagamento por um sistema mal feito, ok…”shits Happen”. Vou além, eu cobro por algo o valor referente a responsabilidade envolvida no uso daquilo, veja, estamos falando de propriedae intelectual, se eu não sou responsável por nada que criei, então, não posso cobrar… Simples, Quando as grandes empresas de softwares se responsabilizarem pelo suporte correto, inclusive aceitando sua parcela de prejuízo, ai, volto a comprar software…

            Opiniões divergentes, mas o que vale é o bom papo…rs***
            Abração.

            • Outra questão interessante, e que vai agregar mais valor ainda a nossa discussão. Não sei o seu nível de habilidade com o CorelDRAW, mas a versão mais recente, a X6, trouxe incontáveis melhorias, e isto ficou claro para mim logo que comecei a usá-lo.
              • A implantação de guias de alinhamento, nossa, excelente, isto só estava presente nos aplicativos Adobe, e como fazia falta.
              • A utilização de controles por botões nos efeitos de powerclip. Agora você um pequeno painel que é exibido quando um powerclio ou recipiente está sendo editado.
              • Ainda no PowerClip, o conteúdo da página esmaecido foi uma sacada que eles precisavam ter, e que ajuda muito na utilização do recursos quando precisamos posicionar um powerclip em relação há um elemento de página que não esteja no recipiente.
              • O painel de estilos de cores, completamente reformulado, agora você não vê mais os bugs do X5, que não exportava e nem importava estilos de cor.
              • Ainda nos estilos de cor, o recurso de “Harmonia”, nossa, uma maravilha, agora eu posso controlar alterações de escalas de cores em conjunto, com um arrastar do mouse e posso recolorir tudo, e harmonicamente.
              • Os recursos de texto OpenType, e todos os melhoramentos do painel de textos, que agora não é mais separada por Caractere e Parágrafo (Chama-se “Propriedades de texto”). Está tudo consolidado, re-organizado, e com muitas opções até então ausentes, como um controle aprimorado de Kerning e Traking. Eles estão cada vez mais de olho nos poderosos recursos de outros concorrentes.
              • Estilos de textos e de objetos em um único painel, isto já estava presente no X5, mas agora recebeu mais recursos.
              • A adição de um singelo, mas que fazia muita falta, menu de números de páginas (Layout> Número de página). Imagina quanto tempo esperamos por isso. Ele é editor vetorial, mas com tantos recursos de layout de páginas isto estava faltando.
              • Os recursos de imposição aprimorados, agora é possível salvar individualmente cada predefinição, cada configuração, cada detalhe na janela de visualização de impressão. Para mim que trabalho com impressão digital, isto é uma mão na roda e um tapinha nas costas.
              • O gerenciamento de cores, totalmente re-modelado desde a versão X5, ele finalmente se igualou ao requerido para o gerenciamento de cores profissional. Agora é possível atribuir os perfis de cores individualmente, além controlar todas as alterações relacionadas a eles através de caixas de diálogo e opções extras.
              • As janelas de encaixe remodeladas, quem usa muito, como eu, percebeu a mudança singela, mas notável, da janela “Organizar e distribuir”. Não é mais uma caixa de diálogo, e sim uma janela de encaixe, o que facilita muito na hora de trabalhar com documentos com muitos objetos.
              • Aprimorou o sistema de símbolos, agora é muito mais fácil usar um mesmo objeto em vários locais do arquivo sem que para isso criemos várias cópias e tornemos o arquivo pesado.

              Estas são só as que eu me lembro às 4:23 da madrugada, ainda tem muito mais que enumerei no artigo que o paulo menciona aqui neste post. Portanto, acho que dizer que o software pouco mudou desde sua versão “?”, que não seja a X5, é realmente estranho. Talvez você só precisar olhar os mínimos e melhores detalhes.
              :D

            • Paulo Valle
              Author

              Levi,

              Para advogado não existe o conceito de grátis… afinal a lei é clara proibindo o advogado de trabalhar de graça!
              Eu concordo com você quanto a existencia da Lei… mas considero ela absurda… inexequível… simplesmente pararia tudo.
              Elas vão contra as bases do comércio… o tradicional banana R$ 1, levando 10 paga só R$ 7.
              Foi feita para alguém que queria levar vantagem… não tinha como pagar pelo serviço todo e queria pegar só parte do serviço.
              Imagina você querer pagar apenas pelo corte inicial da cirurgia? Pedir para o médico precificar todos os procedimentos da operação?
              O Photopaint já foi parte integrante do Corel… estavam unidos… com o crescimento foi separado e deixou um pedacinho lá.
              A Corel não vende programa de edição vetorial… vende ferramenta para design… tanto que existem partes para desenho bitmap dentro do programa.
              Acontece que muitas DLLs não podem ser retiradas… quando usamos aquele pedacinho bitmap do corel estamos usando um naco do photopaint sem percebermos.
              Se eles arrancam este pedaço o programa fica capenga.

          • Paulo Valle
            Author

            Liute,

            Ao pé da letra, a lei permite isto… No fundo, pela lei tudo é possível. Se formos levar a justiça, não consiguiremos pois ela não funciona. Mas como ninguém quer ver o desgaste de ir a juízo, acabam todos aceitando e cumprindo a lei absurda, para não se apurrinharem.
            Na min ha vida de administrador de empresas são inúmeras as vezes que não soube o que fazer, pois existiam leis contrárias um as outras… qualquer decisão que eu tomasse estaria contra a lei. Na parte trabalhista tem aos montes. Quer um exemplo? Quantas horas você tem que trabalhar por mês? 220 hs mensais, 44 horas semanais, 8 horas diárias… tenta fechar esta conta? No mês perfeito começando numa segunda e terminando no dia 31, são 23 dias na semana, de segunda a sexta daria 8 x 23 = 184… se colocar 4 horas no sábado vai para 200 horas… cadê as outras 20 horas que manda a lei? Já estouramos as 44 horas semanais.
            Nossas grandes leis são cheias desses exemplos… na segurança alimentar tem outros grandes absurdos… quando verem na manchete… restaurante vendia comida estragada… não acreditem… era algum funcionário do governo querendo aparecer!!! É quase impossível cumprir todas as leis que existem na área… todas as casas de todas as cidades seriam fechadas na hora! Idem para obras, comércio, industria… o país das leis absurdas!!!!

        • Pois é Levi, o que tento lhe exemplificar é que não se vende separado algo que faz parte do produto ou serviço, isto é óbvio. O PhotoPAINT NUNCA foi vendido separadamente, ele NUNCA foi criado para isso, sempre foi pensado para ser uma ferramenta CONJUNTA ao CorelDRAW, entende, uma ferramenta, não um produto e não vaiser e nem nunca foi vendido, se considerarmos que ele nunca deixou de fazer parte do CorelDRAW. Portanto, como pode algo que foi efetivamente criado para fazer parte do CorelDRAW ser considerado outro produto? Se você não está pagando mais por ele? E nem tampouco foi mencionado que existe a possibilidade de compra exclusiva de um ou outro? O que está difícil de você entender, é que CorelDRAW e CorelPHOTOPAINT são um único produto. Tanto que a Corel oferece o CorelPAINTSHOP, que sim, é um editor individual. Portanto, a confusão acontece sem nem mesmo existir motivo, já que o produto é uma SUÍTE, sempre foi, e nunca foi diferente. Assim como você não pode, por exemplo, pedir que se abra uma lata de leite de 500 gramas para você legar 200 gramas. Se você não quer levar a SUITE CorelDRAW, você simplesmente não compra. Como pode alguém lançar no mercado um conjunto de mesa com 4 cadeiras, se fulano aparecer na sua loja querendo levar apenas UMA cadeira??? Inexiste! Perai, aquela cadeira foi criada sob medida para que fosse vendida junto com aquela mesa. Isso acontece desde que eu e você nascemos, e porque só agora alguém reclamaria, e justamente com um software?

          Quando carros deixarem de furar peneus eu volto a comprá-los, pois enquanto o engenheiro de pneus não se responsabilizar pelos acidentes causados por um pneu furado, eu vou continuar roubando carros. Vê que muitas vezes envolvem-se comparações meio que totalmente incoerentes, e é este o rumo que não queremos tomar. Como lhe falei, a engenharia computacional é completamente diferente de engenharia civil.

          Não sei se você sabe, mas o computador funciona basicamente com três tipos de operações (entrada, processamento, saída). Para que este tipo de atividade aconteça, são utilizados meios físicos e lógicos, que estabelecem a ordem das operações. Se por um acaso, um bit de dado sai da fila, e vai para uma posição diferente, seja por falha de processamento, armazenamento, ou seja lá o que tenha feito esse bit não ir para o lugar dele (um transitor???) o processamento todo é perdido e a fila re-começa.

          Como lhe disse, como podemos culpar a microsoft por uma falha de processamento, se o erro está no silício da placa mãe que não conduziu a eletricidade como deveria até o processador e fez o processamento se perder? Será que a culpa não é da ASUS que produz as placas mãe?? Ou seria da Dell que produziu as peças para a placa???

          Não é válido, e nunca vai ser justificar-se para tirar vantagem sobre outrem. Isto é contra qualquer ética ou conceito que se possa seguir de modelo.

          Imagine, enquanto os bancos não reduzirem os juros, não vou pagar a fatura do cartão de crédito… Enquanto não inventarem bolsos que carteiras não caem, eu não vou devolver o que eu encontrar pela rua. Enquanto não tamparem os buracos que tem na minha rua, eu não vou pagar IPVA. Justo ou injusto, é crime, há pessoas que saem prejudicadas, alguém é lesado. E digo mais, se não concorda com tais preços, tais formas de vendas, não compre, não use, não desfrute.

          Isto não é coisa da minha cabeça, há na verdade uma cultura no nosso país, onde todo mundo tende a tentar tirar vantagem sobre outros. Isto começa com a política, estende-se no dia-a-dia e não é diferente dentro de casa. Mas enquanto pessoas continuarem pensando que “é melhor piratear porque estou insatisfeito com algumas coisa” quando isso mudará? O que eu vejo hoje em dia é que as pessoas fazem o caminho inverso, no lugar de tentar corrigir algo, fazem é abrir mais o buraco e disseminam isso para que mais pessoas também comecem a tirar mais vantagens.

          Deixo-o com a seguinte questão: E se todos deixassem de comprar os softwares, com o que trabalharíamos?

          A reclamação, repito, dos “preços altos” dos softwares não é e nunca foi pelos softwares, mas sim pela errada forma de negócio que há dentro do mercado criativo, pelos preços absurdamente baratos por material de valor inegável por parte do mercado informal (que usa software pirata, ou seja, não demandam investimento), e pelo crescimento incontrolável da pirataria e mão de obra inexperiente.

          • Levi

            Num de exemplos furados, se um pneu estourar por falha de construção, qualquer dano material por ele causado é ressarcido sim, a goodyear da 3 anos de garantia num pneu.
            Meu nível de proeficiência em Corel Liute, é acho que me viro bem nele, e todas as melhorias que vc sitou, não são inovações, não refletem a qualidade final do trabalho, entenda, isso é otimização do fluxo, não inovação, é como o Paulo disse, vc faz o que quiser usando win 3.1 e corel 3, o detalhe é o seguinte, não sei qual a tua proeficiência em criação, mas o corel é uma prancheta de desenho, o ato de criar é mental, não físico, Qdo criamos um logo geramos um conceito agregador, um vînculo com uma idéia ou conceito, a minha formação é em P&M, isso significa que se crio algo, me embaso desde uma viagem que fiz p/ buscar novas tendências até numa música que ouvi no rádio do carro, a idéia chega montada na cabeça, o Draw, o freehand ou o photoshop, são simplesmente meu lápís e régua.
            Agora se o que vc estiver falando for referido a copiar para reproduzir, uma máquina de xerox é mais eficiente que qualquer programa.
            Qdo vc fala em evolução, em quem não se adapta fica p/ trás, isso até me assusta, vc tem de pensar globalmente, os recursos do nosso planeta são finitos, não dá p/ toda hora que um cara inventa um jeito novo de cozinhar ovo no vapor todo mundo jogar fora todas as panelas e compra a inovação dele que cozinha o ovo 10 segundos mais rápido, qdo fiz me curs otécnico de processamento de dados, a alguns “milenios” atrás, nossa preocupação era economizar bytes em disco, o bug do milênio quase aconteceu pq precisavamos economizar dois dígitos no ano, e o conceito válido em processaamento sempre foi o de que o excesso é supérfulo, ou seja, vc hj ainda vê um zilhão de empresas usando windows xp para comandarem cncs ou máquinas complexas. Pq isso? por que um expert em TI determinou que não há a necessidade de se mudar o que está funcionando, se eu faço algo com o corel 9, (que na minha opinião é o corel que ainda dá mais fidelidade na hora da saída gráfica), vou gastar no x6? E outra, todas as versões do corel do 9 p/ frente foram p/ implementar fluxo ou consertar bug, então não é produto novo, é compementação ou melhoria do já existente… E não pode ser vendido como produto novo, eu já comprei acho que 6 versões do Corel, (tirando a 5 que ganhei de presente na compra com uma jato de tinta da epson.
            O que vc chama de “tirar vantagem”, é consumo consciente, eu digo “não” ao supérfulo e a tentativa de “tirarem vantagem”.
            Vc tá na contramão Liute Hj temos a conciência de que esse consumo agigantado não pode durar mais 10 anos, sabemos que não adianta otimizar uma linha de produção usando robos ao invês de funcionários pq robos não consomem, não compram, a economia é um ciclo, se só um ganha, vai chegar uma hora aonde esse que ganha não vai ter mais em cima de quem ganhar, a galinha dos ovos de ouro foi morta, isso é fato, ou revemos esse conceito de lançar um software novo por ano ou estamos na roça..
            Entenda, vc pode pintar a roda de maneiras diversas, usar materiais inovadores, aerar, enfim, enfirular como quiser, isso é modismo, mas o consumo consciente nos diz que se é roda, tem de girar, é feita p/ isso, assim sendo, eu não vou escolher a mais tecnológica, eu vou buscar a de melhor custoXbenefício, a que vai durar mais e custar menos, gerando um menor impacto no meu ecosistema.

            Pô bixo, vai dormir…kkkkkkk

            Abração.

            • Então paremos de comprar carros, pois o carro foi inventado há muito tempo, e não se pode ser vendido como um novo produto não é mesmo? Já que só precisa ter quatro rodas e um motor, porque vendem carros novos com novos acessórios todos os anos??? Como te disse, é um jogo de comparações absurdas, você pode fazer sim, muita coisa com um lápis e papel. Mas pode usar uma régua, um esquadro, uma nanquim, um papel mais resistente, uma mesa maior, um abajour, uma lente de aumento. Isso não quer dizer que não “crio”, mas que uso as ferramentas que tenho a disposição para auxiliar em meus projetos e produzir melhores resultados, e em menos tempo (lembra do custo benefício?). E não, infelizmente você não pode fazer tudo com windows XP, muito menos com Corel 9, sabe porque? Porque o mercado assim como a tecnologia evolui, exige melhores resultados em menos tempo, e é aí onde eu queria chegar… Como você poderá obter melhores resultados se sua chave de fenda está obsoleta? Como pode apertar um parafuso se sua chave de fenda não cabe em sua fissura? Você diz, não é novo, é apenas melhoria, então o mercado nunca se sustentaria, já que ninguém precisaria pagar por melhorias. Esquece que para estas melhorias foi necessário mão de obra? Consumo de energia? Uma folha de funcionários para se pagar? Acho que você só esta se esquecendo de trocar de lado um pouco, vire a mesa, e fique no lugar de quem desenvolve o aplicativo, o que você acharia se o seu produto, que você passa horas para desenvolver fosse simplesmente “pego” sem lhe darem os devidos honorários? Digo, se assusta quando digo que quem não se adapta fica para trás, me assusto mais ainda em quem defende pirataria como você vem defendendo…
              No final, qual é o objetivo? Podemos ignorar leis, podemos ignorar o que está escrito em papel. Mas e o bom senso? A ética? O pudor? Ou temos um pouco de decência, ou invadimos tudo e tomamos com nossas próprias mãos pois não queremos que seja do jeito deles.
              Não sou rico, sou pobre, ganho por meu trabalho, e digo, já usei sim por muito tempo software pirata, mas me profissionalizei, e hoje, posso pagar pelos softwares originais sem nem chiar, porque eu aprendi como eles são importante para eu ganhar o meu dinheiro, e não saio perdendo. Porque outros saem perdendo? Acho que é tudo uma questão de administração, mercado, negócios, em fim, vai além, como venho falando desde o começo, do desenvolvimento de software. É vício de mercado, inexperiência. O camelô que baixa um filme coloca em uma mídia e vende filmes piratas sempre vai oferecer produtos mais baratos, porque ele não precisou produzir, investir, pagar atores, elenco, comprar licenças, em fim, não precisou fazer nada que necessário para produzir a obra, apenas foi lá, pegou, roubou, e está se beneficiando com isso.
              Por mais que as pessoas achem caro, é o trabalho de alguém, é o que sustenta famílias, e o que faz com que um produto tão bom se mantenha no mercado. A partir do momento que aquilo alí não tiver mais o lucro esperado, a empresa o retira do mercado, e quem precisava de tau produto para seus sustento, vai sair prejudicado.
              Eu acompanho todas as novidades dos aplicativos que uso. Porque é minha ferramenta de trabalho, portanto, assim como um lenhador precisa manter o seu machado afiado, ou comprar um cabo novo pois o anterior estava velho e machucava suas mãos, eu me atualizo, e pago por isso, pois quem o mantém alí, disponível, o faz para ter o seu salário em troca.

              E quem sou eu para dizer:

              “Quero sua ferramenta, mas não quero pagar por ela, me dê de assalto, pois é assim que eu acho que é certo e é assim que vai ser, doa a quem doer.

              • Paulo Valle
                Author

                Liute,
                Eu concordo com você na questão da pirataria.
                Mas discordo na questão da evolução do mercado exigindo cada vez mais.
                Vou colocar da seguinte forma.
                O mercado está jogando o preço dos produtos gráficos para baixo e a da arte para zero.
                Nós não devemos ir no adequando ao mercado… devemos fazer exatamente o contrário.
                Chega a hora que devemos dar um basta a “inovação por inovar” e começar a discutir a necessidade das coisas.
                Será que não é a hora de pararmos de abaixar os preços e começar a voltar aos parametros anteriores.
                Será que não é melhor trabalharmos menos e melhor. Termos tempo para nossos filhos.

                O mercado não existia… foi criado por um maluco qualquer.
                Dizem por aí que essa corrida foi criada pelos americanos (Rosevelt) para justificar os grandes gastos ocorridos na Guerra.
                Ou se pagava a conta na época ou se aumentava a demanda, justificando o aumento que as fábricas tiveram na época,
                Se incentivava o consumo “descartável”… só que o planeta está sumindo rápido.

                É hora de parar e repensar tudo o que fazemos!
                Neste instante estou com o dilema de recomeçar do zero numa grande cidade competindo nessa corrida louca, bendendo o que não é necessário ou ir para uma cidade do interior, com menor custo e atende-la no que é realmente necessário.
                Só a diferença do valor de meu apartamento para um apartamento no interior daria para recomeçar confortavelmente a vida, com um custo 4x inferior.

                Pensa no assunto!
                O Levi parece ter uma idade aproximada da minha… ele viu a evolução mais que ninguém… ele viveu o apagão de empregos da nossa época… ele viveu a inflação que teima em voltar. Relê tudo e vê que o foco não é a pirataria e sim as necessidades e excessos do consumismo.

                Abraços aos dois!!!

              • Levi

                Liute, não adianta vc responder banana com maça, continuamos a comprar carros pq eles se desgastam, embora a tendência seja diminuir e ir para transporte coletivo ou morar e trabalhar em “Edge” cities, se vc quer ser consumistas e sustentar o supérfulo, assim seja e assim se faça, mas, qdo chegar a minha idade, ou a do Paulo, verá que o foco muda, queremos qualidade de vida, temos bagagem, eu não vou pagar 10 vezes pela mesma coisa só pq um mercado consumista demanda, separe bem de consumo de insumo, vc não tá vendo essa diferença, e ela é crucial, se quer usar exemplos, use-os no mesmo patamar, um software é uma ferramenta, uma chave de fenda, ele não cria nada sozinho, Não adianta vc bater no peito e dizer “me profissionalizei”…rs*** Comprar software não é profissionalizar, profissionalizar é viajar para outros paises em feiras e congressos, profissionalizar é investir em descobrir novas tendências, profissionalizar é inovar, veja, vai cair na situação de outro post aqui do blog, um arte finalista usa uma ferramenta, ele tem uma finalidade especifica, um designer usa quinhentas, pq ele define um conceito, Qdo eu crio um logo, não penso num efeito bonitinho, penso na carga de situações que aquele logo sugere, em toda a subjetividade envolvida, eu tenho que ter noções até de Cromoterapia…rs**** Olha só, vc já desenvolveu um vidro de perfume…rs***
                Eu percebo que vc adora informática, acha que gadgets são os novos deuses, mas não são, o que importa é a qualidade da obra, não a ferramenta utilizada na confecção, imagina, A monalisa, interessa se Da Vinci usou tinta da “gato preto” ou da “acrilex”…kkkkkk
                De o valor merecido a coisa merecida, eu já comprei um monte de versões da Corel, mais é aquele lance de Ford, vc cria um produto e depois vai piorando ele p/ vender a primeira versão, pois só assim pode continuar a vender as versões subsequentes com “supostas” melhorias, esse é um conceito da indústria norte americana, olhe por cima disso… Ao invés de ficar lançando “versões” novas pra corrigir antigas falhas, aperfeiçoe a que já existe e de a quem já pagou o direito de uso.
                A luta contra a pirataria é “bancada” pela indústria norte americana, uma baboseira enlatada que eles nos obrigam a engolir, assim como royates e outras tantas, tem de dizer não, compactuar não adianta, se isentar e fingir que não é conosco, resolve menos ainda… Como atingir as grandes coorporações que só pensam em lucro? Simples, usando os seus produtos, sem pagar e dar uma banana a eles… Quer chamar isso de crime, “make yourself at home”… Dá mesma maneira que a industria da informática acabou com as gráficas, que a pirataria acabe com a indústria de softwares, tem muito gráfico (leia artista gráfico) que virou vendedor de pipoca, e ai, vc viu a Corel contratando essa galera? Eu desde moço troquei o sangue das minhas veias por tinta de off set… Esse processo não tem reversão, o prazer de ver a quarta cor ser impressa numa folha e sair procurando retícula com estouro no contafio num tem preço… A impressão é um processo milenar, desde os Chineses, reproduzir em escala, é uma arte, vc não pode vincular isso a um software, ah, e se o software acabar…rs*** Se o software acabar, eu te garanto que trabalhos de tirar o folego ainda continuarão a serem feitos, claro, talvez não por micreiros, mas sim por “Artesões Gráficos”

                Abraços.

                • Pois é, me profissionalizei, justamente por isso digo que as ferramentas são necessárias, assim como você, trabalho com a criatividade, bem que não se compra.
                  Mas acho que estamos falando de coisas diferentes. Eu sou contra a pirataria, e acho que é errada por valores próprios, sei o valor que tem e como é difícil desenvolver software (cursei sistemas de informação, e codifiquei pequenos aplicativos que demoraram a noite toda para ficarem prontos e não faziam nada além de calcular, :D).
                  Mas acho que a discussão alcançou outras fronteiras, e como o Paulo disse, eu falo de pirataria, você fala de consumismo. Um não justifica o outro, e não importa o quanto a sociedade mudou, para você ela nunca irá mudar. Mas ela muda, e com isso vem as novas necessidades. Conceito básico que norteia a tecnologia, presente integralmente na sociedade atual. É difícil, eu sei, ver o que você acreditou um dia tomar rumos diferentes, mas hoje é assim, e a tendencia é mudar ainda mais.

                  O mercado sempre exigiu renovação, novas técnicas e tendencias, seja com um lápis ou com luz ultravioleta, todos demandam tanto conhecimento técnico quanto o uso de recursos, sejam rústicos ou de última geração. :D
                  Abraços!

                  • Levi

                    Liute, vc é um rapaz que gosta de pensar. isso vai te levar muito longa, mude o foco, a sociedade não mudou, o ser humano continua tendo as mesma necessidades básicas, o que aconteceu é que os FDPS dos marketeiros (infelizmente me incluo entre esses) criaram falsas necesidades de consumo para poderem alcançar lucro, estuda-se até a possibilidade de criar uma necessidade de consumo, utilizando-se de meios como aprovação social de figuras conhecidas para depois se lançar um produto para essa recém formada necessidade, agora olha só, por exemplo, vc cria uma arte em x6, manda p/ fotolitar sem rasterizar, vc obriga a cara do bureau a tb comprar o software pq se não ele não abre teu arquivo e por consequência perde freguesia, ok, vc vai dizer, ele que se profissionalize, cade a ética nisso?
                    Olha só, vou te abrir outra vertente, algo que foi muito conhecido na época, a própria microsoft na época do wn95 veladamente favorecia a pirataria doméstica, por que isso iria forçar as empresas a migrarem de seus sistemas, visto que os funcionários já estavam achando mais legal trabalhar em casa em seus micros com uma interface gráfica, é o caso do corel, o usuário doméstico pirateia, pq acha legal ter a última versão do software (que ele mal sabe usar) ai, manda p/ gráfica que vai ser obrigada a comprar a última versão (ainda que sem novidades) por que se não, pela “lei da infórmática” o programa mais novo abre o arquivo do mais velho mais o mais velho não abre o do mais novo (embora, como vc tb tem uma boa formação em processamento de dados)você sabe que essa proteção é só uma linha de cabeçalho e não o código do arquivo, agora, fazer isso, é muito ético…rs****
                    Mas vc está certo, vamos parar a discussão por aqui, ou vamos tumultuar demais o blog, e vamos acabar ela numa mesa de buteco tomando umas geladas que é mais lucro sempre…
                    Abraços.

    • Paulo Valle
      Author

      Levi,
      Obrigado pelos elogios ao nosso trabalho.
      O Liute também deu a sua participação agora a pouco.
      Hoje eu estou usando o programa ilegalmente, pois ainda não regularizei a ultima versão.
      Mas já comprei a versão original do Corel por diversas vezes, se não me engano foram 5 versões.
      A questão do preço, nem sei se foi devido a este artigo que já está completando aniversário, foi bastante melhorada com a opção de aluguel (ou assinatura), que abaixou o valor do software para aproximadamente o valor de umas 5 artes daquelas condenadas pelo Liute… ou seja… até o morto de fome que vende arte a R$ 10 (eu inclusive) poderiam pagar pelo software.
      A venda casada, não é bem casada, pois eles não vendem o corel draw e sim uma suite gráfica, que em algumas versões vinham até com softwares de 3d. Eu acho que sou um dos poucos que usam o Photopaint. Como sou meio contra a pirataria, eu usava o corel draw associado ao corel photopaint, que são integrados e isto é uma mão na roda… digo que não chego a sentir falta do photoshop, pois o meu uso de bitmap é bem básico e nunca fui fã da interface dele… eu sou um daqueles que vai sempre pelos menus… não sou de decorar atalho… e no photoshop, usar os menus é super enrolado (tá melhor do que antes, mas ainda acho ruim). O soft de fontes também é super maneiro.
      Agora abordando a questão da venda casada… o Linux vem puro ou vem cheio de gadgets? Idem para windows, word, todos os concorrentes do word. Até a porcaria do photoshop vem com alguns que eu nem sabia, mas que o Liute descreveu a pouco… se não me engano ele tem uns pluggins (não recordo o nome) que se agregam ao programa para fazer determinadas funções e alguns desses vem para ser instalados se quiser (seria uma venda casada?). Os exemplos de softwares sem venda casada são raros… só acontecem em programas que quase ninguém usa.
      A questão de memória vem do uso de linguagens de alto nível para desenvolver o programa. Em baixo nível, ocupa-se menos memória e roda mais rápido… mas o desenvolvimento é lento e é difícil de fazer novas modificações… mas quem começou a vender retalho foi a Microsoft com o Ruindows… que eu uso… por que o Linux não conseguiu seduzir os grandes produtores de software… vale citar que dos programas gráficos comerciais, o Corel foi o único a ter uma versão linux.
      Valeu pela sua participação… se ler todos os comentários aqui nesta postagem vai perceber que esse é um artigo super polêmico… gostamos muito da sua participação e colocações.
      Abraços.

  39. Pingback: Pirataria de Software! Vale a pena?

  40. Israel Oliveira

    que bom ver 2 pessoas inteligentes discutindo assuntos socialmente, sem xingamentos, sem agressões verbais e sem os tradicionais chavecos rsrsr, parabéns pelo artigo bom trabalho fiquem com Deus.

      • francisco silva

        presado liute cristian, admiro muito seu trabalho e seus tortoriaes, gostaria de aber si pode mim dá uma díca de photoshop cs5. o pobrema e que todas veses que mando imprimir banner a gráfica imprimi em CMYK ai a imagem sai vermelhada, e quando é em RGB fica boa. eu gostaria de saber como eu faço para minhas arte sair do jeito que é visualisado no meu monitor. RGB é melhor para banner de foto, mas do que o CMYK ?

        • Paulo Valle
          Author

          Francisco,
          Isso é por conta do seu ajuste de cores na sua máquina e possivelmente do bureau que você utiliza não estarem se comunicando bem.
          Tem que ajustar bem as cores… dá uma olhada nos comentários que isto já foi assunto quente aqui. Tem também um vídeo do Liute sobre esse assunto. usa a barra cursos, na opção dia a dia do gráfico.

  41. Mari

    Olá PAulo, mt bom a pg de ajuda…
    Assim, stou diagramando no crel x6, fui copiar um texto do Word p/ o Corel e acreita, consegui desativar a caixa de diálogo de importar/colar texto ..
    Como faço para ativá-la.
    Abraço

    • Paulo Valle
      Author

      Mari,
      Não entendi direito a pergunta.
      Normalmente eu entro no word, marco e copio com + e colo no corel colocando na ferramenta texto e digitando +. As janelas são automáticas do sistena.
      Testei aqui o importar no texto do corel e ele entrou num modo de compatibilização com o word, instalando o módulo. Eu nunca usei.
      De modo geral você pode dar uma olhada em ou ou .
      Verifica estas coisas e depois me fala… como não entendi direito o problema não tenho como ser mais direto.
      Abraços,

    • Jonaths

      Mari.

      Não sei se resolveu o seu problema, mas se por algum motivo você sem querer desativar tal caixa, ou tal ferramenta e não sabe como reativar, faça o seguinte:

      feche o corel, depois pressione a tecla F8 e abra o corel, quando aparecer uma mensagem, pode tirar o dedo do F8 e clique em SIM.

      Isso fará com que o corel volte para as configurações de fábrica.

  42. Cris

    Olá,
    Estou com um problema no meu Coreldraw. Tudo o que era para imprimir branco ficou amarelo.
    Não sei o que aconteceu. Na visualização do arquivo, está tudo branco, quando imprime fica amarelo.
    Como posso alterar isso?Obrigada!

  43. Gleice

    ola sera que pode me ajudar? Estou com um problema ao trabalhar com o corel a parte superior da pagina fica com as cores corretas mas a parte inferior fica mas clara Ex: se eu copiar e colar a mesma imagem a de cima fica nas cores certas mas a de baixo sai com as cores bem mas claras,Tanto ao exportar quanto ao imprimir.Pode me ajudar a resolver?Obrigada

    • Gleice, infelizmente não sei a causa do problema. Isto acontece apenas com o CorelDRAW ou também com outros aplicativos? Geralmente problemas de cores estão relacionadas ao monitor mas se diz que sai também na impressão então é algo realmente mais sério.
      Acho que seria uma boa entrar em contato com o suporte da Corel, se seu aplicativo for original claro.
      Um abraço!

  44. OSLEY

    Olá Liute. Estou com dificuldades com cores no X6. Até a pouco tempo eu trabalhava somente com a versão 12. Agora quando abro os arquivos gerados na versão 12, elas estão mudando completamente. O verde está saindo meio acinzentado. Como posso corrigir isto??

    • Paulo Valle
      Author

      Me parece que ou no corel antigo ou no novo, tem configuração de gerenciamento de cor alterada do padrão.
      Eu abro arquivos antigos (tenho arquivos desde o corel 4.0) sem nenhum problema (inclusive com o 12).
      Para corrigir não conheço solução. Vou passar a bola pro Liute.
      Abraços,

  45. OSLEY

    Olá Paulo. Realmente as trocas de cores são “punk”. No X4 os arquivos do 12 abrem sem problemas. Já testei. Mas no X6, nem com reza brava. Se puderem colaborar agradeço muito.

    ABRAÇOS

  46. Leonardo Rocha

    IMPRESSÃO MESCLADA!

    Pessoal… o problema é manter o texto dentro de um espaço definido utilizando impressão mesclada.

    Quando mesclo o nome dos convidados uns nomes grandes saem da área de impressão.

    A pergunta é:

    Tem como colocar para ajustar o tamanho da fonte automaticamente de acordo com o tamanho do texto?

    Obrigado desde já!

    • Paulo Valle
      Author

      Leonardo,
      Eu não uso muito esse recurso no Corel, mas você já tentou usar uma caixa de texto ao invés de texto artístico? Assim o texto vai rolar e vai se manter dentro dos limites avançando apenas para baixo, onde é fácil de controlar (basta deixar 1 linha de sobra). No word eu fazia assim e funcionava. Testa aí!
      Abraços,

  47. Clara

    Olá,
    Eu estava fazendo um catálogo no Corel X6, e no total havia 6 páginas. Salvei o arquivo e hoje quando fui abrir o arquivo aparece só uma página em branco e na cópia de segurança aparece a imagem da primeira página, mas na hora de abrir não abre…. desinstalei e instalei de novo o Corel, mas ainda não consigo abrir, o que que eu faço?

    Obrigada

    • Paulo Valle
      Author

      Clara,

      Corrompeu o arquivo. Isto acontece comigo quando fecho o notebook antes de terminar a gravação do arquivo.
      O que você vai ter de melhor é a tal cópia de segurança… tem que refazer.
      Por isso é bom sempre fechar direito o programa, assim dá tempo dele terminar as gravações.
      Sorry!!! Não tem jeito!

      Paulo

  48. Don Julius

    Olá galera.! eu uso o CorelDraw X6 para Designers de ( Stiker Bombs ) trabalho tanto com Imagens em .PNG e .CDR próprio do CorelDraw.
    O meu problema é o seguinte, instalei o Corel X6 recentemente pois avia formatado o HD, até então tava funcionando, todos os arquivos abriam.
    Só que agora não sei o que acontece..alguns abre e outros não ( Só alguns arquivos .CDR que dão esse problema )
    Aparece a seguinte mensagem: O CORELDRAW X6 ENCONTROU UM PROBLEMA E SERA FECHADO.
    Se alguem puder me explicar o pq isso acontece fico muito agradecido, desde já agradeço !

    • Paulo Valle
      Author

      Minha esposa estava com esse mesmo problema… mas o corel era alternativo. Estou testando com a versão de avaliação e até o momento está sem problema. Acredito que seja alguma encrenca com a instalação. No micro dela era com o windows 8, corria tudo bem e de repente começou a apresentar o problema.
      Acho que não vai aparecer nenhum solução mágica. É desinstalar e reinstalar de novo… problema do Ruindows.
      Abraços,

      • Don Julius

        Caro Paulo Valle

        Eu ja tive esse problema antes com o Corel Draw X6 antes de formatar o HD.
        Ja desinstalei e instalei varias vezes mas o problema continua
        Eu acho que isso acontece devido ao tamanho da folha que eu utilizo, quando se abre um novo documento
        eu altero os tamanhos de Largura e Comprimento, talvez os vetores não suportam a resolução.
        Mas de qualquer forma vou ver se baixo outro Corel!

        • Paulo Valle
          Author

          Eu já vi coisa parecida em outdoor… é o seu caso?
          Quando fazemos outdoor não precisamos usar imagens a 300 dpi. Imagens com menos de 50 dpi ficam incrivelmente boas para essas aplicações. Tem que lembrar que tudo é visto de longe, diminuindo a importancia de muitos dpi. Já escrevi alguma coisa a respeito na postagem sobre plotters… pesquisa aí e depois me fala.
          Abraços,

      • Don Julius

        Caro Paulo Valle

        Eu ja tive esse problema antes com o Corel Draw X6 antes de formatar o HD.
        Ja desinstalei e instalei varias vezes mas o problema continua
        Eu acho que isso acontece devido ao tamanho da folha que eu utilizo, quando se abre um novo documento
        eu altero os tamanhos de Largura e Comprimento, talvez os vetores não suportam a resolução.
        Mas de qualquer forma vou ver se baixo outro Corel, talvez se eu usar uma versão anterior tipo X4 ou X5 acho que não terei esse problema, mas de qualquer forma obrigado
        Abraços!

        • Paulo Valle
          Author

          Eu já vi coisa parecida em outdoor… é o seu caso?
          Quando fazemos outdoor não precisamos usar imagens a 300 dpi. Imagens com menos de 50 dpi ficam incrivelmente boas para essas aplicações. Tem que lembrar que tudo é visto de longe, diminuindo a importancia de muitos dpi. Já escrevi alguma coisa a respeito na postagem sobre plotters… pesquisa aí e depois me fala.
          Abraços,

          • Jonaths

            Olá, Paulo.

            Falando em outdoor, queria deixar uma dica.

            Minha dica é baseada onde “aprendi” a fechar arquivo para outdoor, a empresa que trabalho, Uranus 2 Comunicação aqui em Salvador.

            Na hora que for fechar um outdoor tem duas formas:

            – Formato 48x16cm com 300dpi (quando o impressor for pegar o aquivo e colocar no tamanho real, ele fica com 16dpi;

            – Formato real 9,00×3,00m com 16dpi.

            Preferência salvar em .tif ou jpeg (caso o tif fique pesado).
            Se não ficar pesado um pdf é válido.

            Outra coisa importante, não é necessário marca de corte e nem sangria.

            Peguei arquivos de outdoor de agências da Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco e o pessoal costumam colocar marcação de corte, sangria e até registro.

            Não precisa.

            É isso.

  49. Don Julius

    Paulo Valle

    Bom como eu tinha comentado antes trabalho fazendo ( Sticker Bombs ) aqueles adesivos pra colar em Carros, Motos, ou em qualquer aparelho !
    o erro no meu Corel Draw X6 é quando vou abrir o arquivo .CDR a extenção própria do Corel, dai da o erro que mencionei : O CORELDRAW X6 ENCONTROU UM PROBLEMA E SERA FECHADO.
    Isso tambem ocorre quando vou abrir o proprio projeto que montei no corel.. por isso que falei se é por causa do tamanho que utilizo pra fazer a montagem…tipo quando vou abrir um novo documento eu escolho o tipo do papel que o padrão está A4 em SIZE dai coloco como DL que ai vai expandir a folha depois eu altero poucas margens em PAGE DIMENSIONS ….. dai eu faço a montagem…blz…fecho o programa, depois quando vou abrir o mesmo projeto ai ja da o erro por isso perguntei se o problema esta nas dimensões e deixo 300 dpi mesmo !

    Se puder me ajudar qual o tipo de resolução devo trabalhar ficarei agradecido, valeu
    Abraços

    • Paulo Valle
      Author

      Cara,
      Deve ser erro do programa (instalação) e não do procedimento.
      Eu cansei de criar folhas personalizadas oficio 9 (pois não existia esse padrão no meu windows) para imprimir num A4, sangrando a folha e enganando a impressora.
      Mesmo que você erre essa configuração de folhe, por exemplo, criando um trabalho em A3 e mandando imprimir em A4, Ele vai imprimir o que der e só vai te avisar que tem problema… mas segue em frente… não trava.
      Minha esposa tem tido problemas similares usando o windows 8 e uma instalação suspeita… continuou mesmo eu mudando para uma versão de avaliação… acho que é problema do Ruindows.
      A solução é uma boa instalação com programas originais… mas será que realmente vai resolver????
      Desculpe não poder te ajudar de uma forma mais direta… não tenho a resposta para esse problema… no meu caso começou a dar pau eu faço uma reinstalação completa para pelo menos ficar com a HD arrumadinha e tirar todo o lixo que o Ruindows cria nas configurações… dá um trabalho danado… até formatar hd eu formato (tenho duas partições já visando isso… uma para dados e outra para programas).
      Abraços,

  50. Guilherme Moreira

    Liute estou com o seguinte problema. Estou montando uma página de anúncio de jornal para minha empresa. Quando estou quase terminando e vou mexer no texto ou algo do tipo, o programa aparece a mensagem que não está respondendo, trava e quando abro o arquivo novamente, a página está em branco.

    • Paulo Valle
      Author

      Guilherme,
      Pode ser problema de memória ou o arquivo pode ter ficado complexo demais.
      O Corel costuma guardar todas as modificações feitas no layout durante o processo. Então se você errar muitas vezes um processo até acertar o ponto, no código gravado ficam todos os passos registrados.
      Uma coisa que eu faço aqui é copiar os objetos e colar em outro arquivo e salvar com outro nome… isto dá uma simplificada nas coisas e fica mais leve, pois ele dá uma arrumada nos dados.
      Outra coisa quando se mexe com muito texto é fazer o texto fora (no word) e depois ir colando nas caixas de texto. O Corel não foi feito para fazer jornal e não se dá muito com grande volume de texto.
      Faça o teste… simplifique as coisas e copie para outro arquivo e veja se não resolvem os problemas… as vezes dá um bugzinho em determinado objeto que teima em travar o micro. Só resolve descartando ele.

  51. rebeca

    Alguem me ajude!!!

    Faço trabalhos no corel X5, e sempre preciso imprimir em A3 o cartaz, porém minha impressora só imprime A4, então oq eu estava fazendo era criar a imagem e depois cortá-la em duas parte, imprimia em A4 e colava uma parte na outra, porém, não está dando muito certo assim, na maioria das vezes fica torto na hora da colagem(sim, eu colo as duas partes). Gostaria de saber como posso fazer essa divisão diretamente do corel de modo q não saia torto, de modo q eu imprima as duas partes e quando cole fique legal, tenho uma colega que faz este procedimento e fica certinho, só q ela não que ela não me ensina. PLIS??? Alguém sabe me ajudar…

    • Paulo Valle
      Author

      Rebeca,
      Existe um recurso na tela de impressão chamado impressão em ladrilho.
      Para usar siga este tutorial:
      1. crie uma página A3. Apenas como exemplo clique 2 vezes na ferramenta retangulo para criar uma borda na página inteira e crie 2 linhas diagonais para ter algo para visualizar na impressão e fazer o ajuste das folhas.
      2. entre na página de impressão usando arquivo>imprimir
      3. o primeiro passo é colocar uma folha A4 deitada em geral>preferencias. Pode-se usar uma folha oficio, oficio 9 ou oficio 2 para garantir a sobreposição.
      4. AGORA VEM O TRUQUE: na guia layout marque o quadradinho . Lá você pode escolher o quanto quer de sobreposição, por enquanto deixe no zero (0,0 mm) mesmo. Se olhar um pouquinho acima em numero de ladrilhos vai notar que está com 2 colunas e 3 linhas (6 páginas). Vá na setinha de fator de escala e vá diminuindo aos poucos e olhando o número de ladrilhos até ficar 1 coluna e 2 linhas… o meu chegou no 96%. Vá em visualizar e imprima. Se o seu cartaz não é sangrado nas bordas pode deixar mais próximo dos 100 % que vai funcionar.
      Atenão: perceba que 2 folhas A4 não teriam como ser coladas dando o A3 pois não há área para isso. Mas se usar uma folha oficio 9 ou oficio 2 você ganha espaço para essa sobreposição, pois a folha é 0,5 cm maior.
      Mais uma coisa, a folha tem que estar certinha na impressora para não torcer ao ser puxada (pode ser o seu problema).
      Tenta aí e me fala.
      Estamos aqui para ajudar.
      Abraços,

    • Paulo Valle
      Author

      Cecília,
      No campo superior direito da janela do explorer tem mais opções. escolhe icones grandes. Tendo o programa instalado ele converte as miniaturas automaticamente.
      As vezes é necessário associar uma extensão ou tipo de programa que vai abrir.
      Abraços,

  52. Caro Liute, Parabéns pelo site e pelas respostas. O corel draw, apesar de algumas opiniões em contrário, ainda é o programa mais amigável para a preparação de arquivos com finalidade gráfica tais como; artigos de papelaria ( cartões de visita, pastas personalizadas, envelopes, receituários, brindes etc) assim como panfletos, banners, folders, cartazes, cardápios, outdoor, camisetas etc. A lista de produtos é bem extensa e qualquer pessoa após fazer um rápido curso básico do programa, sendo disciplinado e perseverante, consegue na prática do dia a dia, dominar de forma razoável a utilização dessa ferramenta, vejo nesse sentido uma democratização do conhecimento, uma atalho muito interessante ao saber, um encurtador de habilidades para o fazer, agora se as pessoas utilizam essa “facilidade” essa característica amigável da ferramenta, para “sucatear” os preços, isso, na minha modéstia opinião, não é problema do sistema, isso é problema de visão, de administração, em última estância de caráter. Isso está, na minha opinião muito mais ligado a ética do que a tecnologia. Isso é um “nó” que o brasileiro, mas não só ele, terá que refletir e resolver, veja o efeito “china”. Eu costumo resolver isso, não oferecendo os menores preços e sim oferecendo melhores valores. Se alguém desejar consultorias personalizadas e sob medida do corel draw, fineza contactar; artletra@ig.com.br

  53. Nelson

    Boa noite e parabéns novamente pelo site e dicas .Estou com a versão 7 do corel e apanhando muito pra aprender a mexer…alguém tem umas dicas pra repassar???
    Obrigado .

    • Paulo Valle
      Author

      Dica de ouro:
      Na página inicial do corel draw, sem nenhum arquivo aberto, a sua esquerda tem uma setinha, um monitor, um asterisco, etc… vai no monitor. Depois escolhe Classico.
      Seu Corel X7 vai ficar com cara do X6… eu também fiquei perdido a principio e isoo ajudou muito!!!! ; )
      Tenta e depois me fala!
      Abraços,

  54. Gabriela Thomaz da Silva

    Boa Tarde,
    Trabalho com o corel ha pouco tempo… e gostaria de um help sobre o cursor… existe alguma maneira de trocar a cor dele? as imagens que trabalho geralmente sao cinzas, e acabo depois de um tempo em cima da foto, não enxergando mais o cursor…. será que ele pode trocar a cor??
    Obrigada,

    • Paulo Valle
      Author

      Isso é feito no painel de comandos do windows. Entra no programa que ajusta o mouse e procura lá… tem como trocar o formato do ponteiro.
      Trocando o tema do windows, também troca os ponteiros.
      tenta achar e se não conseguir me fala qual o seu windows que eu procuro um vídeo no youtube para te ajudar.
      Abraços,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>